Vinho italiano - a fronteira do conhecimento sobre vinhos

Publicado em:

Vinho italiano - a fronteira do conhecimento sobre vinhos

Aqui está um bom artigo sobre vinho italiano. Se você está iniciando sua experiência com vinhos italianos ou é um especialista que procura aprimorar o básico, adicione nossa página aos seus favoritos como um guia de referência rápida, compartilhe com aquele amigo especial.

Como ler um rótulo de vinho italiano

Rótulos europeus podem ser difíceis de ler, especialmente os da Itália. Alguns termos importantes podem ajudar você a entender as implicações do idioma na sua garrafa.

DOCG: uma abreviação de Denominazione di Origine Controllata e Garantita. É a melhor classificação para vinhos italianos. Regras rigorosas governam todos os aspectos da produção. Eles incluem onde as uvas podem ser cultivadas, quais variedades são permitidas e como os vinhos podem ser envelhecidos. Existem 74 DOCGs na Itália, com a mais recente adição em 2011.

DOC: uma abreviação de Denominazione di Origine Controllata. Está um passo abaixo do DOCG. As regras regem a produção e o estilo, mas não são tão rigorosas quanto as dos DOCGs. Existem 334 DOCs na Itália, com as adições mais recentes aprovadas em meados de 2017.

IGT: Uma abreviação de Indicazione Geografica Tipica. Introduzida em 1992, essa classificação permite que os produtores de vinho usem uvas e estilos de artesanato não permitidos pelos regulamentos DOC e DOCG. Atualmente, existem 118 IGTs na Itália.

Riserva: indica um vinho envelhecido por muito mais tempo que o normal, embora as regras variem entre as denominações.

Superiore: indica uma designação de alta qualidade, geralmente associada a um nome regional.

Classico: indica os vinhos de uma zona dentro de uma região (ou seja, Chianti Classico) considerada a área de produção original.

Azienda Agricola: Fazenda ou propriedade que produz uvas próprias para a produção de seus vinhos.

Annata ou Vendemmia: uma colheita ou safra específica.

Produttore: Produtor

Tenuta: Herdade

Vigneto: Vinícola

Regiões de vinhos italianos

Todos adoram os vinhos italianos por sua diversidade de estilos, proteção de variedades originárias, facilidade de harmonização com comida e, muitas vezes, grande valor. Paisagens românticas, sem dúvidas, são uma marca da Itália, também. Idiossincrasias do vinho italiano, você terá uma visão geral das 20 regiões do país, ordenadas de norte a sul.

Vinho italiano - a fronteira do conhecimento sobre vinhos - Mapa da Itália

Fonte: Gestão Educacional

Valle d’Aosta

Na fronteira noroeste compartilhada com a França e a Suíça, esta região alpina não produz muito vinho. Daqueles que faz, muito pouco chega ao mercado externo. O foco principal da região são os vinhos tintos e as uvas primárias são Nebbiolo e Pinot Nero, além dos pouco conhecidos Petit Rouge e Prié Blanc.

Outras variedades: Fumin, Moscato, Petit Arvine

Piemonte

Localizado no noroeste da Itália, o Piemonte fica ao pé dos Alpes ocidentais. O clima é influenciado pelos climas frios das montanhas e pelo agradável Mediterrâneo. Essas condições climáticas são perfeitas para o cultivo da Nebbiolo, uva preta que produz os vinhos mais famosos da região: Barolo DOCG e Barbaresco DOCG. Duas outras uvas vermelhas, Barbera e Dolcetto, são bem conhecidas e apreciadas por seus preços acessíveis e capacidade de beber a curto prazo.

Os vinhos do Piemonte são menos comuns, mas não ignoram as uvas Cortese e Arneis. A primeira é a única uva em Gavi DOCG, enquanto a segunda prospera em Roero DOCG. Até os fãs casuais de vinho conhecem o vinho espumante levemente efervescente e doce Moscato d’Asti, produzido no Asti DOCG.

Outras variedades: Brachetto, Freisa, Grignolino, Nascetta, Ruché, Timorasso, Vespolina

Liguria

Ao longo do Mediterrâneo, entre a França e a Toscana, esta pequena região costeira concentra-se principalmente vinho branco. Os brancos secos feitos de Vermentino e Pigato compreendem a maior parte das exportações. Entre as variedades de uvas vermelhas, o destaque é o Rossese, encontrado no Dolceacqua DOC, perfumado e frutado.

Outras variedades: Ciliegiolo, Dolcetto, Sangiovese

Lombardia

Localizada no centro-norte da Itália, a Lombardia é o lar de alguns dos lagos mais bonitos do país. A influência refrescante dos Alpes o torna um paraíso de espumantes. O Franciacorta DOCG, ao longo do lago Iseo, é um dos principais vinhos clássicos da Itália (método tradicional), feito de Chardonnay, Pinot Blanc e Pinot Noir. Para os vinhos tintos, Nebbiolo é a principal uva em Valtellina Rosso DOC, Valtellina Superiore DOCG e Sforzato de Valtellina DOCG.

Outras variedades: Barbera, Croatina

Trentino-Alto Ádige

Lar das espetaculares Dolomitas, Trentino-Alto Adige é um mescla de influência italiana e austríaca-húngara. Uma única uva amadurece nesta ensolarada região de alta altitude. Para os tintos, Pinot Noir, Schiava e Lagrein são bem conhecidos. Para os brancos, Pinot Grigio governa. Chardonnay também é popular, especialmente como base para o vinho espumante tradicional do Trento DOC.

Outras variedades: Gewürztraminer, Kerner, Müller-Thurgau, Pinot Blanc, Sauvignon Blanc, Riesling, Teroldego

Vêneto

Rico em história, beleza e vinho, o Vêneto oferece uma variedade de uvas e estilos de dois a numerosos microclimas. Considere seus contornos naturais. Possui Alpes no norte, Lago Garda no oeste e Mar Adriático no sudeste.

Embora o Vêneto produza muitos vinhos famosos, é o volume de Pinot Grigio e a demanda por Prosecco que o tornaram famoso. Grandes versões da produção de Conegliano Valdobbiadene DOCG e Cartizze DOCG. Os vinhos tintos de Valpolicella DOC e Amarone della Valpolicella DOCG são baseados principalmente na uva preta Corvina, assim como os vinhos tinto e rosado do Bardolino DOC. A leste de Verona, Garganega é a principal uva branca no Soave DOC, enquanto Trebbiano domina nos vinhos brancos do Lugana DOC, nas margens do sul do Lago Garda.

Outras variedades: Cabernet Franc, Corvinone, Merlot, Molinara, Rondinella

Friuli-Venezia Giulia

No extremo nordeste, que faz fronteira com a Áustria e a Eslovênia, a paisagem de Friuli justapõe os Alpes às planícies costeiras do Adriático. O clima único oferece condições ideais para uma variedade de uvas brancas e vermelhas.

Mais de 75% da produção é de vinho branco, focado em Pinot Grigio, Sauvignon Blanc, Ribolla Gialla e Friulano. Tintos de Merlot, Refosco e Schioppettino são deliciosos, se menos conhecidos.

Outras variedades: Cabernet Franc, Chardonnay, Picolit, Verduzzo

Emilia-Romagna

Considerada a capital alimentar do país, Emilia-Romagna também é uma produtora de vinhos. A região é mais conhecida por produzir o Lambrusco, um vinho tinto espumante. Trebbiano, uma uva branca, é o outra estrela em cena.

Outras variedades: Albana, Malvasia, Sangiovese

Toscana

A Toscana está centralmente posicionada ao longo do Mar Tirreno. Para os tintos, seus vinhos mais famosos à base de Sangiovese são os DOCGs Chianti, Chianti Classico, Vino Nobile di Montepulciano e Brunello di Montalcino. Muitos vinhos são rotulados como Toscana IGT porque não estão em conformidade com as regras de produção tradicionais. Estes vinhos podem ser 100% Sangiovese ou blends de variedades internacionais como Cabernet Sauvignon ou Syrah. Para os brancos, a denominação mais famosa é Vernaccia di San Gimignano DOCG.

Vinho italiano - a fronteira do conhecimento sobre vinhos - Vinícola na Toscana

Vinícola na Toscana – Fonte: Fine Art America

Outras variedades: Canaiolo Nero, Trebbiano, Vermentino

Umbria

Essa pequena região no centro da Itália, duas a leste da Toscana, é ofuscada rotineiramente por seu vizinho. Mas essa paisagem montanhosa, cercada pelos Apeninos cobertos de neve, produz tânicos fortes e dignos de nota do vermelho Sagrantino de Montefalco DOCG. O companheiro branco, Grechetto, é seco, fresco e pronto para ser apreciado enquanto jovem.

Outras variedades: Canaiolo, Sangiovese, Cabernet Sauvignon, Merlot, Trebbiano

Marche

Marche, pronunciado “marquei”, fica ao longo da costa leste da Itália central. É o lar do Rosso Cònero DOC, baseado na uva preta Montepulciano.

Outras variedades: Passerina, Pecorino, Trebbiano

Lazio

Lazio é o lar da capital de Roma, mas também tem um rico legado no que se refere a vinhos. A região tem uma reputação de brancos jovens e fáceis de beber. Um excelente vinho é produzido em Lazio e as principais exportações são estilos secos e crocantes do Frascati DOC e Orvieto DOC.

Outras variedades: Cesanese, Merlot, Sangiovese

Abruzzo

Ao lado da Lazio, no lado do Adriático, Abruzzo é uma região rica em antigas tradições vinícolas. Abruzzo é a quinta colocada em volume de produção, conhecida predominantemente pela uva Montepulciano, que não deve ser confundida com a região da Toscana, que se concentra em Sangiovese. Montepulciano d’Abruzzo DOC é a denominação em toda a região para vinhos tintos feitos a partir de uva, enquanto Cerasuolo d’Abruzzo DOC é a denominação para os vinhos rosés da região feitos com a mesma variedade. Trebbiano d’Abruzzo DOC é a principal uva branca da região.

Outras variedades: Chardonnay, Cococciola, Passerina, Pecorino, Sangiovese

Molise

Abaixo de Abruzzo, fica a pequena Molise, uma região montanhosa no centro-sul da Itália. A região é conhecida principalmente por Trebbiano e Montepulciano do DOC Biferno.

