Vinho branco para cozinhar - como escolher e fazer ótimas receitas

Publicado em:

vinho branco para cozinhar

Qual o melhor vinho branco para cozinhar? Será que posso usar qualquer tipo de vinho na minha receita? Afinal, qual é o melhor vinho na culinária: vinho seco ou vinho suave?

Como um bom apreciador de vinhos, você também já deve ter se aventurado a cozinhar usando a bebida. Entretanto, essas dúvidas aí sempre aparecem quando queremos levar um vinho branco para o fogão.

Vinhos brancos para cozinhar

Vamos mostrar de forma prática, como escolher o melhor para seu preparo e também entender um pouco mais sobre como essa bebida, tão delicada e potente ao mesmo tempo, pode ser usada na culinária.

Esse é um assunto importante, já que o vinho tem o poder de elevar seu prato a um nível superior ou estragar o gosto de vez.

Logo, é preciso estar atento aos detalhes.

A culinária e o vinho branco

vinho branco para cozinhar

O vinho branco é um curinga na culinária. Adiciona camadas de sabor ao prato, corrige sua acidez também.

Sendo assim, ele harmoniza bem com molhos cremosos, sopas, carnes e até sobremesas.

Entretanto, é necessário ter pelo menos um conhecimento básico sobre como cada tipo de vinho se comporta durante a preparação da sua refeição.

Por exemplo, é mais indicado usar vinhos brancos secos para cozinhar.

Por que usar vinho branco, e não suave, para cozinhar?

Como se sabe, o álcool do vinho evapora durante o cozimento, deixando no alimento o sabor marcante da bebida, que pode ser fresco, frutado ou doce.

Porém, se o vinho que você escolheu para cozinhar é suave, quer dizer que restou bastante açúcar das uvas nele. Quando o álcool evaporar, sabe como sua carne vai estar? Pois é… doce!

Então, se seu prato for salgado, lembre-se de sempre usar vinho branco seco para cozinhar.

No entanto, em algumas situações, a versão suave do vinho branco pode, e deve, ser usada.

Quando usar vinhos suaves para cozinhar?

Por exemplo, no caso de sobremesas, eles são indiscutivelmente a melhor escolha sempre! Acrescentar vinho branco suave a um molho doce para uma torta de frutas, transforma totalmente o doce, destacando o sabor.

Todavia, alguns frutos do mar também podem levar vinho branco suave, já que a doçura da redução harmoniza bem com a carne delicada. Alguns tipos de peixe, lagosta e camarão são alguns exemplos.

Detalhe importante: os vinhos suaves perecem mais rápido, então aproveite para tomar com seu prato.

Porém, se precisar guardar, não deixe passar de uma ou duas semanas, ou você pode acabar estragando a próxima receita.

Mas, os vinhos brancos secos combinam com qual tipo de prato?

O que cozinhar com vinho branco?

Geralmente, os vinhos brancos para cozinhar vão bem em receitas mais leves. Eles são indicados para preparo de peixes, legumes, frutos do mar, vegetais e carnes brancas, como lombo e frango.

É até comum encontrar uma regrinha: para carnes vermelhas, vinho tinto e para carnes brancas, vinho branco.

Mas, na prática o vinho branco seco também pode ser usado para cozinhar pratos que levam uma carne vermelha mais delicada, como o filé-mignon.

E como toda regra tem uma exceção, saiba que o Coq au vin, que é o ensopado de frango (carne branca), é marinado no vinho tinto.

E o que quer dizer “marinar”?

Marinado ou flambado? O que escolher?

vinho branco para cozinhar

Se você está com intenção de ser o mestre cuca da sua casa, é bom ir treinando essas duas técnicas para realçar o sabor dos seus pratos.

Porém, o vinho banco é mais indicado para uma do que para a outra.

Vamos ver cada uma delas e depois entender em qual preparo o vinho branco se encaixa melhor.

O que é ?

Marinar é deixar a carne “de molho” por cerca de 12 horas no tempero. Porém, não é um simples tempero.

Para marinar uma carne você precisa ter alguns ingredientes básicos. Por exemplo, legumes, como cenoura, cebola e alho, ervas e especiarias, e um meio ácido, que pode ser vinagre, limão ou o vinho para cozinhar, escolhido por você.

Nesse longo processo, o vinho quebra as fibras da carne com sua acidez e ainda deixa um gosto maravilhoso ao corte marinado.

Que tipo de vinho branco usar para marinar?

Talvez você tenha a ideia de que vinho para cozinhar não precisa ser um bom vinho.

Porém, é importante lembrar que o sabor do vinho será realçado ao ser absorvido pela carne ou ao ser reduzido durante o cozimento.

Sendo assim, tenha um certo cuidado ao escolher seu vinho para cozinhar.

Vinho barato ou vinho caro? Isso importa?

É verdade que não tem necessidade de ser um vinho caro. Hoje você pode encontrar bons vinhos brancos que vão abrilhantar seu prato, por um preço acessível e razoável.

Não corra o risco de perder todo o prato usando um vinho de péssima qualidade. Além disso, a proporção deve ser de 250ml para cada quilo de carne. Assim, escolha um vinho que você vai poder aproveitar enquanto se diverte na cozinha.

Sempre leve em conta a receita e quanto requinte você quer dar ao seu prato. Dessa forma, você vai poder escolher o nível do seu vinho para cozinhar também.

Em outras palavras, siga o conselho dado por chefs de todo mundo e se pergunte: Eu beberia esse vinho?

Sob esse ponto de vista, seu prato vai sempre estar agradável para seu paladar!

Nessa questão, pode ser que você encontre alguma receita que pede uma garrafa inteira no preparo, mas é raridade.

O que é flambar?

Diferente da marinada, para flambar, o vinho vai para a panela durante o preparo.

No entanto, ela não cozinha junto dos ingredientes. A bebida é adicionada no final e coloca-se fogo sobre ela, para que o álcool evapore instantaneamente.

Flambar, vem do francês e quer dizer “em chamas”. Para que isso aconteça, a bebida precisa ter cerca de 40% de teor alcoólico.

Teor alcoólico dos vinhos

Porém, nos vinhos, esse teor alcoólico fica entre 11% e 14%, chegando ao máximo de 18% nos vinhos licorosos, devido ao seu processo de produção diferenciado.

Não é impossível, mas vai ser um pouco mais difícil de se conseguir flambar o prato.

Por isso, o vinho branco não é o mais indicado. Você pode escolher entre rum, licor, conhaque ou até Vodka.

É uma explosão de sabor, de verdade, então tome os devidos cuidados e fique atento para não se queimar e nem queimar sua obra de arte culinária.

Vinho branco seco é o ideal para culinária?

vinho branco para cozinhar

Sim, ele é! Não é que você não possa, ou não deva, usar os tintos. Porém, o vinho branco seco, como já dissemos é um coringa na cozinha.

O risco de se perder a mão no sabor é mínimo. No entanto, leve em conta a quantidade, que costuma ficar em torno de uma taça, e o tempo de cozimento.

