Vinho Sauvignon Blanc - sabores raros e prediletos dos conhecedores de vinho

Publicado em:

Vinho Sauvignon Blanc - sabores raros e prediletos dos conhecedores de vinho

Como é o sabor?

– Groselha , Maracujá, Citrino, Pera, Grama recém-cortada e Tropical

Onde é cultivada?

Vale do Loire | Bordeaux | Nova Zelândia | Austrália | África do sul | Chile

Que estilo de vinho branco faz o Sauvignon Blanc?

Picante e perfumado, o Sauvignon Blanc é provavelmente a variedade de vinho branco mais popular do mundo no momento. Mas enquanto o estilo Sauvignon neozelandês de frutas tropicais adorna todas as listas de vinhos do país, vale a pena descobrir que há muito mais nessa variedade de uva aromática do que Marlborough.

Sauvignon Blanc

A uva Sauvignon Blanc de amadurecimento precoce produz brancos secos caracterizados por um caráter puro, picante e herbáceo.

Onde devo começar com Sauvignon Blanc?

Velho Mundo: Em geral, o Sauvignon Blanc é usado para fazer vinhos secos, distintos por sua acidez fresca e perfume agradável. Em climas mais frios, os vinhos geralmente têm notas cítricas e minerais combinadas com um caráter de urtiga verde (Loire e Bordeaux). O envelhecimento do carvalho, a agitação das borras (as borras são leveduras naturais remanescentes da fermentação) e a fermentação malolática (um processo químico que transforma o ácido málico em ácido lático cremoso macio) também pode produzir Sauvignons arredondados, ricos e completos (método muito usado em Graves e Pessac). Em Léognan, na região de Bordeaux, quando misturados com a uva Sémillon podem ser usados ​​para criar os deliciosos vinhos doces Sauternes e também da região Barsac.

Novo mundo: você encontrará aqueles sabores distintos de frutas maduras e groselhas em climas mais quentes do Novo Mundo (Chile, Nova Zelândia e Austrália).

Na sua terra natal, no Vale do Loire, na França, o Sauvignon Blanc apresenta seu caráter aromático e acidez refrescante no seu melhor, na forma de vinhos puros e picantes.

A outra região importante na França para Sauvignon Blanc de alta qualidade é Bordeaux. É aqui que a variedade se encontra com o seu frequente parceiro de mistura, o Sémillon, criando os melhores vinhos doces do mundo. Além de boas quantidades de vinhos brancos secos e frescos.

Fora do mundo antigo, o Sauvignon Blanc encontrou sua segunda casa na Nova Zelândia. Especificamente na região de Marlborough, cujos vibrantes e pungentes vinhos ajudaram a colocar esse país no mapa da produção de vinho na década de 1980. Também é encontrado nas regiões mais frias, com influência marítima, da Austrália, África do Sul e Chile.

Regiões

Vale do Loire

O ponto focal da produção de Sauvignon Blanc no Vale do Loire, tanto em termos de qualidade quanto de quantidade, são as Vinhas Centrais. Lar das renomadas denominações de Sancerre e Pouilly-Fumé, é aqui que os aromáticos distintos talvez sejam exibidos da melhor maneira possível, em parte graças aos solos calcários ricos em minerais, mas também ao clima.

Vinho Sauvignon Blanc - sabores raros e prediletos dos conhecedores de vinho - Vinhas em Sancerre, Vale do Loire, França

Vinhas em Sancerre, Vale do Loire, França – Fonte: Picfair

O clima do vale é particularmente adequado para retardar o amadurecimento da videira, permitindo que a uva tenha mais tempo para desenvolver um equilíbrio entre sua acidez e os níveis de açúcar; chave para o desenvolvimento de aromas intensos.

Diz-se que os solos calcários de Pouilly-Fumé conferem um caráter frágil aos vinhos.

Nas margens do rio Loire, Sancerre e Pouilly-Fumé oferecem vinhos brancos frescos, herbáceos, secos e com sabor apetitoso. As qualidades refrescantes, combinadas com o fato de raramente serem submetidas ao envelhecimento em carvalho, fazem deste um vinho ideal para apreciar em toda a sua frescura juvenil. Ideal para peixes, Sancerre também é particularmente adequado ao queijo de cabra local.