Outras variedades: Aglianico, Cabernet Sauvignon, Sangiovese, Tintilia

Campania

Mais conhecidos por Nápoles e pela Costa Amalfitana, os vinhos da Campânia estão se tornando mais conhecidos internacionalmente, principalmente porque os vinhos vulcânicos crescem em popularidade. Para os tintos, os mais famosos são o Taurasi DOCG e o Aglianico de Taburno DOCG, ambos baseados na uva Aglianico vermelha. Para os brancos, Fiano di Avellino DOCG e Greco di Tufo DOCG são mais conhecidos, com base em Fiano e Greco, respectivamente.

Outras variedades: Caprettone, Falanghina, Piedirosso

Basilicata

Localizada no sul da Itália, a produção de vinho da Basilicata é minúscula em comparação com as regiões mais famosas. Uma região montanhosa, praticamente sem litoral, escondida no arco da bota, é ladeada por Campânia a oeste e Puglia a leste. Embora tenha poucos DOCs, o mais famoso é o Aglianico del Vulture, baseado na uva Aglianico preta encorpada.

Outras variedades: Fiano, Greco Bianco, Malvasia Bianca, Moscato

Puglia

Esta região sulista cresceu em popularidade com seus vinhos de bom valor baseados em uvas natural do país. O clima mediterrâneo quente presta-se a tintos maduros, frutados e robustos, à base de Primitive (também conhecido como Zinfandel) e Negroamaro.

Outras variedades: Chardonnay, Bombino Bianco, Bombino Nero, Moscato, Nero di Troia, Susumaniello

Vinho italiano - a fronteira do conhecimento sobre vinhos - Vinícola em Puglia

Vinícola em Puglia – Fonte: Sud Food

Calabria

Localizada na costa do sudoeste da Itália, a Calábria se projeta entre os mares Jônico e Tirreno, separados da Sicília pelo Estreito de Messina. Os vinhos refletem o clima costeiro. A Calábria abriga o Cirò DOC, que produz principalmente tintos à base da uva Gaglioppo tânica. Uma pequena quantidade de vinhos brancos é produzida a partir de uma mistura de Greco Bianco e Montonico Bianco.

Outras variedades: Nerello Cappuccio, Nerello Mascalese

Sicília

A maior ilha do Mediterrâneo, o clima quente e seco da Sicília e o belo sol são perfeitos para a viticultura. Existem vinhos frutados, vinhos tintos de corpo médio feitos a partir de Nero d’Avola and Juicy e vinhos brancos suculentos e pêssegos feitos a partir de Grillo, que são mais prolíficos do Sicilia DOC. No sul, Nero d’Avola é misturado com Frappato para o Cerasuolo di Vittoria DOCG. A uva vermelha Nerello Mascalese e a uva branca Carricante produz vinhos procurados do Etna DOC. Marsala DOC é o vinho fortificado do oeste.

Outras variedades: Catarratto, Inzolia

Sardenha/Sardegna

Esta ilha no Mediterrâneo é mais conhecida por praias e queijo Pecorino do que por vinho, mas agora mais produtores exportam seus vinhos. Os vinhos a procurar incluem Cannonau, o nome local para Grenache, e Carignano ou Carignan. Vermentino, salgado e floral, vem do nordeste.

Outras variedades: Monica

Variedades de uvas nativas da Itália

O vinho italiano pode ser facilmente considerado a fronteira final do conhecimento sobre vinho. Isso ocorre porque existem mais de 350 variedades de uvas de vinho originárias do país comuns na Itália.

A variedade mais popular do país é a Sangiovese, que possui muitas variantes e muitos outros nomes dependendo da região

Abaixo detalhes dos 9 vinhos de uvas tintas mais populares produzida nas diferentes regiões italianas:

Sangiovese

Uma uva que, como já mencionado, possui muitos nomes e é plantada em toda a Itália. Sangiovese é a principal uva de Chianti e Brunello di Montalcino na Toscana.

Vinho italiano - a fronteira do conhecimento sobre vinhos - Cachos de uva Sangiovese

Cachos de uva Sangiovese – Fonte: Chicago Tribune

Nebbiolo

Uma uva conhecida pelos vinhos de mérito de idade e alto tanino de Barolo e Barbaresco em Piemonte.

Barbera

Uma uva de casca escura que produz vinhos com tanino mais baixo e alta acidez cultivada principalmente em Piemonte, Itália.

Lambrusco

Uma uva e também uma região da Emília-Romanha (e parte da Lombardia) que produz um vinho tinto borbulhante leve com o mesmo nome.

Montepulciano

Uva cultivada comumente no centro e no sul da Itália. Facilmente confundido com o vino Nobile de Montepulciano, que na verdade é sangiovese da cidade de Montepulciano, na Toscana. Montepuliciano d’Abruzzo é um vinho rústico escuro encorpado, especiarias de pimenta preta e tanino alto.

Amarone

Um estilo de vinho do Vêneto feito com uma blend de uvas (Corvina, Rondinella e Molinara) que são parcialmente secas para produzir um vinho mais rico em álcool e com um toque de doçura no final.

Valpolicella

Ripasso della Valpolicella é um estilo de vinho do Vêneto feito com três uvas: Corvina, Rondinella e Molinara. Produzido por fermentação de suco fresco com sobras de pomes da vinificação de Amarone para adicionar riqueza.

Primitivo

Uva do sul da Itália, parente muito próxima da variedade Zinfandel.

Vinho italiano - a fronteira do conhecimento sobre vinhos - Cacho de uva Primitivo

Cacho de uva Primitivo – Fonte: Winc

Negroamaro

Às vezes, uma uva para vinho do sul da Itália se mistura com o Primitivo para adicionar tanino e estrutura. Os vinhos da Puglia que são predominantemente Negroamaro incluem Salice Salento Rosso, Brindisi Rosso e Squinzano Rosso.

E abaixo detalhes dos 9 vinhos de uvas brancas mais populares na Itália:

Pinot Grigio

A uva de vinho branco italiana mais picante e familiar de origem francesa (Pinot Gris). Na verdade, é uma mutante da francesa Pinot Noir, que é uma uva de cor vermelho-cinza pálido. É cultivada principalmente no Alto Adige, Friuli e Lombardia, onde é conhecida como Oltrepò Pavese.

Vinho italiano - a fronteira do conhecimento sobre vinhos - Cacho de uva Pinot Grigio

Cacho de uva Pinot Grigio – Fonte: Decanter

Trebbiano

É conhecida como Ugni Blanc. Trebbiano é a uva de vinho branco mais plantada da Itália e é a mesma uva usada para fazer conhaque e vinagre balsâmico. Trebbiano é encontrado em blends de vinhos brancos em toda a Itália. Chama-se Orvieto DOC na Umbria.

Garganega

A uva de vinho branco que constitui a maioria dos vinhos de uva branca regionais chamados Soave em Vêneto. O Soave Classico DOC é geralmente envelhecido em carvalho em um estilo semelhante ao Chardonnay com mais aromas de amêndoa.

Cortese

A uva no vinho regional chamada Cortese di Gavi ou apenas Gavi de Piemonte. Um vinho branco cítrico claro e floral de teor ácido alto em um estilo semelhante ao Pinot Grigio ou Chablis da França.

Verdicchio

Uma uva de vinho branco picante e levemente amarga, cultivada principalmente em Marche. Também usado em Soave, onde é chamado Trebbiano di Soave (não é o mesmo que Trebbiano).

Fiano

Uva para vinho branco do sul da Itália da Campânia, com aromas florais, cítricos e nozes, geralmente formam blends em vinhos brancos da região além de Trebbiano. O Fiano di Avellino DOCG é 100% Fiano.

Arneis

Uva da região de Piemonte mais notável pelo vinho branco regional Roero DOC.

Vermentino

Uva da Sardenha e também cultivada na Toscana. Um vinho Vermentino é um branco nítido, muitas vezes semelhante sabor do Sauvignon Blanc, com mais amargura, ao contrário do caroço de toranja.

Moscato

O Moscato, também conhecida como Muscat, é uma uva muito aromática, mais conhecida por sua versão doce e borbulhante, Moscato d’Asti de Piemonte.

Vinho italiano - a fronteira do conhecimento sobre vinhos - Cachos de uva Moscato

Cachos de uva Moscato – Fonte: Pinterest

Vinhos italianos, sabores inesquecíveis, compre o seu abaixo

 

O tinto Montepulciano de Abruzzo

Gianni Masciarelli Montepulciano D’Abruzzo DOC 2018:

Macio, aveludado, frutado e com final longo; Produtor: Gianni Masciarelli; Teor alcoólico: 14%; Uva: Montepulciano (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras; Harmonização: Massas ao molho, queijos amarelos

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Vêneto

Cesari Amarone Della Valpolicella Classico DOCG 2016:

Encorpado, cheio em boca, notas de frutas maduras e final longo; Produtor: Gerardo Cesari; Teor alcoólico: 15%; Uvas: Corvina Veronese, Rondinella e Molinara (vinho blend); Nariz: Aroma de frutas maduras e geleia de frutas; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Rivetto DOCG Barolo del Comune Di Serralunga dAlba 2017:

Corpo médio para encorpado, frutado com nuances de barrica, estruturado, bem integrado, elegante, taninos presentes, acidez vibrante, refrescante, final longo e agradável; Produtor: Rivetto; Teor alcoólico: 15,5%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas como cereja, especiarias, notas de couro, toques terrosos, tabaco; Harmonização: Cozido de carne com legumes e batata, risoto de funghi, ravióli de carne ao sugo com grana padano, tábua de queijos duros

Compre aqui

 


 

O tinto Barbera de Piemonte

Rivetto Zio Nando DOC Barbera dAlba 2018:

Médio corpo para encorpado, frutado, delicado e elegante, taninos suaves e macios, alta acidez que proporciona um excelente frescor, final longo e agradável; Produtor: Rivetto; Teor alcoólico: 15,5%; Uva: Barbera (vinho varietal); Nariz: Intensos aromas de frutas vermelhas maduras, frutas negras, especiarias e sutis notas de tabaco; Harmonização: Talharim com ragu de costela e grana padano, ensopado de carne com legumes, gnocchi ao sugo