Quanto vinho usar para cozinhar

A menos que você esteja preparando um Coq au vin, aquele ensopado de frango que leva vinho tinto e que leva cerca de uma garrafa inteira de vinho, não exagere na quantidade, jeito nenhum.

Frequentemente, o sabor do vinho toma conta de todo o prato e ultrapassa todos os outros sabores, e isso só é bom se for o seu objetivo mesmo, destacar o sabor do vinho.

Tempo de cozimento ideal

Ao passo que usamos um vinho para cozinhar, é de suma importância dar atenção ao tempo de cozimento.

Ou seja, se não houver cuidado, o gosto alcoólico do vinho pode ficar extremamente realçado e destruir o gosto do seu prato.

Contudo, como deixar o vinho tempo suficiente para dar o sabor, mas cozinhar o necessário para que ele evapore?

Por exemplo, depois de 15 minutos cozinhando, o vinho ainda terá 40% de álcool. Depois de 2 horas, essa quantidade cai para menos de 10%.

Portanto, fique atento a esses detalhes e você vai ter excelentes resultados ao usar vinho para cozinhar! E já vamos te dar algumas ideias para começar.

Ideias de pratos com vinho branco seco

vinho branco para cozinhar

Ensopados

Ensopados de frango, peixe e cordeiro são algumas opções que podem levar vinho branco seco para realçar o sabor. O vinho também dá certa acidez ao prato, equilibrando o paladar.

Nesses preparos, é comum usar uma quantidade maior da bebida e acrescentar aos poucos, durante o cozimento. Desse modo, o sabor da carne com o vinho é elevado e você terá pouco álcool restante no preparo.

Fondues

Para a famosa fondue de queijo, o vinho branco seco faz mais do que dar acidez e um gosto único.

Quando você acrescenta o vinho ao queijo, ele impede a coagulação do leite, dando cremosidade ao preparo.

Os queijos usados para fondues, são bem gordurosos e tendem a separar a massa da gordura ao serem aquecidos, portanto, o papel desenvolvido pelo vinho branco é muito importante.

Molhos

No caos dos molhos, o vinho pode ser usado para marinar os cortes e depois ser reduzido até chegar a uma consistência de xarope, bem grossinha.

Entretanto, o vinho branco seco pode ser acrescentado aos molhos que levam queijo, leite ou creme de leite, e vai funcionar super bem.

Risotos

De origem italiana, o risoto ganha o sabor dos ingredientes usados para cozinhar o arroz. Você pode incluir carnes vermelhas, carnes brancas, frutos do mar, peixes, cogumelos e vegetais para criar um risoto incrível!

Além disso, vinho branco seco é usado para corrigir a acidez do prato e combina melhor com os que levam ingredientes mais leves e delicados.

Por exemplo, um bom risoto de queijo parmesão, fica perfeito quando usamos um vinho seco para equilibrar os sabores e dar ao prato a acidez necessária. Preparado com um tipo diferente de arroz, o arbóreo, ele leva caldo de legumes, queijo ralado na hora e manteiga na finalização.

Sendo assim, um prato versátil e que casa maravilhosamente bem com vinho branco seco.

Aqui no Center Gourmet, já te ensinamos a harmonizar vinhos e risotos com perfeição!

Arroz com vinho branco seco

Caso você ainda não tenha muita habilidade para um risoto, talvez arrisque fazer um arroz cremoso com vinho branco seco para cozinhar os grãos.

Logo depois da água começar a evaporar, acrescente cerca de 200ml de vinho e continue o cozimento. Junte parmesão e deixe derreter.

Em outras palavras, é um bom começo para você experimentar o sabor que o vinho dá ao arroz e te animar para outras experiências na cozinha.

Sobremesas

Os doces que levam vinho na preparação, não ganham só um sabor diferenciado, ganham sofisticação!

Por exemplo, é uma experiência completamente diferente provar um pavê bem preparado e com a dose certa de vinho branco na receita.

Porém, essa não é a única forma de adicionar vinho branco à sua sobremesa. Peras ao vinho branco, doces que levam creme zabaione com vinho branco seco e até um mousse de vinho, são possibilidades deliciosas.

Mas, você pode explorar os vinhos tintos também, para ampliar os sabores das suas sobremesas.

Dá até água na boca, concorda?

Como combinar culinária e vinhos

vinho branco para cozinhar

Escolher o melhor vinho para cozinhar não é uma ciência exata. No entanto, é possível seguir algumas dicas simples para fazer o melhor casamento entre o rótulo e os ingredientes que você vai preparar.

Como os sabores são intensificados durante o cozimento ou na marinada, é bom ter em mente alguns detalhes.

Por exemplo, que tipo de vinho devo usar?

Vinho branco ou vinho tinto?

Escolher entre vinho branco ou vinho tinto depende do prato que você idealizou.

Caso decida por um vinho tinto, seria bom escolher por aqueles que são mais frutados, que não tenham taninos muito presentes e que não tenham passagem por madeira.

Caso contrário, é bem possível que seu prato seja dominado pelo sabor do vinho e você não tenha a presença dos outros ingredientes no paladar.

Algumas opções são os Merlot, Carménère e Pinot Noir. Mais à frente vamos falar mais um pouco sobre eles.

Já os vinhos brancos, são mais neutros. Nesse sentido, são conhecidos como coringas na culinária, como dissemos antes. Não têm o sabor tão forte e podem ser harmonizados com mais facilidade aos seus preparos.

Porém, é claro que é preciso estar atento à receita. Saiba que cada receita pede um vinho para equilibrar de alguma forma aquele prato.

Por isso, veja algumas sugestões a seguir.

Planejando o prato e a harmonização

Na hora de degustar um vinho branco, você pensa em harmonizá-lo com pratos mais leves e de gosto mais delicado, certo?!

Da mesma forma, quando pensar em um vinho para cozinhar, siga por esse mesmo caminho.

Sendo assim, lembramos mais uma vez, combine o seu vinho branco seco escolhido com peixes, frutos do mar, vegetais e aves.

Vinhos brancos para cozinhar

  • Sauvignon Blanc

Por serem vinhos brancos aromáticos e marcantes, vinhos produzidos com a Sauvignon Blanc são excelentes para ser usado no preparo de pratos que levam vegetais, frutos do mar e peixes.

Alguns vinhos varietais, produzidos somente com essa variedade de uva, além de harmonizarem perfeitamente na cocção do prato, acompanham muito bem a refeição, incluindo a salada.

  • Pinot Grigio

Essa é uma uva delicada e de sabor bem neutro. Ainda assim, as possibilidades de harmonização são muitas e os vinhos brancos com a Pinot Grigio podem ser usados em praticamente qualquer receita que leve vinho branco seco.

  • Chardonnay

Chardonnay é uma variedade de uva com mais personalidade. Pode apresentar sabores diferentes de acordo com a safra e produção.