O sucesso dessas denominações, particularmente na década de 1970, tem uma desvantagem em que os preços podem ser altos e a qualidade é variável, pois nem todos os vinhos têm o nome digno do preço elevado. Aqueles que procuram vinhos de estilo semelhante, que são mais fáceis no bolso, podem querer recorrer à denominações como Quincy, Reuilly e Menetou-Salon. Os vinhos apresentam os mesmos aromáticos refrescantes e herbáceos, sustentados por uma boa espinha dorsal da acidez, mas talvez tenham um pouco menos de delicadeza.

A jusante (oeste) de Sancerre é a região de Touraine e outra maior concentração de videiras de Sauvignon no vale. Aqui, um estilo de vinho mais delicado e leve pode ser encontrado com atraentes aromas florais, juntamente com as principais características herbáceas.

Bordeaux

Embora famosa por sua produção de vinhos tintos dignos da idade, Bordeaux também produz alguns vinhos brancos secos e doces igualmente dignos de nota, com Sauvignon em sua base. O foco da produção de vinho branco seco está na região de Entre-Deux-Mers, uma parcela de terra “entre os dois mares” dos rios Garonne e Dordogne, junto com Graves e Pessac-Léognan, localizados na margem esquerda.

Significativamente, é aqui em Bordeaux que o Sauvignon se junta ao seu parceiro de mistura mais frequente, o Sémillon, juntamente com doses menores de Muscadelle. Entre-Deux-Mers é o lar de brancos misturados, secos e cujas uvas são colhidas cedo, que exibem traços do sabor picante, cítrico e acidez de Sauvignon, casados ​​com o corpo e a substância de Sémillon – sendo a soma maior do que as partes individuais.

Graves e Pessac-Léognan, localizados ao sul de Médoc, acrescentam mais um toque ao arco de Sauvignon na forma de envelhecimento em carvalho. Como um vinho de variedade única, o Sauvignon mostra seu sabor fresco e picante quando não está embebido. No entanto, quando misturado com Sémillon, a adição de corpo e substância extras resulta em um vinho que pode assumir características da idade do carvalho. O envelhecimento suave do barril proporciona um vinho mais duradouro, com corpo e aromas e sabores sutis, torrados e nozes.

Finalmente, para completar a lista dos muitos disfarces de Sauvignon em Bordéus, chegamos a Sauternes e Barsac, onde são produzidos alguns dos melhores, doces e duradouros vinhos doces. A mistura geralmente compreende até 80% de Sémillon, com Sauvignon e Muscadelle ocupando mais um assento traseiro, principalmente devido à pele fina do Sémillon e, portanto, sua suscetibilidade à podridão nobre. Sauvignon salva o dia adicionando sua frescura e acidez essenciais para equilibrar os sabores ricos e amplos de sémillon e ajudar a dar longevidade ao vinho. Os vinhos são deliciosos, viscosos e ricos com a doçura bem equilibrada pela alta acidez. As notas cítricas são acompanhadas por aromas e sabores de marmelada e casca de laranja, um sabor clássico resultante da podridão nobre.

Nova Zelândia

Embora os tradicionalistas possam argumentar que o Vale do Loire é o coração do Sauvignon, os produtores de vinho da Nova Zelândia podem argumentar que foram eles que realmente colocaram o Sauvignon Blanc no mapa.

A Nova Zelândia pegou essa variedade de uva branca e colocou seu próprio selo brilhantemente picante, criando um estilo de vinho que nunca havia sido visto antes e que muitos agora tentam imitar. Os melhores tendem a ser desembaraçados, combinando deliciosos sabores de frutas tropicais com acidez viva e de sabor fresco e uma franqueza que os torna especialmente satisfatórios. A região de Marlborough, na ilha sul, define o ponto de referência com seus vinhos pungentemente aromáticos, com aromas e sabores distintos de groselha.

Marlborough, Nova Zelândia: as videiras que lançaram mil garrafas.

Nos últimos anos, tem havido muito interesse nas emocionantes sub-regiões de Marlborough, à medida que os produtores aprendem mais sobre os diferentes terroirs e produzem habilmente vinhos para expressá-los. O Vale do Rio Awatere é uma localidade ideal de Marlborough, com o frio no ar criando Sauvignons muito atraentes e delicados.