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Da Vinci Brunello di Montalcino Riserva DOCG 2013:

Intenso, elegante e persistente; Produtor: Cantine Leonardo da Vinci; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Aromas de pequenas frutas vermelhas, especiarias, notas defumadas e terrosas; Harmonização: Carnes assadas, carnes de caça, queijos maturados

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Maremma Toscana (Toscana)

Val delle Rose Aurelio DOC Maremma Toscana 2017:

Corpo médio, frutado com nuances madeira e toques terrosos, taninos sedosos, agradável frescor; Produtor: Val delle Rose; Teor alcoólico: 14,5%; Uvas: Merlot e Cabernet Franc (vinho blend); Nariz: Amora, cereja, framboesa, ameixa, especiarias, terroso; Harmonização: Polenta mole com ragu de costela, risoto de cogumelos, aligot de mandioquinha com filé mignon, queijos semiduros

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Cantina di Montalcino Brunello di Montalcino DOCG 2016:

Encorpado, com taninos ricos que são equilibrados com acidez e álcool, final envolvente e longo; Produtor: Cantina di Montalcino; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de cereja preta, groselha que são complementados por toques de tostado, e alcaçuz; Harmonização: Queijo grana padano, picanha na brasa

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Giulia Negri Serradenari Barolo 2018:

Taninos finos, maduros e sedosos. Uma linda tensão no fim de boca com uma fruta salivante; Produtor: Giulia Negri; Teor alcoólico: 14,07%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Um nariz lindamente perfumado, com pétalas de rosa, especiarias, um frescor de ervas finas, cerejas e chão molhado; Harmonização: Carnes grelhadas, massas ao tartufo, vitelo e queijos maduros

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Giulia Negri La Tartufaia Barolo 2018:

Linda tensão, com taninos redondos, leve toque de sapidez, terroso e num final longo de incrível complexidade; Produtor: Giulia Negri; Teor alcoólico: 13,86%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Nariz elegante de groselhas, rosas, cerejas, anis e leve toque de especiarias e terra molhada; Harmonização: Queijos intensos, cortes de porco com molho cremoso de cogumelos, vitelo e massas trufadas

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Cabreo Il Borgo I.G.T. Toscana 2016:

Corpo médio para encorpado, taninos firmes e integrados, acidez média, um bom equilíbrio entre frutado e madeira; Produtor: Cabreo; Teor alcoólico: 14,5%; Uvas: Sangiovese e Cabernet Sauvignon (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas, frutas negras, cassis, tosta, tabaco, herbáceo; Harmonização: Risoto de pato, carré de cordeiro com aligot de mandioquinha, cogumelo paris recheado com queijo

Compre aqui

 


 

O tinto Cabernet Sauvignon de Toscana

Tenuta di Nozzole Il Pareto I.G.T. Toscana 2017:

Corpo médio para encorpado, elegante, com taninos presentes e macios, acidez média, boa harmonia entre madeira e frutado, final longo, persistente e agradável; Produtor: Folonari; Teor alcoólico: 15,5%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Intensos aromas de frutas negras silvestres, cassis, alcaçuz, cedro, baunilha e sutis notas de especiarias; Harmonização: Bife de chorizo assado no forno com batatas, risoto de pastrami, polenta mole com cogumelos à provençal, picadinho de carne com pimentão

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Badiòla Castello Di Fonterutoli Chianti Classico Gran Selezione DOCG 2018:

Complexo, elegante e intenso, com taninos macios, final persistente e notas amadeiradas; Produtor: Mazzei; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutos silvestres e vermelhos; Harmonização: Bistecca Fiorentina, nhoque de mandioca com ragu, queijo Pecorino Toscano

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Vêneto

Montresor DOCG Amarone della Valpolicella Satinato 2017:

Corpo médio, elegante, taninos redondos, acidez média para alta que proporciona um agradável frescor, harmonia entre a madeira e o frutado; Produtor: Montresor; Teor alcoólico: 15,5%; Uvas: Corvina, Rondinella e Molinara (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas, cereja, cacau, chocolate amargo, herbáceo; Harmonização: Rigatoni com ragu de cordeiro, lasanha de berinjela, arroz de pato

Compre aqui

 


 

O tinto Refosco dal Peduncolo Rosso de Trevenezie (Vêneto)

Fantinel IGT Trevenezie Refosco dal Peduncolo Rosso 2016:

Encorpado, saboroso, persistente e decididamente tânico; Produtor: Fantinel; Teor alcoólico: 13%; Uva: Refosco dal Peduncolo Rosso (vinho varietal); Nariz: Flores vermelhas e negras; Harmonização: Aves nobres, carne assada, macarrão carbonara, pizza de linguiça artesanal, queijos duros

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Maremma Toscana (Toscana)

La Mora D.O.C. Maremma Toscana Rosso 2018:

De personalidade, frutado, com taninos macios e notas de especiarias; Produtor: Cecchi; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas como morango e framboesa silvestres, com notas de folhas secas, e nuance de madeira e especiarias; Harmonização: Bife ancho com batatas assadas, t-bone com polenta, lasanha à bolonhesa, risoto de rabada, mix de queijos e embutidos, legumes gratinados

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Vigneti di Campomaggio Chianti Classico Riserva DOCG 1993:

Acidez marcante, taninos finos, corpo médio, toques de eucalipto, cedro, louro e tabaco, final longo; Produtor: Castellani – Tenuta di Campomaggio; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Expressivo, com notas frutas vermelhas secas, como cereja, groselha e ameixa, e nuances de couro, tabaco, flores e ervas desidratadas; Harmonização: Bistecca alla fiorentina, Papardelle com ragu de cordeiro, queijo Grana Padano

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Valpolicella (Vêneto)

Monti Garbi Superiore D.O.C. Valpolicella Ripasso 2018:

Corpo médio para encorpado, intenso, frutado com nuances da barrica, bem estruturado, taninos macios, boa acidez, delicada doçura; Produtor: Tenuta Sant’Antonio; Teor alcoólico: 14%; Uvas: Oseleta, Corvinone, Rondinella e Croatina (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas maduras, especiarias, amadeirado; Harmonização: Filé ao molho de morangos, espaguete à putanesca, costelinha suína ao molho barbecue, nhoque de abóbora com cogumelos na manteiga de sálvia, queijos semiduros

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Montepulciano (Toscana)

Carpineto D.O.C. Rosso di Montepulciano 2018:

Bom corpo, acidez agradável, taninos macios; Produtor: Carpineto; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Sangiovese, Canaiolo e outras uvas (vinho blend); Nariz: Framboesa, cereja, groselha, folhas secas; Harmonização: Costela com legumes, maminha acebolada, frango xadrez, talharim à carbonara, legumes salteados, canelone à bolonhesa

Compre aqui

 


 

O tinto Primitivo de Puglia

Gran Maestro Primitivo di Manduria DOC 2020:

Equilibrado, persistente e concentrado, com taninos macios e redondos; Produtor: Cielo e Terra; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas, especiarias e café; Harmonização: Gnocchi ao ragu de calabresa, penne com tomates gratinados, polenta gratinada com Gorgonzola e queijo Pecorino

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Villa Gracchio Chianti DOCG 2020:

Cheio, equilibrado e harmonioso; Produtor: Angelo Rocca & Figli; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas maduras com nuances mentoladas; Harmonização: Carne grelhada, gnocchi ao sugo, queijo Pecorino

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Rocca Chianti DOCG 2020:

Equilibrado e harmonioso, com taninos macios; Produtor: Angelo Rocca & Figli SRL; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Sangiovese, Canaiolo e Trebbiano Toscano (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas vermelhas e notas mentoladas; Harmonização: Massas, carnes vermelhas assadas, risotos, queijos maduros

Compre aqui

 


 

O tinto Primitivo de Puglia

Maestro Italiano Primitivo Puglia IGT 2020:

Redondo, complexo e frutado, com taninos delicados; Produtor: Cielo e Terra; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Intenso e sedutor, com aromas de frutas vermelhas e especiarias; Harmonização: Gnocchi de mandioquinha, ragu de calabresa com polenta cremosa, lasanha de berinjela

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Famiglia Castellani Toscana IGT 2019:

Encorpado, macio, harmonioso com taninos aveludados e bastante sabor de frutas; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Sangiovese, Canaiolo e Ciliegiolo (vinho blend); Nariz: Frutas silvestres como ameixa, morango e toques de violeta; Harmonização: Massas ao molho sugo, lasanha à bolonhesa

Compre aqui

 


 

O tinto Corvina de Vêneto

Tenuta Sant`Antonio Scaia I.G.T. Veneto Corvina 2018:

Aveludado, médio corpo, frutado, boa acidez, taninos macios, final agradável; Produtor: Tenuta Sant’Antonio; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Corvina (vinho varietal); Nariz: Cereja negra madura, amora, framboesa, floral, especiarias; Harmonização: Espaguete com linguiça fresca, risoto de paio com couve, panqueca de frango, lombo suíno assado, lasanha gratinada, queijos semiduros

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Vêneto

Vivaldi Ai Colli Amarone della Valpolicella DOCG 2018:

Complexo, encorpado, taninos maduros e sedosos, final persistente e agradável; Produtor: Vivaldi; Teor alcoólico: 15%; Uvas: Corvina, Corvinone e Rondinella (vinho blend); Nariz: Compota de frutas pretas e vermelhas, especiarias e notas de carvalho; Harmonização: Pernil de cordeiro assado, costela no bafo com mandioquinha, queijo Gorgonzola

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Antica Cantina Brotello Chianti Superiore DOCG 2019:

Frutado, macio e equilibrado; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Sangiovese e Canaiolo (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas vermelhas maduras, com sutis notas de baunilha e chocolate; Harmonização: Talharim com molho pesto e tomate confit, alcatra assada com mostarda, moussaka

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Salento (Puglia)

Schola Sarmenti LAmpa Negroamaro e Malvasia IGT Salento 2017:

Envolvente, final longo, com retrogosto de frutas maduras; Produtor: Schola Sarmenti; Teor alcoólico: 14%; Uvas: Negroamaro e Malvasia Nera di Lecce (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas maduras, toques picantes; Harmonização: Talharim ao ragu de cordeiro, palpetone de carne com queijo ao molho pomodoro e polenta cremosa, lasanha de berinjela com molho pesto