Assim, os vinhos Chardonnay, conferem aos pratos uma textura mais densa e encorpada.

  • Riesling

Essa variedade resulta em vinhos com uma textura mais seca, mais encorpado que outras variedades de uvas e podendo exibir um aroma picante. Combina mais com comida indiana e algumas sobremesas.

Dessa forma, não é muito simples de harmonizar. Sendo assim, tenha cuidado se decidir por usar um Riesling no preparo de algum prato.

Vinhos tintos para cozinhar

Há muitas formas de se usar o vinho tinto também na cozinha. Sendo assim, escolha o que mais te agrada para fazer o teste.

Pode ser uma carne mais forte, como carnes vermelhas, filé e miúdos ou então risotos que levam linguiça, presunto e bacon ou algum outro ingrediente de sabor mais gorduroso e pesado.

Seja como for, o sabor do vinho não vai ofuscar e esconder os sabores dos ingredientes.

Uma grande cozinheira chamada Julia Child, citou uma receita que leva vinho tinto, dizendo que era um dos pratos mais deliciosos já criados pelo homem.

Ela estava falando de uma receita francesa que pede bastante vinho no preparo para dar cor e sabor, o Boeuf Bourguignon!

A princípio, são apenas cubos de carne vermelha, bovina, cozidas.

Porém, eles são cozidos, lentamente, imersos em vinho tinto seco e champignons.

Como fazer uma redução de vinho tinto

Além disso, você pode decidir por fazer uma redução, como comentamos antes.

Nesse caso, temos uma sugestão para os vinhos tintos: faça o processo normal para reduzir, deixando que o vinho ferva até ficar bem grosso.

Após isso, adicione um pouco de caramelo e caldo de carne.

Como resultado, você vai ter um líquido bem escuro que pode ser usado para formar fios grossos deliciosos, que podem ser usados na decoração do seu prato também. Dica de ouro, hein?!

Tipos de uvas e suas características nos preparos

Alguns tópicos atrás, comentamos sobre alguns tipos de vinho tinto que você pode escolher para a preparação do seu prato.

Portanto, vamos entender um pouco mais sobre as uvas que dão origem a esses vinhos.

  • Merlot

Merlot é uma uva com sabor de ervas e cerejas pretas, tem um sabor bem encorpado e macio. Sabemos que a harmonia para a mesa, também serve para o cozimento.

Sendo assim, aposte nos vinhos Merlot para o preparo de carnes, molhos e até massas.

  • Carménère

Essa uva linda, com uma cor vermelha profunda, puxando para o lilás, tem aromas de frutas vermelhas, terra e especiarias.

Apesar disso, tem taninos mais suaves e leves que a Cabernet Sauvignon.

Sendo assim, os vinhos Carménère vão bem no preparo de carnes vermelhas, com gosto mais fortes. Mas, também podem ser usados para cozinhar aves também.

  • Pinot Noir

Vinhos produzidos com uvas Pinot Noir, são os mais versáteis na hora de combinar sabores e harmonizar pratos.

Ou seja, eles podem ser incluídos nas mais variadas receitas, indo do frango assado até o molho para uma massa.

  • Bordeaux

Como sabemos, Bordeaux é um blend produzido com diferentes tipos de uvas. Mas, pode ser sim usado para cozinhar, principalmente carnes vermelhas.

Dessa forma, pode procurar por boas receitas e testar os diferentes sabores que esses vinhos dão aos preparos.

Posso usar Champagne para cozinhar?

Pode sim! Tanto as receitas salgadas quanto doces ficam deliciosas com um pouco de Champagne.

O leque de opções é bem abrangente e permite que você o inclua também no preparo de frango, risotos, filés de peixes.

No entanto, os doces não deixam a desejar. Gelatinas, bolos, geleias e trufas, ganham todo o glamour que a bebida traz.

Desde que você siga corretamente todo o processo de produção, é sucesso garantido!

E como harmonizar o prato com um vinho?

vinho branco para cozinhar

A regra é clara! Para acompanhar o prato preparado, sirva o mesmo vinho usado no cozimento.

Assim como houve um casamento perfeito com os ingredientes, eles vão se harmonizar perfeitamente no seu paladar.

Da mesma forma, se usar café ou cerveja no preparo de um prato, sirva a mesma bebida para acompanhar.

Conclusão

vinho branco para cozinhar

Hoje vimos mais uma possibilidade no mundo dos vinhos: usar vinhos brancos para cozinhar, bem como a versatilidade dessa bebida.

Aprendemos que os melhores vinhos brancos para preparos são os secos, já que os suaves podem deixar um aroma adocicado no prato.

Todavia, se o objetivo for mesmo esse, não tem problema nenhum usar um belo vinho branco suave.

Ao mesmo tempo, pudemos ver a diferença entre flambar e marinar, além de entender a importância do tempo de cozimento para que o álcool evapore e deixe o sabor certo no seu paladar.

Também demos espaço aos tintos e observamos algumas variedades interessantes na cozinha.

Se você gostou do conteúdo, compartilhe com seus amigos e visite os outros temas no nosso blog.

Disposto a saborear a receita ideal, veja as ofertas abaixo:

 

O Chardonnay chileno

Isla Seca Winemaker Selection Chardonnay Central Valley D.O. 2021:

Refrescante, leve e harmônico; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas tropicais, banana e pêssego maduro; Harmonização: Quibe de abóbora, macarrão cacio e pepe, ravióli de ricota

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Altivo Vineyard Selection Chardonnay 2019:

Corpo de leve para médio, boa acidez, frutado; Produtor: Finca Eugenio Bustos; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas amarelas frescas, nuances da madeira; Harmonização: Risoto caprese, galinhada, estrogonofe de bacalhau, espetinho de camarão, ravióli a camaresca, pizza quatro queijos

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

Ropiteau Frères Les Plants Nobles Chardonnay 2020:

Leve, frutados com traços amadeirados, elegante, suculento, acidez agradável que lhe confere bom frescor; Produtor: Ropiteau Frères; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Abacaxi, pera, pêssego, leve amadeirado, baunilha; Harmonização: Espaguete com manteiga de ervas, arroz de camarão, quiche lorraine, moqueca de legumes, crepe de frango com queijo

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Cruz Andina Reserva Sauvignon Blanc Orgânico 2020:

Um vinho equilibrado, com corpo de leve para médio, boa acidez, refrescante e com final longo e agradável; Produtor: Veramonte; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, notas florais e sutis toques vegetais; Harmonização: Filé de pescada ao molho de maracujá, pizza de abobrinha com queijo brie, espaguete ao pesto, arroz de mariscos

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio italiano

I Castelli Romeo e Giulietta D.O.C. Delle Venezie Pinot Grigio 2020:

Fresco, acidez vibrante, fácil de beber; Produtor: Cielo e Terra S.P.A.; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Aromas de crosta de pão e maçã verde; Harmonização: Espetinho de frango com bacon, quiche de alho poró com palmito, macarrão ao molho pesto com tomate cereja