Austrália

A chave para a qualidade Sauvignon Blanc da Austrália é a temperatura; quanto mais frio, melhor. A região isolada da Austrália Ocidental oferece exatamente essas condições em Margaret River, em particular. Aqui, a influência do resfriamento do sul do Oceano Índico tempera o calor, criando um clima não muito diferente do de Bordeaux. E como Bordeaux, a região produz brancos elegantes no estilo Graves a partir de misturas de Sauvignon-Sémillon. Os vinhos varietais retos são menos comuns, mas, quando produzidos, produzem vinhos mais suaves e sutis do que os de kiwi, mas com mais sabores de frutas tropicais do que se pode encontrar em Sancerre ou Pouilly-Fumé.

África do Sul

As melhores regiões para a produção de Sauvignon na África do Sul também são as que são resfriadas pelos oceanos. Constantia, localizado na Península do Cabo, é perfeitamente adequado; virtualmente cercado por dois oceanos, possui um clima marítimo forte. Os sabores de frutas tropicais são combinados com aromas pungentes e flores de sabugueiro, juntamente com a distinta qualidade herbácea do Sauvignon.

Stellenbosch e Elgin, ambos a leste da Cidade do Cabo, ganham seu clima frio tanto pela altitude (vinhas nas encostas) quanto pela brisa do mar dominante. Os sauvignons são alguns dos mais maduros, em termos de sabor de frutas, com vibração e acidez a condizer.

Chile

Com o deserto de Atacama no norte e a Antártica no sul, o Chile abrange todos os tipos de clima na terra. Sua graça salvadora, em termos de cultivo de videira, vem na forma do Oceano Pacífico. A corrente de Humboldt traz consigo neblinas e brisas do mar que, onde as montanhas são baixas o suficiente, podem se deslocar para o interior, trazendo um alívio bem-vindo ao amadurecimento das uvas.

Surpreendentemente, as regiões mais frias são encontradas no norte, onde essa influência oceânica é maior. Os dois vales de Elqui e Limarí, com seus solos calcários, produzem um Sauvignon mais parecido com o primo do Vale do Loire. Refrescante e fresco, com aromas intensos de groselha e flor de sabugueiro, esse estilo se distancia dos sabores mais tropicais da Austrália e da África do Sul. As temperaturas frias da noite ajudam a reter a acidez acentuada, proporcionando uma bebida de dar água na boca.

Vinho Sauvignon Blanc - sabores raros e prediletos dos conhecedores de vinho - Vinhas no Vale do Limarí, Chile

Vinhas no Vale do Limarí, Chile – Fonte: The Drinks Business

O vale de Leyda, ao sul da região vinícola de Casablanca, oferece vinhos igualmente frescos. Os aromas e sabores de groselha e urtiga, mais comuns no hemisfério norte, são aprimorados pelo ambiente fresco de crescimento.

Harmonizações

Sauvignon Blanc é o vinho favorito de muitas pessoas, mas que tipo de comida combina melhor com ele?

Assim como em outras variedades de uvas, seu estilo varia acentuadamente de uma parte do mundo para outra – dos brancos nítidos do Loire aos exuberantes sabores de groselha e maracujá dos Sauvignons da região de Marlborough, na Nova Zelândia.

Embora muitos sejam intercambiáveis ​​no que diz respeito a combinações de alimentos, outros são adequados a tipos específicos de pratos e ingredientes

Sauvignon Blancs minerais

Por exemplo: Sancerre, Pouilly Fumé e Sauvignon Blanc da Tasmânia

Esse é o estilo que eu combinaria com ingredientes simples e pouco condimentados, como mariscos crus e levemente cozidos, como ostras e camarões com casca, caranguejo fresco e peixe grelhado, como robalo.

Eles também combinam com pratos que contêm tomate cru ou mal cozido, como gaspacho, consomê de tomate ou vinagrete de tomate e queijos de cabra jovem – ou saladas que contêm queijo de cabra e têm afinidade com ervas frescas, especialmente endro

E esse estilo de Sauvignon é uma boa combinação de vinhos com pratos japoneses, como sushi e sashimi, dim sum frito e cozido no vapor com frutos do mar e salmão defumado, principalmente se a fumaça for delicada.

Sauvignon Blancs cítricos

Por exemplo: Bordeaux branco sem cobertura, Sauvignon Blanc de Adelaide Hills e chileno Sauvignon Blanc.