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Damilano Cannubi Barolo 2016:

Harmonioso, agradavelmente seco com taninos suaves, amplo e encorpado. Acabamento persistente; Produtor: Damilano; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Bouquet amplo e envolvente, com frutado pronunciado, notas de cereja e ameixa e notas de tabaco, alcaçuz e cacau; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Damilano Brunate Barolo 2016:

Intenso, elegante e persistente, com nuances de frutas vermelhas, tabaco, alcaçuz e com trufas envelhecidas e canela; Produtor: Damilano; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Notas de violeta, balsâmico e pequenos frutos vermelhos; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Damilano Classic Lecinquevigne Barolo 2016:

Sabor amplo e abrangente, com um final longo, macio e persistente; Produtor: Damilano; Teor alcoólico: 14%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Bouquet intenso, com notas terciárias de rosa, couro, tabaco e notas emergentes de violeta e alcatrão; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça

Compre aqui

 


 

O tinto Primitivo de Puglia

Marchesi del Salento Primitivo Puglia IGT 2020:

Bastante frutado, com taninos macios e boa acidez; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 13%; Uva: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Frutas tropicais como framboesa e groselha; Harmonização: Parmegiana de berinjela, ravioli à bolonhesa, filé mignon assado com batatas e queijo

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Puglia

Via Mare Sangiovese Primitivo Puglia IGT 2020:

Paladar cheio, intenso e frutado, com taninos redondos; Produtor: Cielo e Terra; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Sangiovese e Primitivo (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas vermelhas maduras e notas de especiarias; Harmonização: Fraldinha assada com batatas, orecchiette com ragu de carne, berinjela à parmegiana, queijo Provolone

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Roncalla Tradizione Chianti DOCG 2019:

Frutado, com ótima acidez, taninos macios e final longo; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Sangiovese, Canaiolo e Ciliegiolo (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas em geleia, toques de violeta; Harmonização: Espaguete ao molho sugo, lasanha, ossobuco

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Abruzzo

San Cetteo Sangiovese 2020:

Harmônico, boa acidez, final persistente; Produtor: Ettore Galasso; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, morango, cereja; Harmonização: Espaguete à bolonhesa, ratatouille, entrecôte com batatas fritas, ravióli de carne com parmesão, stake tartare, pizza calabresa

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Villa D’Ancona Piocaia Rosso di Toscana 2019:

Delicado, persistente, com longo final; Produtor: Fattoria Villa D’Ancona; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Sangiovese e Merlot (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas com toques balsâmicos; Harmonização: Carnes grelhadas, pizzas quatro queijos

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Puglia

Ab-Imis Vino Rosso Sangiovese Puglia IGT:

Frutado, macio, equilibrado e fácil de beber; Produtor: Casa Vinícola Caldirola; Teor alcoólico: 11,1%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas; Harmonização: Cogumelos, queijos suaves

Compre aqui

 


 

O tinto Cabernet Sauvignon de Vêneto

Famiglia Cielo dal 1908 Cabernet Sauvignon Veneto IGT 2020:

Frutado e cheio, com taninos macios; Produtor: Cielo e Terra; Teor alcoólico: 12%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Aroma intenso, com notas de framboesa e especiarias; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça assadas, queijos maduros

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Maremma Toscana (Toscana)

La Mora D.O.C.G. Morellino di Scansano 2020:

Médio corpo, frutado, taninos macios, boa acidez, floral, especiarias; Produtor: Cecchi; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Sangiovese e uvas nativas (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas maduras, floral, especiarias; Harmonização: Carne assada, massa à bolonhesa, pizzas variadas, nhoque ao ragu de cogumelos, galinhada, tian de berinjela

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Emilia-Romagna

Conte Fosco I.G.T. Sangiovese Rubicone 2020:

Harmônico com taninos macios; Produtor: Terre Cevico; Teor alcoólico: 11%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas e violeta; Harmonização: Carnes grelhadas, massas ao molho vermelho, queijos semiduros e duros

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Antiche Cantine Dei Marchesi Di Barolo Barolo DOCG 2017:

Rico, elegante, taninos macios e envolventes, toques picantes e amadeirados; Produtor: Marchesi Di Barolo; Teor alcoólico: 14%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Complexo e duradouro, com notas de frutas maduras, especiarias, absinto, tabaco e rosas; Harmonização: Risoto de trufas, Brasato al Barolo, pato assado

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Antiche Cantine Dei Marchesi Di Barolo Barbaresco DOCG 2016:

Encorpado, harmonioso, equilibrado, taninos estruturados; Produtor: Marchesi Di Barolo; Teor alcoólico: 14%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Poderoso e persistente, com notas de frutas vermelhas, rosa mosqueta e especiarias; Harmonização: Bistecca alla Fiorentina, Agnolotti de cordeiro, queijos duros de idade média

Compre aqui

 


 

O tinto Montepulciano de Abruzzo

Conte Fosco D.O.C. Montepulciano D’Abruzzo 2020:

Encorpado, seco, harmônico e ligeiramente tânico; Produtor: Terre Cevico; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Montepulciano (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas vermelhas e negras e especiarias; Harmonização: Carnes grelhadas, massas com molhos condimentados, queijos temperados

Compre aqui

 


 

O tinto Primitivo de Puglia

Brondello Maturo Primitivo Puglia IGT 2019:

Encorpado, intenso e frutado, com taninos macios; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 13%; Uva: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Aroma de frutos vermelhos, com notas de alcaçuz e especiarias; Harmonização: Parmegiana de berinjela, ravioli à bolonhesa, filé mignon assado com batatas e queijo

Compre aqui

 


 

O tinto Montepulciano de Abruzzo

Brondello Maturo Montepulciano d’Abruzzo DOC 2019:

Encorpado e robusto, com toques de frutas pretas, nuances amadeiradas e de tabaco; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uva: Montepulciano (vinho varietal); Nariz: Complexo, com notas de frutas vermelhas maduras, especiarias, alcaçuz e flores; Harmonização: Risoto de carne seca com queijo Coalho, costelinha de porco com mandioca frita, espaguete à bolonhesa

Compre aqui

 


 

O tinto Dolcetto de Piemonte

Antiche Cantine Dei Marchesi Di Barolo Madonna Del Dono Dolcetto d’Alba DOC 2020:

Harmonioso, agradável, equilibrado, acidez delicada, taninos finos; Produtor: Marchesi Di Barolo; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Dolcetto (vinho varietal); Nariz: Notas acentuadas de frutas vermelhas, com destaque para cereja Morello; Harmonização: Risoto de Parmesão, lasanha à bolonhesa, picanha assada com manteiga e ervas

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Santonino Chianti DOCG 2019:

Frutado, equilibrado, saboroso e aveludado; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Sangiovese, Canaiolo e Ciliegiolo (vinho blend); Nariz: Notas de violetas e de frutas vermelhas maduras; Harmonização: Massas com molhos apimentados, carnes assadas e grelhadas

Compre aqui

 


 

O tinto Dolcetto de Piemonte

Beni di Batasiolo Vigna Bricco di Vergne D.O.C. Dolcetto dAlba 2019:

Fresco, boa presença, taninos macios; Produtor: Beni di Batasiolo; Teor alcoólico: 14%; Uva: Dolcetto (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas e negras, floral, especiarias; Harmonização: Bife Ancho com batata sauté, costelinha suína com risoto de alho poró, fettuccine all’Amatriciana, frango ao molho pardo, polenta cremosa ao ragu de shitake, e queijos semiduros

Compre aqui

 


 

O tinto Syrah de Sicília

Canceddi Syrah Sicilia DOC 2019:

Intenso e suntuoso; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 13%; Uva: Syrah (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas pretas e lavanda; Harmonização: Tagliata de filé mignon, spaghetti alla Norma, bife de Angus com molho de ervas

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Barolo Riva Leone DOCG 2017:

Encorpado, robusto e equilibrado; Produtor: MGM; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas vermelhas, especiarias, alcaçuz e caramelo; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça assadas, queijos maduros, pratos com cogumelos

Compre aqui

 


 

O tinto Nero d’Avola de Sicília

Canceddi Nero D’Avola Sicilia DOC 2019:

Encorpado e com final persistente; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Nero d’Avola (vinho varietal); Nariz: Aromas de cerejas maduras e ameixas; Harmonização: Bresaola italiana, guisado de carne com batatas, caponata de berinjela

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

ZioBaffa Toscana IGT 2017:

Corpo médio, taninos finos e presentes, muito fresco; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12,4%; Uvas: Sangiovese e Syrah (vinho blend); Nariz: Perfume elegante e frutado, com notas de violetas; Harmonização: Carnes vermelhas, massas e queijos

Compre aqui

 


 

O tinto Primitivo de Puglia

Badia Alle Corte Primitivo Puglia IGT 2020:

Fruta vermelha, taninos presentes e final suculento; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 13%; Uva: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas e toques apimentados; Harmonização: Massas, carnes vermelhas e queijos

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Molino di Sant’Antimo Asso Toscana IGT 2018:

Complexo, estruturado, com taninos macios e final longo; Produtor: Molino di Sant’Antimo; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Sangiovese e Merlot (vinho blend); Nariz: Cereja, ameixa, baunilha e ervas secas; Harmonização: Massa com molho de tomate, lombo assado, carne de panela e queijo Parmesão

Compre aqui

 


 

O tinto Alicante Bouschet de Sicília

Estate 1958 Alicante Bouschet Terre Siciliane IGT 2019:

Encorpado, persistente e picante, com final longo e cheio; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Alicante Bouschet (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas e pretas maduras, com toques de especiarias; Harmonização: Carnes vermelhas, massas variadas, pratos típicos da culinária italiana

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Puglia

Gran Maestro Rosso Appassimento Puglia IGT 2019:

Aveludado, elegante, intenso, taninos macios, final persistente; Produtor: Cielo e Terra; Teor alcoólico: 14,5%; Uvas: Sangiovese e Primitivo (vinho blend); Nariz: Aromas de cereja, canela, folhas secas; Harmonização: Queijo Parmesão, rabada, costela suína defumada

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Vêneto

Casato Mastino Amarone della Valpolicella DOCG 2015:

Paladar complexo, encorpado, taninos maduros e sedosos, final persistente e agradável; Produtor: Mabis Wine; Teor alcoólico: 15%; Uvas: Corvina, Corvinone e Rondinella (vinho blend); Nariz: Compota de frutas pretas e vermelhas, especiarias e notas de carvalho; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça, massas e queijos maduros

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Emilia-Romagna

Arché Sangiovese Rubicone IGT 2020:

Agradável, harmonioso, cheio e ligeiramente tânico; Produtor: Botter Wines; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Agradável e persistente, com notas de frutas vermelhas; Harmonização: Pratos de massa, carnes vermelhas e queijos

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Chianti (Denominação de Toscana)

Mazzei Ser Lapo Chianti Classico Riserva DOCG 2018:

Estruturado, persistente, frutado, com boa acidez e taninos intensos; Produtor: Mazzei; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sangiovese e Merlot (vinho blend); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas e pretas maduras; Harmonização: Risoto de parmesão, carnes vermelhas grelhadas, queijo pecorino toscano

Compre aqui

 


 

O tinto Negroamaro de Puglia

Rosso Reale Negroamaro Salento IGT 2019:

Taninos macios, equilibrados e com final longo; Produtor: Angelo Rocca & Figli SRL; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Negroamaro (vinho varietal); Nariz: Aromas de fruta madura como amora e ameixa; Harmonização: Espaguete com almôndegas, pizzas e massas

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Giordano Barolo DOCG 2017:

Estruturado, com taninos intensos, acidez alta e bom equilíbrio de frutas; Produtor: Provinco; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Aromas complexos de cerejas, flores, cogumelos, terra e trufas; Harmonização: Risoto de Trufas, Brasato al Barolo, pato assado e queijo Grana Padano

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Puglia

Lupo Meraviglia Tre di Tre Rosso di Puglia 2019:

Estruturado e persistente, com ótimo acabamento tânico; Produtor: Botter Wines; Teor alcoólico: 14,5%; Uvas: Negroamaro, Aglianico e Primitivo (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas e geleia, com notas doces e picantes de madeira; Harmonização: Pratos à base de carne com molhos picantes, queijos maduros, chocolate

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Abruzzo

Ladone Vino Rosso-Abboccato:

Equilibrado, com boa acidez e taninos macios; Produtor: Progetti Agricoli; Teor alcoólico: 12,9%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Aromas de ameixas, mirtilos e cerejas maduras; Harmonização: Risoto de queijos, lombo suíno, pizza de calabresa

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Villa Puccini Toscana Governo All’Uso Toscano 2018:

De corpo médio, sedoso e com taninos macios. Boa amplitude de sabores; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 13,8%; Uvas: Sangiovese, Ciliegiolo e Cabernet Sauvignon (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas e pretas mistas, com toques de grafite e especiarias; Harmonização: Carne de panela, massa com molho bolonhesa e queijos maduros

Compre aqui

 


 

O tinto Primitivo de Puglia

C.O.S 1960 Primitivo di Manduria DOP 2020:

Corpo médio, sabor frutado e acidez equilibrada; Produtor: Cantolio; Teor alcoólico: 14%; Uva: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras; Harmonização: Nhoque com ragu de calabresa, fogazza de queijo, costela no bafo

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Borgobravo Passione e Tradizione Chianti DOCG 2017:

Encorpado e vivaz em boca, frutado e com longo final; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Frutas pretas e vermelhas, com toques de pimenta e cacau; Harmonização: Carnes vermelhas grelhadas ou assadas, tábuas de queijos, pratos da culinária italiana

Compre aqui

 


 

O tinto doce blend de Vêneto

Cesari Recioto della Valpolicella Classico DOCG 2018:

Intenso, saboroso e sedoso; Produtor: Cesari; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Corvina, Rondinella e Rossignola-Negrara (vinho blend); Nariz: Aroma de frutas caramelizadas, especiarias, chocolate e tostado; Harmonização: Bolo de chocolate meio amargo, panetones

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Chianti (Denominação de Toscana)

Carpineto D.O.C.G. Chianti Classico 2019 1,5 L:

Bom corpo, elegante, aveludado, harmônico e possui ótima concentração de frutas; Produtor: Carpineto; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Sangiovese, Canaiolo e outras uvas (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas, notas florais, nuances de baunilha e especiarias; Harmonização: Risoto de tomate seco, filé-mignon assado, berinjela à parmegiana, macarrão ao sugo, batatas recheadas

Compre aqui

 


 

O tinto Refosco dal Peduncolo Rosso de Friuli

Zorzettig Refosco dal Peduncolo Friuli Colli Orientali DOC 2018:

Cheio, robusto e frutado, com taninos redondos e final longo; Produtor: Zorzettig Vini; Teor alcoólico: 13%; Uva: Refosco dal Peduncolo Rosso (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas maduras, como framboesa e cereja preta, e toques minerais; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça assadas, queijos envelhecidos, massas variadas

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Santa Cristina Rosso Toscana IGT 2019:

Corpo macio e encorpado com final frutado; Produtor: Marchesi Antinori; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Sangiovese, Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah (vinho blend); Nariz: Aromas de cerejas com notas florais de violetas, baunilha e café; Harmonização: Medalhão de mignon com risoto de queijo Brie, ragu de costela com polenta cremosa, berinjela à parmegiana

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Poggio dell’Aquila Brunello di Montalcino DOCG 2014:

Elegante, harmonioso, persistente, cheio e frutado; Produtor: Poggio dell’Aquila; Teor alcoólico: 14%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Intenso e complexo, com notas de alcaçuz e frutos silvestres; Harmonização: Costela de carneiro assada, codorna ao molho de trufas negras, polpetone recheado com queijo Parmesão

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Elvio Cogno Bordini Barbaresco DOCG 2018:

Aveludado, elegante, intenso, taninos macios, final persistente; Produtor: Elvio Cogno; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas com notas de tabaco; Harmonização: Massas, queijos saborosos, carnes vermelhas

Compre aqui

 


 

O tinto Negroamaro de Puglia

Schola Sarmenti Roccamora D.O.C. Nardo Negroamaro 2019:

Aveludado, taninos macios e especiarias; Produtor: Schola Sarmenti; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Negroamaro (vinho varietal); Nariz: Especiarias, couro e tabaco com notas frutadas no final; Harmonização: Ideal com pratos à base de carne como javali refogado e carne de cordeiro, ou um bom espaguete com almôndegas

Compre aqui

 


 

O tinto Dolcetto de Piemonte

Elvio Cogno Mandorlo Dolcetto d’Alba DOC 2020:

Frutado, macio e refrescante; Produtor: Elvio Cogno; Teor alcoólico: 13%; Uva: Dolcetto (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas; Harmonização: Pizzas variadas, queijos, aperitivos

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Premium Chianti DOCG 2019:

Corpo médio, frutas vermelhas, taninos macios, final longo; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Sangiovese, Canaiolo e Ciliegiolo (vinho blend); Nariz: Notas de frutas vermelhas como morango e cereja, toques de especiarias; Harmonização: Espaguete ao molho sugo, lasanha à bolonhesa

Compre aqui

 


 

O tinto blend multirregional

Batti Becco Vino Rosso d’Italia:

Macio, equilibrado com toque de amora; Produtor: Caviro; Teor alcoólico: 11,5%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Amora, ameixa e cereja; Harmonização: Lasanha, tábua de frios e pizzas variadas

Compre aqui

 


 

O tinto Primitivo multirregional

Aimone Vino Rosso d’Italia:

Notas de frutas vermelha, potente, encorpado; Produtor: Provinco; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas com notas suaves de baunilha e coco; Harmonização: Carnes vermelhas, queijos de meia idade, molhos elaborados, pratos da culinária italiana

Compre aqui

 


 

O tinto Refosco dal Peduncolo Rosso de Friuli

Fantinel Borgo Tesis Friuli DOC Refosco 2017:

Encorpado, potente e final marcante; Produtor: Fantinel; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Refosco dal Peduncolo Rosso (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de frutas vermelhas, ligeiramente herbáceo; Harmonização: Ossobuco com polenta, risoto de funghi secchi, macarrão com almôndegas, embutidos

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Chianti

Castellani Chianti DOCG 2019:

Frutado, com ótima acidez, taninos macios e final longo; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 11,7%; Uvas: Sangiovese e Canaiolo (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas em geleia, toques de violeta; Harmonização: Espaguete ao molho sugo, lasanha

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Vêneto

Cesari Bardolino Classico DOC 2019:

Macio, harmonioso e bastante frutado; Produtor: Cesari; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Corvina, Rondinella e Rissignola-Negrara (vinho blend); Nariz: Aroma intenso de frutas vermelhas com notas de violetas; Harmonização: Entradas, carnes brancas e queijos frescos

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Vêneto

Cesari Valpolicella Classico DOCG 2019:

Bastante equilibrado, saboroso e aveludado; Produtor: Cesari; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Corvina e Rondinella (vinho blend); Nariz: Fresco e frutado, com notas de frutas vermelhas; Harmonização: Carnes vermelhas, massas e queijos

Compre aqui

 


 

O tinto de Emilia-Romagna

Oro di Vigne Vino Rosso:

Saboroso, frutado e equilibrado; Produtor: Terre Cevico; Teor alcoólico: 11%; Várias uvas; Nariz: Aroma de frutas vermelhas maduras; Harmonização: Massa recheadas, carnes vermelhas, queijos amarelos

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Famiglia Castellani Chianti Riserva DOCG 2016:

Encorpado, com taninos integrados, acidez média e final persistente; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Sangiovese, Canaiolo e Cabernet Sauvignon (vinho blend); Nariz: Ameixas maduras, couro, toques de chocolate, violeta e pimenta preta no final de prova; Harmonização: Lasanha à bolonhesa, carnes de caça

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Villa Puccini Brunello di Montalcino DOCG 2013:

Encorpado, potente e complexo, com taninos equilibrados; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas e negras, como cereja, ameixa e cassis, além de toques de cacau e cedro; Harmonização: Massa ao sugo, carnes vermelhas, pratos típicos da culinária italiana

Compre aqui

 


 