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

Ropiteau Frères A.O.C. Mâcon-Villages Blanc 2020:

Leve, frutado com nuances minerais, acidez média, boa persistência; Produtor: Ropiteau Frères; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas como limão, frutas brancas como pera e melão, toques florais e herbáceos, sutis notas minerais; Harmonização: frango grelhado com legumes, arroz de mariscos, abobrinha recheada, saladas variadas e queijos moles

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

La Combe dOr I.G.P. Pays d’Oc Chardonnay 2020:

Um vinho jovem, frutado, leve, harmônico, com acidez agradável, refrescante e final persistente; Produtor: Vignobles & Compagnie; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas tropicais, abacaxi, maracujá e cítricas; Harmonização: Saladas em geral, caeser salad, tilápia grelhada com arroz negro, peixes gralhados, frango grelhado ao molho bechamel

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Nieto Senetiner Benjamin Chardonnay 2021:

Refrescante e frutado, com acidez equilibrada; Produtor: Nieto Senetiner; Teor alcoólico: 12,3%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aromas de maçã verde, abacaxi e banana; Harmonização: Carnes brancas, peixes, frutos do mar, aperitivos

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Fran Chardonnay 2021:

Acidez delicada e final agradável; Produtor: Nieto Senetiner; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas tropicais, como maracujá e abacaxi, e toques de baunilha; Harmonização: Paella, creme de abóbora, frango assado com ervas

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Altivo Classic Chardonnay 2020:

Leve, acidez agradável, frutado, jovem; Produtor: Finca Eugenio Bustos; Teor alcoólico: 12%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas amarelas frescas, frutas cítricas frescas, nuance de baunilha; Harmonização: Risoto caprese, camarão na manteiga, saladas, filé de frango com batatas, wrap de ricota e tomate, tabule

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio italiano

Antica Marca Villagio Dal 1818 Pinot Grigio Terre Siciliane IGT 2020:

Refrescante, frutado e vivaz; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Complexo, com aromas de maçã-verde, pera e toques de frutas cítricas; Harmonização: Espaguete ao molho pesto, legumes na brasa, salada de frutos do mar

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Playa Azul Winemaker Selection Sauvignon Blanc Central Valley D.O. 2021:

Frutado, harmonioso, refrescante, fácil de beber; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas brancas e cítricas, com toques florais; Harmonização: Carnes brancas, peixes e frutos do mar, aperitivos, queijos leves

Compre aqui

 


 

O Chardonnay italiano

Cantina Reale I.G.T. Veneto Chardonnay 2019:

Saboroso, elegante e equilibrado; Produtor: Botter; Teor alcoólico: 12%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Bouquet delicado e elegante de frutas frescas; Harmonização: Massa ao pesto, quiche de parmesão, mix de queijos e embutidos, risole de abobrinha

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio argentino

Partridge Unfiltered Pinot Gris 2021:

Frutado, floral e com boa acidez. Corpo médio e final prolongado; Produtor: Viña Las Perdices; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas, frutas amarelas, cítrico, floral; Harmonização: Rondelli de bacalhau, risoto de polvo, cestinhas de massa folhada com salada de feijão branco, tartar de peixe branco, quiche caprese, tiras de frango empanado

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Nieto Senetiner Chardonnay 2021:

Acidez refrescante, corpo cremoso e final prolongado; Produtor: Nieto Senetiner; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas tropicais, como abacaxi e manga, e notas de frutas cítricas e mel; Harmonização: Risotos, legumes grelhados, aperitivos, peixes

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc espanhol

M De Murviedro Sauvignon Blanc Valencia DOP 2019:

Fresco, frutado e elegante, com acidez equilibrada; Produtor: Bodegas Murviedro; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Aromas intensos de frutas tropicais e cítricas; Harmonização: Risoto de camarão, burrata ao molho pesto com tomates confit, ceviche de tilápia

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

Louis Chevallier Chardonnay 2020:

Sensação delicada em boca. Um vinho leve, fresco e frutado; Produtor: Louis Chevallier; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aromas complexos de frutas cítricas e exóticas, bem como nozes tostadas; Harmonização: Tilápia ao molho de alcaparras, moqueca de legumes, saladas, quiche espinafre com ricota

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc francês

La Combe Dor I.G.P. Pays d’Oc Sauvignon Blanc 2020:

Um vinho jovem, leve, frutado, harmônico, acidez agradável e refrescante; Produtor: Vignobles & Compagnie; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas e tropicais, toranja, manga; Harmonização: Frutos do mar, peixes, aves, paella, guacamole, saladas e como aperitivo

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Nieto Senetiner Fran Chardonnay 2021:

Acidez delicada e final agradável; Produtor: Nieto Senetiner; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas tropicais, como maracujá e abacaxi, e toques de baunilha; Harmonização: Saladas, aperitivos, frutos do mar

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc argentino

Bodega Norton Barrel Select Sauvignon Blanc 2021:

Complexo, estruturado, refrescante e frutado; Produtor: Bodega Norton; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de maçã-verde, frutas tropicais e ervas frescas; Harmonização: Ceviche de camarão, estrogonofe de brócolis, lombo assado com legumes

Compre aqui

 


 

O Chardonnay chileno

Calyptra Gran Reserva Chardonnay 2018:

Corpo de médio para encorpado, acidez agradável, amadeirado, final longo, intenso; Produtor: Calyptra; Teor alcoólico: 15%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Abacaxi, maçã, pêssego, nozes, baunilha, mel; Harmonização: Risoto de gorgonzola, filé de peixe com crosta de castanha, lombo de bacalhau, lula grelhada na manteiga, fettuccine à carbonara, pera e nozes, queijos duros

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Terrazas Reserva Chardonnay 2020:

Médio corpo, com bom volume em boca, cremoso no paladar, frutado, acidez média que lhe confere bom frescor, final longo e agradável; Produtor: Terrazas de los Andes; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Expressivos aromas de frutas amarelas, pera, toques de baunilha, sutis notas de castanhas torradas, mel e flores de laranjeiras; Harmonização: Lombo suíno ao molho de abacaxi, cação assado com batata e brócolis, peru recheado com farofa de abacaxi, empadão de palmito.

