Massa de pizza e vinho - Como harmonizar

Publicado em:

Massa de pizza e vinho - Como harmonizar

Harmonizar uma deliciosa massa de pizza e vinho é uma tarefa maravilhosa! Afinal, ela une duas paixões dos fãs da boa mesa. Ao mesmo tempo, é um excelente motivo para reunir amigos e a família para jogar conversa fora e passar um bom tempo juntos.  Mas, quando o assunto é paladar, os gostos variam muito. Ou seja, uma combinação perfeita para alguns, pode não ser tão agradável para outros. Mesmo assim, errar feio na hora de escolher o vinho certo é algo difícil de acontecer. A seguir, entenda como harmonizar 9 sabores de pizza com diferentes vinhos. Em seguida, descubra a verdadeira origem desse prato tão popular e aprenda uma receita incrível para fazer sua massa de pizza em casa.

Harmonizando pizza e vinho

Normalmente, sabores mais delicados pedem vinhos com características mais leves. Se a sua pizza for de calabresa ou pepperoni, por outro lado, os temperos vão pedir vinhos mais encorpados. Sendo assim, descubra a harmonia entre vinho e pizza que mais agrada o seu paladar. De quebra, saiba se dá para harmonizar vinhos com pizzas doces também.

pizza e vinho

1. Pizza de frango com catupiry e vinhos Pinot Noir

Excelente exemplo de recheio com sabores leves, a pizza de frango com catupiry traz texturas diferentes entre carne e queijo, que combinam muito bem entre si, aliás. Para que ela não seja atropelada no paladar, escolha um vinho tinto produzido a partir da uva Pinot Noir. Em geral, os vinhos apresentam características leves, com pouca acidez (responsável por aquela sensação de travamento no fundo da boca). Como resultado, você vai ter equilíbrio na sua refeição, que também costuma ter uma massa de pizza com borda recheada.

2. Pizza de quatro queijos e vinhos Sangiovese

Nesse caso, toda a untuosidade, a gordura dos queijos, é equilibrada pela excelente acidez dos vinhos Sangiovese. Entre um pedaço e outro, o vinho limpa o paladar e tira a sensação de peso que pizzas muito gordurosas podem deixar na boca. Além disso, você pode experimentar harmonizar os mesmos vinhos com uma massa de pizza mais rústica, assada no forno à lenha, por exemplo.

3. Pizza de bacon e vinhos Malbec

A uva Malbec tem sabor intenso, que permanece na boca por mais tempo. Por isso, um vinho Malbec é perfeito para combinar com a pizza de bacon, que também tem sabores fortes, bastante gordura e sal.

4. Pizza de atum e vinhos Chardonnay

Se o vinho escolhido tiver passagem por barrica (tonéis de madeira), você vai sentir aromas que combinam muito bem com o sabor terroso e intenso que o atum possui. Por esse motivo, evite vinhos brancos, que costumam ser mais delicados e leves, já que podem acabar sumindo na boca.

5. Pizza de calabresa e vinhos Cabernet Sauvignon

Anteriormente, você viu que ingredientes com sabores fortes, pedem vinhos com aromas marcantes. Para harmonizar pizza de calabresa e vinho, por exemplo, você pode servir um Cabernet Sauvignon. Os temperos da linguiça, no caso, combinam com aromas do vinho que lembram especiarias, como a pimenta. Assim, eles se complementam no paladar.

6. Pizza de cogumelos e vinhos Carménère

Assim como os vinhos Sangiovese, vinhos Carmènére casam bem demais com pizza de cogumelos. Você pode escolher entre shitake, shimeji ou champignon, tanto faz. Afinal, todos carregam os mesmos sabores terrosos, que vão combinar com os aromas do vinho. Observe se o rótulo que você pretende servir tem passagem por madeira (barrica), pois isso traz aromas parecidos para o paladar.

7. Pizza de pepperoni e vinhos Riesling

pizza e vinho

À primeira vista, pepperoni e calabresa podem parecer a mesma coisa: massa de pizza e linguiça. Mas, acredite, são diferentes! Por isso, leve em conta o sabor picante da pepperoni, que é temperada com peperoncino, uma pimenta parecida com a malagueta. Nesse caso, os vinhos Riesling e a pizza de pepperoni harmonizam por complementação, quando os sabores são semelhantes. No entanto, atente para o teor alcoólico do rótulo escolhido, que não deve ser muito alto, pois sal e pimenta realçam o gosto do álcool presente na bebida.

Por outro lado, é possível harmonizar uma pizza muito picante por contraste ou contraponto. Para isso, você pode servir um vinho Gewürztraminer, que apesar de ter aromas picantes, apresenta um certo dulçor, que vai combinar muito bem com a pimenta da pepperoni.

7. Pizza portuguesa e vinhos Merlot

Harmonizar a pizza portuguesa com vinho é um pouco mais delicado. Afinal, ela é preparada com muitos ingredientes e que são bem diferentes entre si. Por isso, um vinho Merlot pode encarar essa tarefa, trazendo intensidade suficiente para a combinação. Porém, a pizza portuguesa traz um ingrediente que não harmoniza com vinho nenhum: o ovo cozido. Sendo assim, seria bom colocá-lo de lado para garantir que sua experiência não seja arruinada.