Cai bem no gosto esse estilo mais cítrico com peixe grelhado, especialmente peixes oleosos como sardinha e cavala, grandes camarões com alho e lulas grelhadas. Eles também combinam bem com peixe frito como goujons, isca branca e peixe e batatas fritas e com frango ou cordeiro simplesmente grelhado (sem uma marinada poderosa)

Em termos de culinária étnica, eles funcionam bem com comida grega e mexicana e outros pratos de sabor fresco com abacates, tomates, cebolas verdes, azeitonas e queijos afiados como fetta (embora tenha cuidado para não neutralizar seu caráter com molhos com excesso de limão)

Eles também combinam bem com queijos aromatizados com alho e ervas como Le Roulé e Boursin. E este, a meu ver, é o melhor tipo de Sauvignon Blanc para beber com alcachofras.

Misturas aromáticas / gramíneas / Sauvignon ‘herbáceas’ e misturas de Sauvignon

Por exemplo, Sauvignon Blanc da Nova Zelândia e vinhos de regiões mais frias de outros lugares, como a região Elgin da África do Sul

É um par ideal com saladas, especialmente se eles contêm frutos do mar e / ou ingredientes “gramados”, como aspargos, brotos de ervilha, pimentão verde e ervas.

Vinho Sauvignon Blanc - sabores raros e prediletos dos conhecedores de vinho - Sauvignon Blanc pareando com salada

Sauvignon Blanc pareando com salada – Fonte: Decoy Wines

Você pode tomá-los com pratos semelhantes aos Sauvignon Blancs minerais, mas onde os sabores são mais pronunciados, por exemplo, frutos do mar com sabores do sudeste asiático, como limão, pimenta e coentro ou bolos de peixe tailandeses. Experimente-os com sopas e pratos de ervilha acompanhados por purê de ervilha também.

Você pode tomá-los também com carnes brancas, como frango ou vitela, especialmente se acompanhadas de molho cremoso ou com legumes da primavera, como aspargos e ervilhas. Pratos de macarrão com legumes da primavera e molhos amanteigados ou cremosos também funcionam bem.

Também servem salmão grelhado ou frito, vieiras e peixes levemente defumados, como enguia defumada e truta.

Referências:

– www.thewinesociety.com/grapes-sauvignon-blanc
– www.matchingfoodandwine.com/news/pairings/best-food-pairings-for-sauvignon-blanc/

Vinho Sauvignon blanc – para apreciar, compre abaixo:

 

O francês do Vale do Loire

Maison Castel Pouilly Fumé AOC 2020:

Vivaz, complexo, persistente e frutado; Produtor: Maison Castel; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas cítricas com nuances minerais; Harmonização: Caldeirada de peixe com açafrão, espaguete ao molho pesto, lombo de porco assado com batatas

Compre aqui

 


 

O argentino de Mendoza

Partridge Unfiltered Sauvignon Blanc 2021:

Frutado, leve, com boa acidez e elegante frescor; Produtor: Viña Las Perdices; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intensos aromas de frutas tropicais como manga, maracujá e pomelo, com tênues toques minerais, notas de aspargos e ervas; Harmonização: Peixe frito, atum ao pesto, linguine com abobrinha e camarão, sobrecoxa recheada com queijo, berinjela a role, salada de legumes grelhados, salada grega, queijo brie

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale do Atacama

Ventisquero Grey Single Block Valle de Atacama Sauvignon Blanc 2020:

Na boca é um vinho muito estruturado, frutado com nuances minerais, volumoso, acidez vibrante, refrescante, final limpo e persistente; Produtor: Viña Ventisquero; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Aromas cítricos, especiarias como pimenta verde, toques herbáceos e notas salinas; Harmonização: Peixe assado com limão e ervas frescas, risoto de limão siciliano, arroz de mariscos, queijos cremosos

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Ímpetu DO Valle Central Sauvignon Blanc 2021:

Um vinho jovem, leve, frutado, com acidez equilibrada e refrescante; Produtor: Viña San Pedro; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas tropicais amarelas, frutas cítricas, herbáceo; Harmonização: Bolinho de bacalhau, coxinha de frango com catupiry, espaguete ao molho branco, ceviche, legumes grelhados

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale do Curicó

Cuna del Sol Reserva Sauvignon Blanc 2019:

Fresco, equilibrado, boa acidez e final persistente; Produtor: Viña Siegel; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, tropicais e um toque herbáceo; Harmonização: Como aperitivo, com mariscos, tilápia grelhada com legumes, isca de peixe, frutos do mar, wrap vegetariano, salada niçoise

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale do Casablanca

Cruz Andina Reserva Sauvignon Blanc Orgânico 2020:

Um vinho equilibrado, com corpo de leve para médio, boa acidez, refrescante e com final longo e agradável; Produtor: Veramonte; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, notas florais e sutis toques vegetais; Harmonização: Filé de pescada ao molho de maracujá, pizza de abobrinha com queijo brie, espaguete ao pesto, arroz de mariscos

Compre aqui

 


 

O espanhol de Valência

M De Murviedro Sauvignon Blanc Valencia DOP 2019:

Fresco, frutado e elegante, com acidez equilibrada; Produtor: Bodegas Murviedro; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Aromas intensos de frutas tropicais e cítricas; Harmonização: Risoto de camarão, burrata ao molho pesto com tomates confit, ceviche de tilápia

Compre aqui

 


 

O francês de Languedoc-Roussillon

La Combe Dor I.G.P. Pays d’Oc Sauvignon Blanc 2020:

Um vinho jovem, leve, frutado, harmônico, acidez agradável e refrescante; Produtor: Vignobles & Compagnie; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas e tropicais, toranja, manga; Harmonização: Frutos do mar, peixes, aves, paella, guacamole, saladas e como aperitivo

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Playa Azul Winemaker Selection Sauvignon Blanc Central Valley D.O. 2021:

Frutado, harmonioso, refrescante, fácil de beber; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas brancas e cítricas, com toques florais; Harmonização: Carnes brancas, peixes e frutos do mar, aperitivos, queijos leves

Compre aqui

 


 

O francês de Sud Ouest

Côté Océan Sauvignon Blanc Atlanique IGP 2019:

Fresco, leve e com boa intensidade de fruta; Produtor: Tutiac; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Maracujá e abacaxi, e toques delicados de ervas; Harmonização: Peixe branco grelhado, saladas de folhas, risoto al limone

Compre aqui

 


 

O argentino de Mendoza

Bodega Norton Barrel Select Sauvignon Blanc 2021:

Complexo, estruturado, refrescante e frutado; Produtor: Bodega Norton; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de maçã-verde, frutas tropicais e ervas frescas; Harmonização: Ceviche de camarão, estrogonofe de brócolis, lombo assado com legumes

Compre aqui

 


 

O uruguaio de Canelones

Pueblo del Sol Sauvignon Blanc 2021:

Um vinho jovem, leve, com acidez presente e agradável, muito refrescante e harmonioso; Produtor: Pueblo del Sol; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutado, notas de frutas cítricas como lima e maracujá. Sutis notas de ervas frescas; Harmonização: Entradas e aperitivos. Também ideal para pratos da culinária vegetariana

Compre aqui

 


 

O Sauvignon Blanc de Gasconha

Fat Bastard I.G.P. Côtes de Gascogne Sauvignon Blanc 2019:

Boa acidez, final longo e fresco; Produtor: Fat Bastard Wine Company; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Aromas elegantes de frutas cítricas e toranja; Harmonização: Robalo assado com legumes, abobrinha grelhada, massa recheada com queijo de cabra, saladas

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Finca Dorada Selección Especial Sauvignon Blanc 2021:

Frutado, leve, boa acidez e com final agradável; Produtor: VyF Wines; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas tropicais como lima e maracujá; Harmonização: Risoto de queijo, espetinho de camarão, espaguete ao pesto, tomates recheados, salada com molho cítrico, ceviche

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale de Casablanca

Casas Del Bosque Winemakers Selection Sauvignon Blanc Valle de Casablanca D.O. 2021:

Equilibrado, refrescante, com acidez marcante; Produtor: Viña Casas Del Bosque; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intenso, com nuances de limão, pêssego, pimenta jalapeño e grama recém-cortada; Harmonização: Peixe à dorê com molho tártaro, ensopado de alcachofras, penne ao molho branco com ervilhas

Compre aqui

 


 

O australiano de Riverina

The Drover Sauvignon Blanc 2021:

Fresco, corpo médio, final longo; Produtor: Dee Vine Estate; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas de pitaia e maracujá maduros; Harmonização: Filé de linguado grelhado, batata frita, massa ao pesto de manjericão

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale de Casablanca

De Martino Reserva 347 Vineyards D.O. Casablanca Sauvignon Blanc 2018:

Muita acidez, refletindo muito frescor e leveza, persistência é longa e agradável; Produtor: De Martino; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas cítricas, vegetais e minerais intensas; Harmonização: Risoto de brócolis, aspargos grelhado, pizza de rúcula, batata frita com alecrim, macarrão com abobrinha e bacon frito, hambúrguer de peixe com maionese de ervas

Compre aqui

 


 

O francês de Bordeaux

Michel Lynch Sauvignon Blanc 2017:

Frutado, leve, boa acidez; Produtor: Domaines Jean-Michel Cazes; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas, cítrico, aspargo; Harmonização: Saladas diversas, risoto de camarão salteado, anéis de lula à dorê, pasta de ervas finas com torradinhas, dadinhos de tapioca com queijo-coalho, badejo assado com legumes grelhados

Compre aqui

 


 

O australiano de South Australia

Oxford Landing Estates Sauvignon Blanc 2018:

Leve, boa acidez, cítrico, herbáceo; Produtor: Oxford Landing Estates; Teor alcoólico: 10,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Abacaxi, pera, herbáceo, cítrico; Harmonização: Ravióli de ricota e nozes, espetinho de camarão, risole de queijo, bolinho de arroz, torta salgada, quiche de queijo

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Zuncho D.O. Valle Central Sauvignon Blanc 2020:

Leve, jovem e refrescante; Produtor: Luis Felipe Edwards; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas cítricas e um toque herbáceo; Harmonização: Isca de peixe empanado, espetinho de camarão, saladas, carpaccio de abobrinha, bolinho de bacalhau, ceviche

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale de Casablanca

Root: 1 Reserva Sauvignon Blanc 2019:

Jovem, fácil de beber, boa acidez; Produtor: Viña Ventisquero; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas, frutas cítricas e um toque vegetal; Harmonização: Peixe assado, risoto de aspargos, lombo de porco na manteiga de ervas, quiche de palmito

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Palafitos de Mar Semi Sweet Sauvignon Blanc 2021:

Fresco, acidez agradável e notas minerais; Produtor: Viña Fray Leon; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Flores brancas, frutas tropicais e um toque herbáceo; Harmonização: Frutos do mar, peixe assado com legumes, entradas, salada caesar, tartine de ricota cremosa com pesto e tomatinhos cereja, queijo camembert

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale do Cachapoal

Calyptra Gran Reserva Sauvignon Blanc 2017:

Médio corpo, boa acidez, final longo, amadeirado; Produtor: Calyptra; Teor alcoólico: 15%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Maracujá maduro, melão, pera, baunilha, amadeirado; Harmonização: Risoto de lula, sashimi de peixe branco, moqueca de robalo com pirão, frango à cordon bleu, lasanha de alcachofra e gorgonzola, queijos frescos

Compre aqui

 


 

O americano da Califórnia

Dark Horse Sauvignon Blanc 2019:

Boa acidez, jovem, fresco; Produtor: Dark Horse; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, limão, toranja; Harmonização: Tilápia com molho de limão, risoto de alho poró, camarão, crepe de palmito, salada refrescante de folhas verdes, bruschetta de muçarela de búfala com tomate cereja

Compre aqui

 


 

O argentino de Mendoza

Partridge Unfiltered Sauvignon Blanc 2020:

Frutado, leve, boa acidez; Produtor: Viña Las Perdices; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Maracujá, pera, cítrico, aspargos, ervas; Harmonização: Sobrecoxa recheada com queijo, atum ao pesto, peixe frito, linguine com abobrinha e camarão, berinjela a role, salada de legumes grelhados

Compre aqui

 


 

O francês de Languedoc

Bouquet I.G.P. Pays dOc Sauvignon Blanc 2020:

Jovem, fresco e boa acidez; Produtor: Vignobles & Compagnie; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, limão, lima, toranja; Harmonização: Ceviche de tilápia, frutos do mar, queijo de cabra, saladas frescas de folhas e frutas com aspargos grelhados

Compre aqui

 


 

O francês de Côtes de Gascogne/Gasconha

Domaine Tariquet Sauvignon Blanc Côtes de Gascogne IGP 2020:

Elegante, agradável, refrescante, saboroso e frutado; Produtor: Château du Tariquet; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de frutas maduras e flores, com toques minerais; Harmonização: Peixe empanado com molho tártaro, salada de garra de caranguejo, filé de salmão defumado

Compre aqui

 


 

O francês de Périgord (IGP de Dordonha/Dordogne)

Le Haut Païs Sauvignon Blanc Périgord IGP 2018:

Refrescante, frutado, saboroso; Produtor: Couleurs d’Aquitaine; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de toranja e limão; Harmonização: Carnes brancas, peixes e frutos do mar, aperitivos, queijos leves

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Finca Patagonia Single Vineyard Selection Sauvignon Blanc Central Valley D.O. 2021:

Refrescante, macio e levemente cítrico; Produtor: Bodegas y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Flores brancas, toques cítrico e herbáceo; Harmonização: Aperitivos leves, saladas, peixes

Compre aqui

 


 

O francês de Languedoc-Roussillon

Roche Mazet Sauvignon Blanc 2019:

Equilibrado, macio e refrescante; Produtor: Grupo Castel; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de flores brancas e frutas cítricas; Harmonização: Salada de abobrinha, queijos suaves, peixes e frutos do mar

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Ímpetu D.O. Valle Central Sauvignon Blanc 2020:

Leve, boa acidez; Produtor: Viña San Pedro; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas tropicais, herbáceo; Harmonização: Sashimi de salmão, sardinha frita, ceviche, espaguete ao molho branco, bolinho de bacalhau, legumes grelhados

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale de Leyda

Albaclara Sauvignon Blanc 2018:

Persistente, refrescante, saboroso e crocante, com toques de menta e frutas cítricas; Produtor: Haras de Pirque; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de frutas cítricas e toques herbáceos; Harmonização: Caldeirada de mariscos, risoto de camarão, peixe assado com legumes, saladas

Compre aqui

 


 

O francês de Languedoc-Roussillon

Domaine de Cibadiès Pegasus I.G.P. Pays dOc Sauvignon Blanc 2019:

Frutado, leve e acidez agradável; Produtor: Domaine de Cibadiès; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Pêssego, pera, abacaxi e toque cítrico; Harmonização: Espetinho de camarão, frango grelhado com legumes, salada com lascas de bacalhau, tabule, quiche de alho poró, espaguete ao molho branco

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Vinchante Vin 266 Sauvignon Blanc Central Valley 2020:

Harmonioso, refrescante e frutado; Produtor: Viña Ravanal; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Expressivo, com notas intensas de frutas tropicais e cítricas; Harmonização: Estrogonofe de brócolis, salada de camarão, espaguete ao pesto

Compre aqui

 


 

O romeno de Dealurile Munteniei

La Crama Sauvignon Blanc:

Fresco e frutado; Produtor: The Iconic Estate; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Toranja, abacaxi, maçã, e equilibrado com delicadas notas minerais; Harmonização: Mariscos, peru com molho de pêssegos, salada de folhas verdes

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

La Perla Single Vineyard Sauvignon Blanc Central Valley D.O. 2021:

Frutado, harmonioso, refrescante, fácil de beber; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas brancas e cítricas, com toques florais; Harmonização: Carnes brancas, peixes e frutos do mar, aperitivos, queijos leves

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Alpha Austral Single Vineyard Selection Sauvignon Blanc Central Valley D.O. 2021:

Fresco, leve, com uma acidez deliciosa e final longo; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Abacaxi, maracujá e pêssego, e toques florais; Harmonização: Ceviche, queijo de Cabra, salada Caesar

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale de Casablanca

De Martino Sauvignon Blanc Valle de Casablanca D.O. 2020:

Corpo médio, acidez vibrante, textura macia e final delicado; Produtor: De Martino; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, maracujá, abacaxi e aspargos; Harmonização: Ostras, moqueca de peixe, queijo de cabra, massas ao pesto e carnes brancas

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Fauna Single Vineyard Selection Sauvignon Blanc Central Valley D.O. 2021:

Fresco, harmonioso, frutado, boa acidez; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas como abacaxi e limão siciliano; Harmonização: Vinagrete de polvo, comida árabe, peixe branco à belle meunière

Compre aqui

 


 