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

Domaine de Cibadiès Pegasus I.G.P. Pays dOc Chardonnay 2019:

Encorpado e com final longo; Produtor: Domaine de Cibadiès; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas; Harmonização: Peixe assado, almôndega de frango ao molho, lombo de porco ao molho de ervas, empadão de palmito, lasanha vegetariana, mix de queijos frescos

Compre aqui

 


 

O Chardonnay chileno

Foresta Winemaker Selection Chardonnay Central Valley D.O. 2020:

Frutado, delicado e harmonioso, com corpo leve e versátil; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Banana, pêssego maduro e frutas tropicais; Harmonização: Tabule com coalhada seca e quibe cru, peixes, quiches e saladas

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio italiano

Conte Fosco D.O.C. Delle Venezie Pinot Grigio 2020:

Suave, delicado e fresco; Produtor: Terre Cevico; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Notas de maçã, pera e cítricos; Harmonização: Entradas, frutos do mar e aves

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc francês

Côté Océan Sauvignon Blanc Atlanique IGP 2019:

Fresco, leve e com boa intensidade de fruta; Produtor: Tutiac; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Maracujá e abacaxi, e toques delicados de ervas; Harmonização: Peixe branco grelhado, saladas de folhas, risoto al limone

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Guanaco West Chardonnay 2021:

Harmonioso, agradável e frutado; Produtor: Agrovit Rural; Teor alcoólico: 12,8%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aromas cítricos, com notas de maçã-verde e pêssego; Harmonização: Empanadas de queijo, filé de peixe empanado, espaguete ao molho de camarão

Compre aqui

 


 

O Chardonnay italiano

Canceddi Chardonnay Sicilia DOC 2019:

Agradável e fresco; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas maduras e ervas frescas; Harmonização: Calamarata com lulas, peixe branco grelhado com cuscuz marroquino, camarão à Provençal

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc francês

Fat Bastard I.G.P. Côtes de Gascogne Sauvignon Blanc 2019:

Boa acidez, final longo e fresco; Produtor: Fat Bastard Wine Company; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Aromas elegantes de frutas cítricas e toranja; Harmonização: Robalo assado com legumes, abobrinha grelhada, massa recheada com queijo de cabra, saladas

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc uruguaio

Pueblo del Sol Sauvignon Blanc 2021:

Um vinho jovem, leve, com acidez presente e agradável, muito refrescante e harmonioso; Produtor: Pueblo del Sol; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutado, notas de frutas cítricas como lima e maracujá. Sutis notas de ervas frescas; Harmonização: Entradas e aperitivos. Também ideal para pratos da culinária vegetariana

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Finca Dorada Selección Especial Sauvignon Blanc 2021:

Frutado, leve, boa acidez e com final agradável; Produtor: VyF Wines; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas tropicais como lima e maracujá; Harmonização: Risoto de queijo, espetinho de camarão, espaguete ao pesto, tomates recheados, salada com molho cítrico, ceviche

Compre aqui

 


 

O Riesling brasileiro

Arbo Reservado Riesling:

Leve, refrescante e harmonioso; Produtor: Casa Perini; Teor alcoólico: 11%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Frutado cítrico com elegantes notas de flores brancas; Harmonização: Canapés, frutos do mar, peixes, carnes brancas e risotos leves

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Viña de Los Andes Chardonnay 2021:

Início doce, fresco, com final persistente; Produtor: Fecovita; Teor alcoólico: 11,8%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Delicado, com notas cítricas e tropicais marcantes; Harmonização: Saladas e aperitivos, pratos com molhos leves, queijos

Compre aqui

 


 

O Riesling alemão

Georg Breuer Charm Riesling 2020:

Perfeita harmonia entre vibrante acidez, notas minerais e leve teor de açúcar; Produtor: Georg Breuer; Teor alcoólico: 11,02%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Aromas frescos de lima, limão, algo de maracujá e pêssego; Harmonização: Aperitivos, salmão gravlax, queijos frescos e cozinhas orientais picantes

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Casas Del Bosque Winemakers Selection Sauvignon Blanc Valle de Casablanca D.O. 2021:

Equilibrado, refrescante, com acidez marcante; Produtor: Viña Casas Del Bosque; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intenso, com nuances de limão, pêssego, pimenta jalapeño e grama recém-cortada; Harmonização: Peixe à dorê com molho tártaro, ensopado de alcachofras, penne ao molho branco com ervilhas

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio italiano

Ziobaffa Pinot Grigio Terre Siciliane IGT 2021:

Corpo leve, equilibrado, refrescante e com final longo; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas como limão e abacaxi; Harmonização: Queijos leves, aperitivos

Compre aqui

 


 

O Chardonnay chileno

Casas Del Bosque Winemakers Selection Chardonnay Valle de Casablanca D.O. 2020:

Redondo, com acidez linear e vibrante, final longo e delicado; Produtor: Viña Casas Del Bosque; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Poderoso, com notas cítricas, flores de pêssego e maçã amarela; Harmonização: Queijo Brie empanado, moqueca de camarão, salada de feijão fradinho com mariscos

Compre aqui

 


 

O Riesling australiano

Heritage Road Riesling 2018:

Refrescante, equilibrado, levemente doce, com notas de limão; Produtor: McGuigan; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Aromas cítricos, com notas de frutas de caroço e toques florais; Harmonização: Legumes e vegetais assados, queijos frescos, peixes e frutos do mar

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

De Martino Reserva 347 Vineyards D.O. Casablanca Sauvignon Blanc 2018:

Muita acidez, refletindo muito frescor e leveza, persistência é longa e agradável; Produtor: De Martino; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas cítricas, vegetais e minerais intensas; Harmonização: Risoto de brócolis, aspargos grelhado, pizza de rúcula, batata frita com alecrim, macarrão com abobrinha e bacon frito, hambúrguer de peixe com maionese de ervas

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

Paul Lacroix Chardonnay 2020:

Agradável, elegante, generoso, equilibrado, refrescante e frutado; Produtor: Paquet Frères; Teor alcoólico: 12,4%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Expressivo, com notas de frutas e flores brancas, e toques amanteigados e de torradas; Harmonização: Salada de camarão, queijo Coalho, estrogonofe de brócolis

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc francês

Michel Lynch Sauvignon Blanc 2017:

Frutado, leve, boa acidez; Produtor: Domaines Jean-Michel Cazes; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas, cítrico, aspargo; Harmonização: Saladas diversas, risoto de camarão salteado, anéis de lula à dorê, pasta de ervas finas com torradinhas, dadinhos de tapioca com queijo-coalho, badejo assado com legumes grelhados

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

Ropiteau Frères A.O.C. Bourgogne Chardonnay 2019:

Bom corpo, boa acidez, untuoso, final longo; Produtor: Ropiteau Frères; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Abacaxi maduro, defumado, mineral; Harmonização: Truta com manteiga de ervas, lombo de porco ao champagne, lombo de bacalhau com crosta de amêndoas, ostras à portuguesa, espaguete com ouriço, queijos moles maturados

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Palafitos de Mar Semi Sweet Sauvignon Blanc 2021:

Fresco, acidez agradável e notas minerais; Produtor: Viña Fray Leon; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Flores brancas, frutas tropicais e um toque herbáceo; Harmonização: Frutos do mar, peixe assado com legumes, entradas, salada caesar, tartine de ricota cremosa com pesto e tomatinhos cereja, queijo camembert

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Calyptra Gran Reserva Sauvignon Blanc 2017:

Médio corpo, boa acidez, final longo, amadeirado; Produtor: Calyptra; Teor alcoólico: 15%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Maracujá maduro, melão, pera, baunilha, amadeirado; Harmonização: Risoto de lula, sashimi de peixe branco, moqueca de robalo com pirão, frango à cordon bleu, lasanha de alcachofra e gorgonzola, queijos frescos