O tinto Nebbiolo de Piemonte

Elvio Cogno Ravera Barolo DOCG 2014:

Estruturado, com sabor de cereja vermelha madura, framboesa, notas de tabaco e taninos aveludados; Produtor: Elvio Cogno; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Rosas, lírios, couro novo e frutas vermelhas; Harmonização: Carnes vermelhas, molhos encorpados

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Famiglia Castellani Chianti Classico DOCG 2018:

Taninos macios, acidez média mais, toques de frutas vermelhas e final longo; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Sangiovese e Cabernet Sauvignon (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas maduras como morango e framboesa, notas de especiarias e tostado; Harmonização: Nhoque ao molho sugo, lasanha à bolonhesa

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Molin Novo I.G.T. Toscana Rosso 2017:

Corpo de leve para médio, taninos macios, acidez agradável, jovem, frutado, floral; Produtor: Torre Matilde; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Sangiovese e Merlot (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas, frutas negras, floral, especiarias; Harmonização: Risoto de calabresa com tomate, iscas de filé acebolado, escondidinho de carne seca, espaguete ao sugo, pizza marguerita, lasanha de berinjela com queijo

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Villa D’Ancona IL Pisani Chianti Riserva DOCG 2018:

Intenso, persistente, cheio; Produtor: Fattoria Villa D’Ancona; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Sangiovese e Merlot (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas maduras com notas de madeira; Harmonização: Carnes grelhadas ou assadas, queijos maduros

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Vêneto

Cesari Jùsto Leggermente Appassite Veneto IGT 2018:

Estruturado, macio e aveludado; Produtor: Cesari; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Corvina e Merlot (vinho blend); Nariz: Aroma intenso de frutas vermelhas maduras como a cereja; Harmonização: Pizza de pepperoni, queijo Camembert, terrine suína

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Fattoria Selvapiana Chianti Rufina DOCG 2014:

Sutilmente frutado, acidez equilibrada, final longo e taninos redondos; Produtor: Fattoria Selvapiana; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Sangiovese, Canaiolo, Colorino e Malvasia Nera (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas com notas herbáceas; Harmonização: Tábua de queijos amarelos, pratos italianos

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Famiglia Castellani Brunello di Montalcino DOCG 2015:

Encorpado, intenso e com sabor persistente; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Notas de geleia de frutas vermelhas; Harmonização: Carnes defumadas e queijos curados

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Santa Cristina Chianti Superiore DOCG 2018:

Corpo macio com taninos aveludados e final longo; Produtor: Villa Antinori; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Aroma frutado, com notas de cerejas e ameixas secas; Harmonização: Risoto de queijo Parmesão, fraldinha assada com abóbora, burrata com molho de tomate

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Vêneto

Cesari Mara Valpolicella Ripasso Superiore DOC 2018:

Encorpado e aveludado, com taninos macios, delicada doçura e final picante; Produtor: Cesari; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Corvina, Rondinella e Negrara (vinho blend); Nariz: Frutas maduras como cereja, framboesa e ameixa, com toques de especiarias e notas de pimenta; Harmonização: Costela suína ao molho barbecue, nhoque de abóbora na manteiga, queijos semiduros

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Vêneto

Biscardo Valpolicella Ripasso Classico Superiore DOC 2016:

Encorpado, com taninos aveludados e final persistente; Produtor: Biscardo; Teor alcoólico: 14%; Uvas: Corvina, Molinara e Rondinella (vinho blend); Nariz: Ameixa e groselha maduras, toques defumados, de amêndoas, madeira e uva passa; Harmonização: Costela assada no bafo, fondue de queijo

Compre aqui

 


 

O tinto Refosco dal Peduncolo Rosso de Friuli

Fantinel La Roncaia D.O.C. Friuli Colli Orientali Refosco 2013:

Corpo de médio para encorpado, acidez agradável, taninos presentes, bom final; Produtor: Fantinel; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Refosco dal Peduncolo Rosso (vinho varietal); Nariz: Cereja em compota, morango, groselha, pimenta preta, tosta, especiarias; Harmonização: Ossobuco com polenta, risoto de cogumelos, costela no bafo, picanha suína assada, sopa de beterraba com creme de leite, e queijos duros

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Il Poggione Rosso Toscana IGT 2018:

Na boca é macio com acidez agradável; Produtor: Tenuta Il Poggione; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Sangiovese, Merlot e Cabernet Sauvignon (vinho blend); Nariz: Aroma intenso de frutas vermelhas, com notas de especiarias doces como baunilha; Harmonização: Carnes brancas, massas, queijos de corpo médio

Compre aqui

 


 

O tinto Primitivo de Puglia

Tormaresca Fichi d’India Primitivo Salento IGT 2019:

Macio e potente com taninos redondos; Produtor: Villa Antinori; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Aroma de frutas vermelhas com notas de geleia e violetas; Harmonização: Carnes vermelhas, massas e queijos

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

IL Poggione Rosso di Montalcino DOC 2018:

Corpo muito bem estruturado e macio, com taninos sedosos e final longo; Produtor: Tenuta Il Poggione; Teor alcoólico: 14%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Aroma de frutas vermelhas; Harmonização: Massas com molho de carne, assados, carnes vermelhas grelhadas, queijos de corpo médio

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Villa Antinori Rosso Toscana IGT 2018:

Encorpado e macio com taninos redondos, boa acidez e intensidade de fruta; Produtor: Villa Antinori; Teor alcoólico: 14%; Uvas: Sangiovese, Cabernet Sauvignon, Petit Verdot, Merlot e Syrah (vinho blend); Nariz: Mirtilo, groselha, ameixa e toques de amêndoas tostada e baunilha; Harmonização: Lasanha, lombo suíno, codorna com cogumelos

Compre aqui

 


 

O tinto Nero d’Avola de Sicília

CentAre D.O.C. Sicilia Nero dAvola 2017:

Frutado, corpo médio, saboroso; Produtor: Cantine Pellegrino; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Nero d’Avola (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de rosas, cerejas e amora; Harmonização: Lasanha gratinada, panceta ao forno, filé à parmegiana, pimentão recheado com carne, charutos de uva e espetinho de queijo coalho

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Mazzei 1435 Toscana 2018:

Estruturado, persistente, frutado, macio, com boa acidez e final longo; Produtor: Mazzei; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Sangiovese e Merlot (vinho blend); Nariz: Notas de frutas vermelhas e pretas maduras, com toques herbáceos; Harmonização: Embutidos, massas com molho escuro e carnes vermelhas

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Umbria

Arnaldo Caprai Montefalco Rosso DOC 2017:

Fresco, equilibrado e com taninos macios; Produtor: Arnaldo Caprai; Teor alcoólico: 14,5%; Uvas: Sangiovese e Merlot (vinho blend); Nariz: Aromas de flores silvestres, frutas vermelhas e noz moscada; Harmonização: Carnes curadas ou carnes brancas e vermelhas assadas

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Fattoria di Polvereto Chianti DOCG 2019:

Corpo médio, frutas vermelhas, taninos macios, final longo; Produtor: Cantine Cecconi; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Sangiovese, Canaiolo e Trebbiano (vinho blend); Nariz: Notas de frutas vermelhas como morango e cereja, toques de especiarias; Harmonização: Carne assada ou grelhada e salame toscano

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

La Gerla Brunello di Montalcino DOCG 2015:

Macio, aveludado, harmonioso, rico em fruta e de longa duração em boca; Produtor: La Gerla; Teor alcoólico: 14%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas maduras, com toques de violetas, canela, tabaco e couro; Harmonização: Carnes vermelhas, caça ou queijos envelhecidos

Compre aqui

 


 

O tinto Sangiovese de Toscana

Tenuta Buon Tempo Brunello di Montalcino DOCG 2013:

Potente, aveludado, harmonioso, rico em fruta e de longa duração em boca; Produtor: Tenuta Buon Tempo; Teor alcoólico: 14%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas maduras, com toques de violetas, canela, tabaco e couro; Harmonização: Carnes vermelhas, de caça, queijos envelhecidos ou pratos típicos da culinária italiana

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Alibea Rosso Toscana IGT:

Equilibrado, persistente, frutado e harmonioso; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 11,1%; Uvas: Sangiovese e Ciliegiolo (vinho blend); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas maduras; Harmonização: Antepasto de berinjela, cuscuz marroquino, lentilhas com molho

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Mazzei Fortior Vino Rosso 2019:

Equilibrado, persistente, frutado e harmonioso; Produtor: Mazzei; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Nero d’Avola, Sangiovese, Merlot e Petit Verdot (vinho blend); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas e pretas maduras; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça, massas ao molho vermelho, queijos maduros

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Mazzei Ser Lapo Chianti Classico Riserva DOCG 2017:

Estruturado, persistente, frutado, com boa acidez e taninos intensos; Produtor: Mazzei; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Sangiovese e Merlot (vinho blend); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas e pretas maduras; Harmonização: Risoto de parmesão, carnes vermelhas grelhadas, queijo pecorino toscano

Compre aqui

 


 

O tinto blend de Toscana

Mazzeo Chianti Classico DOCG 2018:

Macio e saboroso com taninos marcados e agradável acidez; Produtor: Mazzei; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas e pretas maduras; Harmonização: Embutidos, massas com molho escuro e carnes vermelhas

Compre aqui

 


 

O tinto Montepulciano de Abruzzo

Gianni Masciarelli Montepulciano d’Abruzzo DOC 2017:

Frutado, corpo de leve para médio, boa acidez, taninos presentes; Produtor: Carpineto; Teor alcoólico: 13%; Uva: Montepulciano (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras; Harmonização: Carnes vermelhas, massas com molhos e queijos amarelos

Compre aqui

 


 

O tinto Merlot de Friuli

Friuli Colli Orientali Merlot DOC 2018:

Redondo, cheio e saboroso, com toques frutados e taninos macios; Produtor: Zorzettig Vini; Teor alcoólico: 13%; Uva: Merlot (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas maduras; Harmonização: Bisteca fiorentina, espaguete, lasanhas, tábua de queijos maduros

Compre aqui

 


 

O tinto Cabernet Franc de Friuli

Friuli Colli Orientali Cabernet Franc DOC 2019:

Sabor cheio e robusto, com toques frutados e final longo; Produtor: Zorzettig Vini; Teor alcoólico: 13%; Uva: Cabernet Franc (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas pretas maduras, com toques herbáceos; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça assadas, queijos envelhecidos, massas variadas

Compre aqui

 


 

O branco Chenin Blanc de Sicília

Estate 1958 Chenin Blanc Terre Siciliane IGT 2020:

Redondo, elegante, mineral, final longo e persistente; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chenin Blanc (vinho varietal); Nariz: Aromas frescos e intensos, com notas de jasmin, frutas cítricas, damasco e pão; Harmonização: Medalhão de frango com bacon, talharim com frutos do mar, sushi

Compre aqui

 


 

O branco Inzolia de Sicília

Estate 1958 Inzolia Terre Siciliane IGT 2020:

Refrescante, saboroso, com acidez marcante e final longo; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Inzolia (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas brancas, jasmim e bergamota; Harmonização: Pratos à base de peixes e frutos do mar, saladas, queijos leves

Compre aqui

 


 

O branco Vermentino de Maremma Toscana (Toscana)

La Mora DOC Maremma Toscana Vermentino 2020:

Leve, mineral, boa acidez, frutado, final agradável; Produtor: Cecchi; Teor alcoólico: 13%; Uva: Vermentino (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas maduras, floral, mineral; Harmonização: Batata rosti recheada com salmão, risoto de peito de peru, canelone de berinjela com frango, rocambole de bacalhau, penne ao molho de atum, torta cremosa de legumes

Compre aqui

 


 

O branco blend de Vêneto

Tenuta SantAntonio Fontana D.O.C. Soave 2020:

Leve, frutado, fresco, delicado, cítrico; Produtor: Tenuta Sant’Antonio; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Trebbiano di Soave e Garganega (vinho blend); Nariz: Frutas brancas frescas, frutas cítricas, floral, mineral; Harmonização: Sobrecoxa recheada com queijo, abará, moqueca de grão de bico

Compre aqui

 


 

O branco Falanghina de Salento

Masseria Altemura I.G.T. Salento Falanghina 2020:

Fresco, frutado e acidez equilibrada; Produtor: Masseria Altemura; Teor alcoólico: 13%; Uva: Falanghina (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas cítricas, flores, damasco e pêssego; Harmonização: Risoto caprese, casquinha de siri, mix de folhas com queijo cabra, damasco e nozes

Compre aqui

 


 

O branco Grillo de Sicília

CentAre D.O.C. Sicilia Grillo 2020:

Um vinho jovem, leve para médio, frutado, com notas cítricas, acidez alta que lhe confere um excelente frescor; Produtor: Cantine Pellegrino; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Grillo (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, notas de jasmim, sutis notas herbáceas e mineral; Harmonização: Peixe grelhado, espaguete ao pesto com mussarela de búfala e tomate cereja, frango ao curry, camarão na manteiga e queijos moles

Compre aqui

 


 

O branco Pinot Grigio de Vêneto

Antica Marca Villagio Dal 1818 Pinot Grigio Terre Siciliane IGT 2020:

Refrescante, frutado e vivaz; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Complexo, com aromas de maçã-verde, pera e toques de frutas cítricas; Harmonização: Espaguete ao molho pesto, legumes na brasa, salada de frutos do mar

Compre aqui

 


 

O branco Grillo de Sicília

Canceddi Grillo Sicilia DOC 2019:

Equilibrado e mineral; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 13%; Uva: Grillo (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas cítricas, como laranja, e notas florais; Harmonização: Tilápia assada com batatas, lula à dorê, legumes e verduras grelhados

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay de Vêneto

Cantina Reale I.G.T. Veneto Chardonnay 2019:

Saboroso, elegante e equilibrado; Produtor: Botter; Teor alcoólico: 12%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Bouquet delicado e elegante de frutas frescas; Harmonização: Massa ao pesto, quiche de parmesão, mix de queijos e embutidos, risole de abobrinha

Compre aqui

 


 

O branco Pinot Grigio de Vêneto

I Castelli Romeo e Giulietta D.O.C. Delle Venezie Pinot Grigio 2020:

Fresco, acidez vibrante, fácil de beber; Produtor: Cielo e Terra S.P.A.; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Aromas de crosta de pão e maçã verde; Harmonização: Espetinho de frango com bacon, quiche de alho poró com palmito, macarrão ao molho pesto com tomate cereja

Compre aqui

 


 

O branco Grillo de Sicília

CentAre D.O.C. Sicilia Grillo 2019:

Notas cítricas, frescor e ótima acidez; Produtor: Cantine Pellegrino; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Grillo (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas e notas de jasmin; Harmonização: Crustáceos, peixe grelhado, ceviche, saladas, penne mediterrâneo

Compre aqui

 


 

O branco Pinot Grigio de Vêneto

Conte Fosco D.O.C. Delle Venezie Pinot Grigio 2020:

Suave, delicado e fresco; Produtor: Terre Cevico; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Notas de maçã, pera e cítricos; Harmonização: Entradas, frutos do mar e aves

Compre aqui

 


 

O branco Viognier de Sicília

Canceddi Viognier Sicilia DOC 2019:

Agradável, mineral, fresco e aromático; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Viognier (vinho varietal); Nariz: Notas de acácia, lavanda e pêssego no nariz; Harmonização: Rigatoni com pesto alla trapanese, sardinhas recheadas, burrata com tomates confit e pesto

Compre aqui

 


 

O branco Vermentino de Sicília

Canceddi Vermentino Terre Siciliane IGT 2019:

Refrescante e aromático; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 13%; Uva: Vermentino (vinho varietal); Nariz: Notas herbáceas e de jasmim; Harmonização: Arancini, carpaccio de tilápia, polvo grelhado

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay de Sicília

Canceddi Chardonnay Sicilia DOC 2019:

Agradável e fresco; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas maduras e ervas frescas; Harmonização: Calamarata com lulas, peixe branco grelhado com cuscuz marroquino, camarão à Provençal

Compre aqui

 


 

O branco Pinot Grigio de Toscana

ZioBaffa Pinot Grigio 2021:

Corpo leve, equilibrado, refrescante e com final longo; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas como limão e abacaxi; Harmonização: Queijos leves, aperitivos

Compre aqui

 


 

O branco blend multirregional

Batti Becco Vino Bianco d’talia:

Fresco, frutado e leve; Produtor: Caviro; Teor alcoólico: 11%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Pera, limão e abacaxi; Harmonização: Saladas, canapés, frutos do mar

Compre aqui

 


 

O branco Vermentino de Puglia

Lupo Meraviglia Uno di Uno Vermentino Puglia IGT 2020:

Refrescante, encorpado, intenso, com acidez bem equilibrada; Produtor: Botter Wines; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Vermentino (vinho varietal); Nariz: Frutado e expressivo, com notas intensas de cedro, pêssego branco, damasco e maçã; Harmonização: Estrogonofe de brócolis, espaguete ao molho pesto, salada de camarão

Compre aqui

 


 

O branco blend de Orvieto (Denominação de Úmbria)

Santa Cristina Campo Grande Classico Orvieto DOC 2019:

Macio, fresco, com notas minerais e frutadas; Produtor: Marchesi Antinori; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Grechetto e Procanico (vinho blend); Nariz: Aromas frutados de pêssego e damasco, com notas de flor de laranjeira; Harmonização: Batata rústica com alecrim, palmito pupunha grelhado, risoto de polvo

Compre aqui

 


 

O branco blend de Vêneto

Oro di Vigne Vino Bianco:

Equilibrado, redondo, jovem e frutado; Produtor: Terre Cevico Teor alcoólico: 10,5%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Notas intensas de frutas brancas e cítricas, com delicadas nuances florais; Harmonização: Canapés, legumes grelhados, filé de frango ao pesto, queijos leves

Compre aqui

 


 

O branco blend de Sicília

Grande Alberone Bianco Chardonnay Catarratto Inzolia Terre Siciliane IGP 2020:

Equilibrado, redondo e persistente, com notas de frutas tropicais e cítricas; Produtor: Provinco; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Chardonnay, Catarratto e Inzolia (vinho blend); Nariz: Expressivo e complexo, com aromas de pêssego, melão e ervas; Harmonização: Canapés de carpaccio, legumes grelhados ao molho pesto, gratinado de frango com queijo Brie

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay de Toscana

Capsula Viola Chardonnay 2019:

Fresco, equilibrado, saboroso e frutado; Produtor: Marchesi Antinori; Teor alcoólico: 10,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aromas delicados de maçãs-verdes e bananas maduras; Harmonização: Burrata com molho pesto, conchiglione de ricota com espinafre, polenta frita

Compre aqui

 


 

O branco blend de Toscana

Il Poggione Bianco di Toscana IGT 2019:

No paladar é fresco e bem estruturado; Produtor: Tenuta Il Poggione; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Vermentino e Chardonnay (vinho blend); Nariz: Aroma de frutas frescas, com notas cítricas e minerais; Harmonização: Peixes, vegetais, queijos frescos

Compre aqui

 


 

O branco blend de Orvieto (Denominação de Úmbria)

Santa Cristina Amabile Casasole Classico Orvieto DOC 2019:

Levemente doce, fresco e fácil de beber; Produtor: Marchesi Antinori; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Procanico, Grechetto, Verdelho, Drupeggio e Malvasia (vinho blend); Nariz: Aroma intenso de maçãs, bananas e raspas de laranja; Harmonização: Caldo verde, queijo coalho com melado, ceviche de tilápia

Compre aqui

 


 

O branco blend de Vêneto

Biscardo Oropasso Originale Garganega-Chardonnay Veneto IGT 2020:

Paladar fresco, mineral, estruturado e bem equilibrado; Produtor: Biscardo; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Garganega e Chardonnay (vinho blend); Nariz: Aroma delicado de flores, frutas cítricas e de polpa amarela; Harmonização: Risoto de espinafre, mariscos, penne à caprese

Compre aqui

 


 

O branco Pinot Grigio de Toscana

ZioBaffa Pinot Grigio 2020:

Corpo leve, equilibrado, refrescante e com final longo; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas como limão e abacaxi; Harmonização: Queijos leves, aperitivos

Compre aqui

 


 

O branco blend de Abruzzo

Terre di Mario Vino Bianco-Abboccato:

Estrutura harmônica, crocante e refrescante, com notas de frutas cítricas e final com sabor de amêndoa; Produtor: Progetti Agricoli; Teor alcoólico: 11,5%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Nariz fresco e agradável, com notas de maçã, pêssego e flores de acácia; Harmonização: Peixes, carnes brancas, queijos leves

Compre aqui

 


 

O branco multirregional

Caesar Giulio Vino Italiano Bianco:

Fresco, leve e fácil de beber; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Várias uvas; Nariz: Notas de flores brancas e frutas cítricas; Harmonização: Saladas e aperitivos, pratos com molhos leves, queijos

Compre aqui

 


 

O branco blend de Piemonte

Miliasso 4 Vites Bianco Piemonte DOC 2020:

Saboroso, macio, sedoso, frutado e persistente; Produtor: Dezzani Srl; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Cortese, Chardonnay, Sauvignon Blanc e Timorasso (vinho blend); Nariz: Notas intensas de frutas brancas, com toques florais e minerais; Harmonização: Frutos do mar, pratos típicos da culinária italiana

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay de Puglia

Tormaresca Fichi d’India Chardonnay Salento 2019:

Fresco e vibrante, com sabor frutado e boa acidez no final; Produtor: Villa Antinori; Teor alcoólico: 12%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aroma de frutas, como pêssegos brancos, com notas de flores de amêndoa, tomilho, e lavanda; Harmonização: Peixes, saladas e aperitivos

Compre aqui

 


 

O branco Grechetto de Umbria

Grecante Colli Martani Grechetto DOC 2019:

Sabor cheio, fresco e de longa persistência; Produtor: Arnaldo Caprai; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Grechetto (vinho varietal); Nariz: Aromas intensos de frutas tropicais, como o pêssego e notas florais; Harmonização: Aperitivos, pratos com peixes ou até carnes vermelhas mais leves

Compre aqui

 


 

O rosé Rondinella de Vêneto

Tenuta SantAntonio Scaia I.G.T. Veneto Rosato 2020:

Leve, frutado, elegante, bem estruturado, acidez agradável, traço de doçura; Produtor: Tenuta Sant’Antonio; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Rondinella (vinho varietal); Nariz: Floral, leve frutado, toque cítrico; Harmonização: Camarão frito, moqueca, espaguete ao pesto com tomate cereja e queijos cremosos

Compre aqui

 


 

O rosé Pinot Grigio de Vêneto

I Castelli Romeo e Giulietta D.O.C. Delle Venezie Pinot Grigio Ro 2020:

Leve, refrescante e frutado; Produtor: Cielo e Terra S.P.A.; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Aromas de morango, abacaxi, com toque mineral; Harmonização: Espetinho de camarão, sanduíche de croissant com presunto defumado, dadinho de tapioca com geleia de pimenta

Compre aqui

 


 

O rosé blend de Vêneto

Bericanto Rosato Vicenza DOC 2020:

Elegante, com corpo leve, boa acidez e nuances delicadas de frutas frescas; Produtor: Cielo e Terra; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Merlot e Tai Rosso (vinho blend); Nariz: Notas intensas de flores frescas com toques frutados; Harmonização: Salada Caesar, legumes grelhados, caponata de frutos do mar

Compre aqui

 


 

O rosé blend de Toscana

Carpineto Dogajolo I.G.T. Toscano Rosato 2020:

Fácil de beber, boa acidez, frutado e gastronômico; Produtor: Carpineto; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Canaiolo e Sangiovese (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas frescas, como morango e groselha, associadas aos toques florais; Harmonização: Ceviche de camarão, bobó de frango, pernil grelhado, peixe com fritas, penne ao alho e óleo, legumes na manteiga

Compre aqui

 


 

O rosé Pinot Noir de Vêneto

Biscardo Rosapasso Originale Pinot Nero Veneto IGT 2020:

Fresco, frutado e leve; Produtor: Biscardo; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, como cereja e framboesa; Harmonização: Aperitivos, frutos do mar

Compre aqui

 


 

O rosé blend de Piemonte

Miliasso 4 Vites Rosato Piemonte DOC 2020:

Saboroso e refrescante; Produtor: Dezzani; Teor alcoólico: 12,2%; Uvas: Barbera, Dolcetto, Nebbiolo e Freisa (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas e notas de flores; Harmonização: Frutos do mar e carnes brancas

Compre aqui

 


 

O rosé blend de Puglia

Grande Alberone Rosato 2020:

Bastante fresco com sabor levemente frutado; Produtor: Provinco; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Negroamaro, Refosco e Merlot (vinho blend); Nariz: Perfume de flores e notas de frutas cítricas, maçã e pêssego; Harmonização: Frutos do mar, saladas e carpaccio

Compre aqui

 


 

O rosé Negroamaro de Puglia

Rosa Reale Negroamaro Rosato 2019:

Saboroso, com notas intensas de frutos silvestres e maçã, agradável acidez; Produtor: Angelo Rocca e Figli Srl; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Negroamaro (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas e toques sutis de especiarias; Harmonização: Saladas, risotos, frutos do mar

Compre aqui

 


 

O frisante de Emilia-Romagna

Fantasia Bianco Amabile Lambrusco Dell’Emilia IGT:

Fresco e levemente adocicado, com acidez marcante e borbulhas delicadas; Produtor: Vinicola Decordi; Teor alcoólico: 7,8%; Uva: Lambrusco (vinho varietal); Nariz: Aroma frutado, com notas cítricas, de maçã e florais; Harmonização: Carnes brancas com molho agridoce, queijos leves, sobremesas de fruta

Compre aqui

 


 

O frisante tinto de Emilia-Romagna

Frisante Pontebello Lambrusco IGT dellEmilia Rosso Amabile:

Frutado, leve, acidez agradável e refrescante, suave no paladar, adocicado; Produtor: Medici Ermete Wines; Teor alcoólico: 8%; Uva: Lambrusco (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas; Harmonização: Tacos picantes, rolinho primavera, nachos, burritos, lombo agridoce, pizzas variadas

Compre aqui

 


 

O frisante de Emilia-Romagna

Maestri Cantinieri Lambrusco Dell’Emilia Bianco Amabile:

Refrescante, macio, delicado e frutado; Produtor: Casa Vinícola Caldirola; Teor alcoólico: 8%; Uva: Lambrusco (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de maçãs com toques florais; Harmonização: Merengue de morango com suspiro, salada de frutas cremosa, torta de frutas vermelhas

Compre aqui

 


 

O espumante blend de Vêneto

Tenuta Berni Gran Cuvée:

Leve, com boa acidez e harmonia entre seus elementos; Produtor: Vinícola Serena; Teor alcoólico: 11%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Notas florais e de frutas como damasco e pêssego; Harmonização: Saladas, canapés e peixes grelhados

Compre aqui

 


 

O espumante Durello de Vêneto

Casalotta Durello Brut:

Cremoso, refrescante e profundo; Produtor: Adria Vini; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Durello (vinho varietal); Nariz: Aromas de maçã verde, com toques cítricos e florais; Harmonização: Peixe assado com alcaparras, macarrão ao camarão com leite de coco, abobrinha recheada com queijo

Compre aqui

 


 

O espumante blend de Lombardia

Marchese Antinori Tenuta Montenisa Cuvée Royale Brut:

Equilibrado, vivaz, redondo, cremoso, perlage agradável e persistente; Produtor: Villa Antinori; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Chardonnay, Pinot Nero e Pinot Bianco (vinho blend); Nariz: Notas de pêssegos brancos, crosta de pão, fermento e toques florais; Harmonização: Hors d’oeuvres de vegetais, carnes brancas grelhadas, risoto de camarão

Compre aqui

 


 

O espumante Glera de Vêneto

Prosecco DOC Bianco Le Calleselle:

Fresco e elegante, com uma perlage intensa e um leve dulçor; Produtor: Vinícola Serena Srl; Teor alcoólico: 11%; Uva: Glera (vinho varietal); Nariz: Flores brancas, maçã-verde e pêssego branco; Harmonização: Antepastos, peixes grelhados com legumes, comida tailandesa

Compre aqui

 


 

O espumante rosé Pinot Nero de Lombardia

Marchese Antinori Tenuta Montenisa Rosé Brut:

Fresco, agradavelmente estruturado, elegante, grande harmonia, excelente persistência; Produtor: Villa Antinori; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Nero (vinho blend); Nariz: Flores silvestres secas, pequenos frutos vermelhos, fermento, massa de pão; Harmonização: Antepastos à base de carnes curadas, caldeirada de marisco, suflê de queijo meia-cura, sobremesas com frutas ou chocolate ligeiramente amargo

Compre aqui

 


 

O licoroso Nebbiolo de Piemonte

Barolo Chinato Marchesi di Barolo:

Caráter intenso, concentrado, e com final doce e persistente; Produtor: Marchesi Di Barolo; Teor alcoólico: 16,5%; Uva: Nebbiolo (vinho varietal); Nariz: Perfume intenso e aromático, destacando especiarias, flores e casca de laranja; Harmonização: Chocolate amargo, Tiramisú, torta de chocolate com caramelo salgado

Compre aqui

 

 

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados:

Tábua de frios e harmonias com vinhos
Introdução Os cortes frios são uma ótima maneira de acrescentar um elemento extra especial à sua festa. Se...
Carpaccio, a receita veneziana e suas harmonias com vinhos
Carpaccio é uma das receitas mais famosas da cozinha veneziana. Ela consiste em carne crua, e seu nome...
Vinho Lambrusco, a jóia de Emilia-Romagna
Introdução O Lambrusco é um vinho único que é difícil de categorizar. Apesar de ser uma uva tinta,...
5 batatas gourmet para harmonizar com vinho
Introdução Se você adora batatas, então sabe que elas podem ser cozidas de milhões de maneiras diferentes. Quer...
17 uvas tintas que você precisa conhecer 2
Difícil escolher algumas poucas uvas tintas viníferas. De fato, faltaria tempo de vida para descobrir todas! Você decidiu...
Os 8 principais produtores da Cabernet Sauvignon
Hoje vamos falar sobre a rainha das uvas tintas: a Cabernet Sauvignon. Essa uva incrível, como mostra o...