O argentino do Vale do Uco

Killka Sauvignon Blanc 2020:

Suave, acidez marcada e fresco; Produtor: Bodegas Salentein; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, limão, casca de laranja; Harmonização: Tilápia ao molho de alcaparras, espetinho de camarão, frutos do mar, chips de abobrinha, isca de frango, salada de rúcula com tomate cereja

Compre aqui

 


 

O francês de Languedoc-Roussillon

Baron Philippe De Rothschild I.G.P Pays Doc Sauvignon Blanc 2019:

Fresco, frutado e boa acidez; Produtor: Baron Philippe de Rothschild; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas cítricas, lima, limão; Harmonização: Camarões grelhados, truta defumada, mexilhões em vinho branco, queijo de cabra

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Baron Philippe de Rothschild Mas Andes Sauvignon Blanc 2019:

Fresco, com boa acidez e final longo; Produtor: Baron Philippe de Rothschild; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Toranja e limão, damasco branco e flores brancas; Harmonização: Prato de frutos do mar, caranguejo recheado, aperitivo, frango com estragão

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Paine Sauvignon Blanc 2020:

Leve, fresco, frutado; Produtor: VyF Wines; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas, frutas amarelas, ervas frescas; Harmonização: Camarão empanado, bolinho de arroz com queijo, espetinho de frango com legumes, torta fria de frango, couve flor gratinada, lasanha de peito de peru e queijo branco

Compre aqui

 


 

O sul africano de Durbanville

Durbanville Hills Atlantic View Sauvignon Blanc 2018:

Leve, boa acidez, fruta em evidência; Produtor: Durbanville Hills; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas brancas, frutas amarelas, herbáceo, cítrico; Harmonização: Ceviche de salmão, filé de peixe com crosta de ervas, linguine ao pesto com camarão, risoto caprese, filé de frango crocante, bolinho de bacalhau

Compre aqui

 


 

O chileno do Vale Central

Urmeneta Sauvignon Blanc 2020:

Leve, frutado, refrescante; Produtor: Urmeneta; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Frutas amarelas frescas, cítricas; Harmonização: Ravióli de ricota e nozes, espetinho de camarão, risole de queijo, torta salgada, bolinho de arroz, quiche de queijo

Compre aqui

 


 

O australiano de South Eastern Australia

Hunter and Fox Sauvignon Blanc 2019:

Leve, boa acidez, final agradável; Produtor: Grape Expectations Estates; Teor alcoólico: 11,3%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Maracujá, maçã, ervas, lima; Harmonização: Ceviche de salmão, iscas de peixe empanado, bolinho de bacalhau, espaguete ao pesto, saladas, camarão empanado

Compre aqui

 


 

O australiano de Margaret River

Miles from Nowhere Sauvignon Blanc Semillon 2019:

Fresco, vivo e com um toque de mineralidade; Produtor: Grape Expectations Estates; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Sémillon e Sauvignon Blanc (vinho blend); Nariz: Frutas cítricas, frutas tropicais, flores brancas; Harmonização: Casquinha de siri, ceviche de frutos do mar, bruschetta de tomate seco com muçarela de búfala, linguini com molho chilli, tabule

Compre aqui

 

Veja mais ofertas de vinhos Sauvignon Blanc, blends e varietais

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados:

5 Vinhos franceses premiados que você precisa experimentar
Introdução Pouco depois de chegar à França, eu tinha certeza de uma coisa: os vinhos franceses eram incríveis....
Os 10 melhores vinhos Malbec que você pode comprar na Internet
Introdução O Malbec é uma das uvas mais populares do mundo, e é fácil ver o porquê. Ele...
Tábua de frios e harmonias com vinhos
Introdução Os cortes frios são uma ótima maneira de acrescentar um elemento extra especial à sua festa. Se...
Carpaccio, a receita veneziana e suas harmonias com vinhos
Carpaccio é uma das receitas mais famosas da cozinha veneziana. Ela consiste em carne crua, e seu nome...
Vinho Lambrusco, a jóia de Emilia-Romagna
Introdução O Lambrusco é um vinho único que é difícil de categorizar. Apesar de ser uma uva tinta,...
5 batatas gourmet para harmonizar com vinho
Introdução Se você adora batatas, então sabe que elas podem ser cozidas de milhões de maneiras diferentes. Quer...