Compre aqui

 


 

O Chardonnay chileno

Miguel Torres Gran Reserva Chardonnay 2019:

Possui certa untuosidade, médio corpo, frutado, amadeirado, acidez agradável; Produtor: Miguel Torres; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Abacaxi, pera, melão, baunilha, nuance defumada; Harmonização: Camarões flambados, risoto de bacalhau, filé de peixe recheado com mix de legumes, crepe de frango ao curry, quiche de alho poró, paella

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc americano

Dark Horse Sauvignon Blanc 2019:

Boa acidez, jovem, fresco; Produtor: Dark Horse; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, limão, toranja; Harmonização: Tilápia com molho de limão, risoto de alho poró, camarão, crepe de palmito, salada refrescante de folhas verdes, bruschetta de muçarela de búfala com tomate cereja

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc argentino

Partridge Unfiltered Sauvignon Blanc 2020:

Frutado, leve, boa acidez; Produtor: Viña Las Perdices; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Maracujá, pera, cítrico, aspargos, ervas; Harmonização: Sobrecoxa recheada com queijo, atum ao pesto, peixe frito, linguine com abobrinha e camarão, berinjela a role, salada de legumes grelhados

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc francês

Bouquet I.G.P. Pays dOc Sauvignon Blanc 2020:

Jovem, fresco e boa acidez; Produtor: Vignobles & Compagnie; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, limão, lima, toranja; Harmonização: Ceviche de tilápia, frutos do mar, queijo de cabra, saladas frescas de folhas e frutas com aspargos grelhados

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio australiano

The Drover Pinot Grigio 2020:

Fresco, com final limpo e agradável; Produtor: Dee Vine Estate; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Notas de limão, pera e maçã-verde; Harmonização: Frutos do mar, mozzarella de búfala, dadinho de tapioca

Compre aqui

 


 

O Chardonnay australiano

The Drover Chardonnay 2021:

Fresco, com toque amanteigado, e notas amadeiradas oriundas da passagem em carvalho; Produtor: Dee Vine Estate; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas cítricas; Harmonização: Tulipa de frango na brasa, lombo suíno, salada de folhas verdes

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio alemão

Ernst Loosen Pfalz Edition Pinot Gris 2019:

Leve, boa acidez, cítrico; Produtor: Ernst Loosen; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Gris (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas frescas, cítrico; Harmonização: Bobó de camarão na moranga, risoto de brócolis com parmesão, espetinho de legumes grelhados, espaguete de pupunha ao pesto, empada de alho-poró, tomate confit, queijo empanado

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc australiano

The Drover Sauvignon Blanc 2021:

Fresco, corpo médio, final longo; Produtor: Dee Vine Estate; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas de pitaia e maracujá maduros; Harmonização: Filé de linguado grelhado, batata frita, massa ao pesto de manjericão

Compre aqui

 


 

O Chardonnay chileno

Santa Alicia Reserva Chardonnay Estate Bottled Valle del Maipo 2020:

Frutado, rico e refrescante; Produtor: Viña Santa Alicia; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aroma de frutas, como abacaxi e coco, e notas de baunilha; Harmonização: Peixes, carnes brancas, queijos de massa mole

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc francês

Domaine Tariquet Sauvignon Blanc Côtes de Gascogne IGP 2020:

Elegante, agradável, refrescante, saboroso e frutado; Produtor: Château du Tariquet; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de frutas maduras e flores, com toques minerais; Harmonização: Peixe empanado com molho tártaro, salada de garra de caranguejo, filé de salmão defumado

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio italiano

Famiglia Castellani Pinot Grigio 2020:

Boa acidez, equilibrado e refrescante; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Frutas como limão, tangerina e maçã verde; Harmonização: Espaguete ao molho pesto, peixe assado

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

Baron Philippe de Rothschild I.G.P Pays dOc Chardonnay 2019:

Untuoso, fresco e com final saboroso; Produtor: Baron Philippe de Rothschild; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Notas florais, de pêssego, baunilha; Harmonização: Peixe grelhado, frutos do mar, espaguete ao molho Alfredo, lasanha de abobrinha, e queijos como brie

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc francês

Le Haut Païs Sauvignon Blanc Périgord IGP 2018:

Refrescante, frutado, saboroso; Produtor: Couleurs d’Aquitaine; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de toranja e limão; Harmonização: Carnes brancas, peixes e frutos do mar, aperitivos, queijos leves

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

Ropiteau Frères A.O.C. Pouilly-Fuissé Blanc 2019:

Elegante, delicado, corpo de leve para médio, acidez agradável, boa persistência; Produtor: Ropiteau Frères; Teor alcoólico: 9%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas, herbáceo, mineral, floral; Harmonização: Risoto de camarão, ostras frescas, camarão na manteiga, peixes grelhados, casquinha de siri, arroz de polvo

Compre aqui

 


 

O Chardonnay italiano

Capsula Viola Chardonnay 2019:

Fresco, equilibrado, saboroso e frutado; Produtor: Marchesi Antinori; Teor alcoólico: 10,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aromas delicados de maçãs-verdes e bananas maduras; Harmonização: Burrata com molho pesto, conchiglione de ricota com espinafre, polenta frita

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio italiano

Via Cassia Pinot Grigio Terre Siciliane IGT 2020:

Fresco, leve, acidez marcante; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Notas de maçã, pera, frutas cítricas, toque floral; Harmonização: Tagliatelle ao molho pesto, peixe assado com limão e salsa, moqueca de frutos do mar

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc francês

Domaine de Cibadiès Pegasus I.G.P. Pays dOc Sauvignon Blanc 2019:

Frutado, leve e acidez agradável; Produtor: Domaine de Cibadiès; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Pêssego, pera, abacaxi e toque cítrico; Harmonização: Espetinho de camarão, frango grelhado com legumes, salada com lascas de bacalhau, tabule, quiche de alho poró, espaguete ao molho branco

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

De Martino Sauvignon Blanc Valle de Casablanca D.O. 2020:

Corpo médio, acidez vibrante, textura macia e final delicado; Produtor: De Martino; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, maracujá, abacaxi e aspargos; Harmonização: Ostras, moqueca de peixe, queijo de cabra, massas ao pesto e carnes brancas

Compre aqui

 


 

O Riesling chileno

Cartagena D.O. San Antonio Valley Riesling 2020:

Vinho sedoso e com frescor na medida certa para equilibrar o açúcar residual; Produtor: Casa Marin; Teor alcoólico: 12%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Aromas de flor, camomila, pêssego e mel; Harmonização: Como aperitivo, ceviche, ostras, sopa de camarões picantes e leite de coco, carne com curry

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc romeno

La Crama Sauvignon Blanc:

Fresco e frutado; Produtor: The Iconic Estate; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Toranja, abacaxi, maçã, e equilibrado com delicadas notas minerais; Harmonização: Mariscos, peru com molho de pêssegos, salada de folhas verdes

Compre aqui

 


 

O Pinot Gris alemão

J. Meyer Pinot Gris Pfalz 2020:

Equilibrado, frutado e refrescante, com nuances de damascos maduros; Produtor: Moselland; Teor alcoólico: 12.5%; Uva: Pinot Gris (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de peras maduras, com toques florais; Harmonização: Risoto de brócolis com Parmesão, bobó de camarão na moranga, espaguete de pupunha ao pesto de manjericão

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio brasileiro

Alísios Pinot Grigio 2021:

Fresco, macio, com acidez equilibrada e boa intensidade de fruta; Produtor: Miolo Wine Group; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Pêssego abacaxi e flores brancas; Harmonização: Queijo coalho, risoto de frutos do mar, torta de legumes, moqueca de banana da terra

Compre aqui

 


 

O Chardonnay sul-africano

Pearly Bay Dry White Crisp & Fruity:

Frutado, refrescante e com dulçor equilibrado; Produtor: KWV; Teor alcoólico: 12%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas tropicais como abacaxi, pêssego e manga; Harmonização: Quiche de legumes, risoto de queijo e salada de frutas

Compre aqui

 


 

O Riesling alemão

J. Meyer Riesling Pfalz 2020:

Paladar leve, vívido, refrescante e frutado; Produtor: Moselland; Teor alcoólico: 12%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Perfume fresco e frutado, com notas cítricas e de maçã-verde; Harmonização: Samosa de vegetais, cogumelo recheado, couve-flor gratinada

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Alpha Austral Single Vineyard Selection Sauvignon Blanc Central Valley D.O. 2021:

Fresco, leve, com uma acidez deliciosa e final longo; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Abacaxi, maracujá e pêssego, e toques florais; Harmonização: Ceviche, queijo de Cabra, salada Caesar

Compre aqui

 


 

O Riesling alemão

Ernst Loosen Private Reserve Riesling 2020:

Um vinho leve, com acidez presente, agradável e equilibrada. Notas cítricas e mineral; Produtor: Ernst Loosen; Teor alcoólico: 12%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Um vinho bem aromático com notas de frutas cítricas amarelas e presença mineral; Harmonização: Peixe ao forno com legumes, camarão empanado, salada de folhas com salmão, arroz de frutos do mar, bolinho de bacalhau, galeto recheado

Compre aqui

 


 

O branco Sauvignon Blanc do Vale Central

La Perla Single Vineyard Sauvignon Blanc Central Valley D.O. 2021:

Frutado, harmonioso, refrescante, fácil de beber; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas brancas e cítricas, com toques florais; Harmonização: Carnes brancas, peixes e frutos do mar, aperitivos, queijos leves

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Punta Negra Wines of Belhara Chardonnay 2019:

Leve, refrescante, frutado e equilibrado; Produtor: Belhara Estate; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Notas de pêssego com toques de frutas cítricas; Harmonização: Frango xadrez, risoto ao funghi, moqueca de camarão

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Fauna Single Vineyard Selection Sauvignon Blanc Central Valley D.O. 2021:

Fresco, harmonioso, frutado, boa acidez; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas como abacaxi e limão siciliano; Harmonização: Vinagrete de polvo, comida árabe, peixe branco à belle meunière

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio italiano

ZioBaffa Pinot Grigio 2020:

Corpo leve, equilibrado, refrescante e com final longo; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas como limão e abacaxi; Harmonização: Queijos leves, aperitivos

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

Domaine Tariquet Chardonnay Côtes de Gascogne IGP 2020:

Rico, redondo, refrescante e frutado, com caráter floral e amanteigado; Produtor: Château du Tariquet; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas brancas e manteiga fresca, com leve toque de flores e baunilha; Harmonização: Peixes grelhados com legumes, risoto funghi com alho poró, queijos leves

Compre aqui

 


 

O blend espanhol

Toro Loco D.O.P. Utiel-Requena Viura Sauvignon Blanc 2019:

Leve, fresco, cítrico, fácil de beber; Produtor: BVC Bodegas; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc e Viúra (vinho blend); Nariz: Frutas brancas, frutas cítricas, floral; Harmonização: Risoto de limão siciliano, lula a dore com guacamole, supremo de frango, saladas diversas, cuscuz de legumes, e queijos frescos

Compre aqui

 


 

O Chardonnay espanhol

Bodegas Alcardet Correcto Chardonnay 2020:

Equilibrado, fresco, e com estrutura devido ao seu envelhecimento em borras; Produtor: Bodegas Alcardet; Teor alcoólico: 12%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aromas frescos e tropicais, com notas de flores brancas e vegetais; Harmonização: Risoto de funghi, salmão grelhado, mariscos

Compre aqui

 


 

O Chardonnay americano

Frei Brothers Reserve Chardonnay 2017:

Bom corpo, boa acidez, final agradável; Produtor: Frei Brothers; Teor alcoólico: 13,9%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Lima, maçã-verde, baunilha; Harmonização: Risoto de bacalhau, ceviche de linguado, camarão cremoso na moranga, bruschetta de atum defumado, palmito gratinado com parmesão e queijos frescos

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio italiano

Grigio Reale Pinot Grigio delle Venezie DOC 2020:

Fresco, frutado e leve; Produtor: Angelo Rocca e Figli Srl; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Aroma fresco de pera, maçã verde e pêssego branco; Harmonização: Saladas, peixes e sopas

Compre aqui

 


 

O Chardonnay chileno

Echeverria Reserva Unwooded Chardonnay 2020:

Refrescante, suculento, sedoso, vibrante e com final longo; Produtor: Viña Echeverría; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de abacaxi, melão maduro, pêssego e baunilha; Harmonização: Risoto ao funghi, frango xadrez, moqueca de camarão

Compre aqui

 


 

O Chardonnay francês

Ropiteau Frères A.O.C. Pouilly-Fuissé Blanc 2018:

Elegante, delicado, corpo de leve para médio, acidez agradável, boa persistência; Produtor: Ropiteau Frères; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas, herbáceo, mineral, floral; Harmonização: Ostras frescas, casquinha de siri, camarão na manteiga, peixes grelhados, arroz de polvo, risoto de camarão

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Pirueta Chardonnay 2020:

Corpo leve, fresco com boa intensidade de fruta; Produtor: Fecovita; Teor alcoólico: 13,4%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Pêssego, nectarina, abacaxi e maçã-verde; Harmonização: Salada de camarão, peixe assado, ravioli ao molho branco

Compre aqui

 


 

O Chardonnay italiano

Tormaresca Fichi d’India Chardonnay Salento 2019:

Fresco e vibrante, com sabor frutado e boa acidez no final; Produtor: Villa Antinori; Teor alcoólico: 12%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aroma de frutas, como pêssegos brancos, com notas de flores de amêndoa, tomilho, e lavanda; Harmonização: Peixes, saladas e aperitivos

Compre aqui

 


 

O Pinot Grigio chileno

Viña Carrasco D.O. Valle Central Pinot Grigio 2020:

Leve, boa acidez, final agradável; Produtor: LFE Wines – Luis Felipe Edwards; Teor alcoólico: 13%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, maçã verde, pera; Harmonização: Espetinho de camarão, peixe frito, canelone de ricota, estrogonofe de frango, salada caprese, sanduíche de queijo

Compre aqui

 


 

O Chardonnay chileno

Canepa Novísimo Chardonnay 2019:

Leve, boa acidez, frutado; Produtor: Viña Canepa; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Pera, abacaxi, pêssego, cítrico; Harmonização: Peixe assado com legumes, wrap de peito de peru, quiche de alho-poró, massa com molho branco, couve flor gratinada, queijos frescos

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc francês

Roche Mazet Sauvignon Blanc 2019:

Equilibrado, macio e refrescante; Produtor: Grupo Castel; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de flores brancas e frutas cítricas; Harmonização: Salada de abobrinha, queijos suaves, peixes e frutos do mar

Compre aqui

 


 

O Chardonnay espanhol

Dinastia Manzanos Navarra Chardonnay:

Frutado, estruturado e muito equilibrado, com boa acidez e ótima persistência; Produtor: Manzanos; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas maduras com toques florais e minerais; Harmonização: Aperitivos, frutos do mar e mariscos, peixes grelhados, vegetais

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc argentino

Killka Sauvignon Blanc 2020:

Suave, acidez marcada e fresco; Produtor: Bodegas Salentein; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, limão, casca de laranja; Harmonização: Tilápia ao molho de alcaparras, espetinho de camarão, frutos do mar, chips de abobrinha, isca de frango, salada de rúcula com tomate cereja

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Partridge Flying Chardonnay 2020:

Frutado, leve, acidez agradável, amadeirado; Produtor: Viña Las Perdices; Teor alcoólico: 14%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas amarelas maduras, leve amadeirado; Harmonização: Moqueca de cação, risoto de pera com brie, canelone de berinjela com ricota, salada tropical, iscas de peixe com molho tártaro, queijos frescos

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Baron Philippe de Rothschild Mas Andes Sauvignon Blanc 2019:

Fresco, com boa acidez e final longo; Produtor: Baron Philippe de Rothschild; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Toranja e limão, damasco branco e flores brancas; Harmonização: Prato de frutos do mar, caranguejo recheado, aperitivo, frango com estragão

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc francês

Baron Philippe De Rothschild I.G.P Pays Doc Sauvignon Blanc 2019:

Fresco, frutado e boa acidez; Produtor: Baron Philippe de Rothschild; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas cítricas, lima, limão; Harmonização: Camarões grelhados, truta defumada, mexilhões em vinho branco, queijo de cabra

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay de Borgonha

Ropiteau Frères Premier Cru A.O.C. Chassagne-Montrachet 2017:

Bom corpo, boa acidez, untuoso, final longo; Produtor: Ropiteau Frères; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Abacaxi maduro, defumado, mineral; Harmonização: Lombo de bacalhau com crosta de amêndoas, ostras à portuguesa, lombo de porco ao champagne, truta com manteiga de ervas, espaguete com ouriço, queijos moles maturados

Compre aqui

 


 

O Chardonnay chileno

Calyptra Vivendo Reserve D.O. Alto Cachapoal Chardonnay 2018:

Leve, cítrico, boa acidez, bom final; Produtor: Calyptra; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas, frutas cítricas, frutas amarelas, floral; Harmonização: Bolinho de risoto, moqueca de camarão, crepes variados, espaguete com molho branco, bruschettas e canapés, quiche de espinafre

Compre aqui

 


 

O blend australiano

Miles from Nowhere Sauvignon Blanc Semillon 2019:

Fresco, vivo e com um toque de mineralidade; Produtor: Grape Expectations Estates; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Sémillon e Sauvignon Blanc (vinho blend); Nariz: Frutas cítricas, frutas tropicais, flores brancas; Harmonização: Casquinha de siri, ceviche de frutos do mar, bruschetta de tomate seco com muçarela de búfala, linguini com molho chilli, tabule

Compre aqui

 


 

O Savagnin francês

Domaine Maire & Fils Vin Jaune A.O.C. Arbois Blanc 2012 620mL:

Frutas secas, nozes, curry, maçã verde, médio corpo, complexo, acidez agradável, final persistente, exuberante, untuoso; Produtor: Domaines Henri Maire; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Savagnin (vinho varietal); Nariz: Maçã assada, frutas cristalizadas, curry, açafrão, nozes, mel; Harmonização: É para ser apreciado sozinho, como vinho de meditação, ou com os pratos a seguir: escargot com manteiga de ervas, porco chinês, Pad Thai, gougères, bruschetta de cogumelos, queijos como Comté, gorgonzola ou roquefort

Compre aqui

 


 

O Chardonnay argentino

Terrazas Reserva Chardonnay 2019:

Médio corpo, acidez agradável, frutado, leve amadeirado; Produtor: Terrazas de los Andes; Teor alcoólico: 14%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas amarelas, cítrico, baunilha; Harmonização: Mariscada, bacalhau ao forno, filé de peixe empanado, quiche de frango com palmito, gratinado de batatas com salmão defumado, queijos frescos

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Paine Sauvignon Blanc 2020:

Leve, fresco, frutado; Produtor: VyF Wines; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas, frutas amarelas, ervas frescas; Harmonização: Camarão empanado, bolinho de arroz com queijo, espetinho de frango com legumes, torta fria de frango, couve flor gratinada, lasanha de peito de peru e queijo branco

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc chileno

Urmeneta Sauvignon Blanc 2020:

Leve, frutado, refrescante; Produtor: Urmeneta; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas amarelas frescas, cítricas; Harmonização: Ravióli de ricota e nozes, espetinho de camarão, risole de queijo, torta salgada, bolinho de arroz, quiche de queijo

Compre aqui

 

Comentários:

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados:

Os 8 principais produtores da Cabernet Sauvignon
Hoje vamos falar sobre a rainha das uvas tintas: a Cabernet Sauvignon. Essa uva incrível, como mostra o...
Temperos e especiarias - Como combiná-los com vinhos?
Combinar temperos e vinhos não é tão difícil e podemos provar! Confira as características mais marcantes e os...
Azeites - Harmonização com vinhos e benefícios à saúde 5
Saber usar bons azeites faz toda a diferença na hora de cozinhar. Mas, tão importante quanto entender a...
Como fazer vinho quente? 8 Receitas incríveis!
O friozinho de junho pede por vinho quente, seja de vinho tinto ou branco Inverno, frio, festa junina,...
Tournedo Rossini - Receitas e harmonização com vinhos
Mais espesso que o medalhão, o Tournedo Rossini é um clássico francês que ganhou o mundo Como um...
Cupom de descontos em vinhos especiais para pessoas especiais
Cupom de desconto em vinhos – Como usar? QUERODENOVO – 5% OFF Válido somente para compras e acima...