8. Pizza de rúcula com tomate seco e vinhos Sauvignon Blanc

Apesar de não ser o recheio mais popular, a pizza de tomate seco e rúcula é deliciosa e merece um bom vinho para acompanhar. Mais uma vez, a ideia é harmonizar pizza e vinho por complementação. Desse modo, os aromas de ervas e a leve acidez que o vinho Sauvignon Blanc apresenta casam com o sabor bem presente e o amargor da rúcula.

9. Como harmonizar pizza e vinho doce

A massa de pizza comum ganhou acompanhamentos doces, incluindo chocolate, abacaxi, goiabada etc. Para harmonizar pizzas doces com vinho, escolha vinhos brancos com baixo teor alcoólico e sabor mais doce. Assim, um vinho Gewürztraminer seria uma excelente escolha. Afinal, é um vinho com notas de frutas, mas que também tem sabores picantes, que harmonizam bem com sabores doces.

História da massa de pizza

massa de pizza

Mas, de onde vem esse preparo que ganhou o mundo? Se você pensa que a massa de pizza veio da Itália, você não está só. Porém, ela parece ter raízes no Oriente Médio. Inicialmente, há quase 6.000 anos, era preparada como o pão sírio, apenas com farinha e água, assada sobre tijolos quentes. Como recheio, de acordo com a  história, apenas azeite de oliva e algumas ervas.

Massa de pizza = comida de pobre?

Sim! Por incrível que pareça, inicialmente, não se pensava em como harmonizar pizza e vinho. Na verdade, os vendedores ambulantes espalhados pela Itália utilizavam toucinho, peixe frito e queijo para incrementar o disco de massa de pizza e alimentar os menos afortunados. Até hoje, é bem comum encontrar pizzas bem simples, recheadas apenas com molho de tomate e queijo, por todo o país.

Mas, por que a Itália leva a fama de criadora da massa de pizza, afinal? Acontece que, aparentemente, foram os italianos que tiveram a brilhante ideia de utilizar tomates no preparo. Com o tempo, outros povos foram agregando ingredientes e métodos de preparo locais. Assim, a pizza foi tomando a forma que conhecemos hoje.

No Brasil, a pizza chegou junto com os muitos italianos que vieram em busca de uma vida melhor, na primeira metade do século passado. Em pouco tempo, ela foi ganhando notoriedade, chegando ao ponto de ganhar um dia só dela, 10 julho, que é comemorado desde 1985.

Receita de massa de pizza

massa de pizza

Atualmente, existem tantas receitas de massa de pizza diferentes, que a gente até se perde. Por isso, separamos uma massa que rende 04 discos e fica pronta em pouco tempo. Confira!

Ingredientes:

06 xícaras de farinha de trigo;

02 ½ xícaras de água morna;

¼ xícara de azeite;

02 colheres (sopa) de fermento biológico seco;

Molho de tomate a gosto;

02 colheres (chá) de sal;

02 colheres (chá) de açúcar;

Recheio de sua preferência.

Modo de preparo:

Para começar a massa de pizza ideal, misture o açúcar e o fermento em uma tigela. Em seguida, adicione a água morna e misture devagar para ativar o fermento biológico. Reserve a mistura e, enquanto isso, junte a farinha com o sal em uma superfície lisa. Depois, faça uma abertura no meio, onde você vai acrescentar o fermento hidratado aos poucos. Aproveite para incluir o azeite à mistura e comece a incorporar todos os ingrediente, mexendo bem a massa com a ajuda de uma colher ou com as mãos.

A seguir, após sovar a massa de pizza até que ela solte dos dedos, cubra com um pano e deixe descansar por cerca de uma hora, em dias quentes, ou até que a massa de pizza dobre de tamanho. Por fim, divida a massa em quatro partes. Numa superfície polvilhada com farinha, abra os discos com a ajuda de um rolo ou de uma garrafa de vidro.

Para terminar, cubra o disco com o molho e com seu recheio preferido, levando para assar em forno médio pré-aquecido por cerca de 40 minutos.

Tudo acaba em pizza… e vinho!

massa de pizza

Agora que você já sabe como harmonizar massa de pizza e vinho, que tal experimentar todas as sugestões dadas pelo Center Gourmet? De fato, sabemos que é uma tarefa difícil, mas um bom vinho pode tornar tudo mais fácil! Afinal, você viu aqui como combinar diferentes tipos de pizza com vinhos, tintos e brancos. Aliás, talvez tenha observado que a maior parte dos vinhos que vão bem com pizza, são tintos. Mas, nada impede que você combine um vinho branco com seu recheio preferido.

Veja as melhores ofertas que selecionamos abaixo e escolha um belo vinho para combinar com uma bela pizza!

 

Tinto Pinot Noir francês, ideal para pizza de frango com catupiry…

o Madame Veuve Point Pinot Noir Bourgogne AOP 2017:

Fresco, delicado e macio; Produtor: Madame Veuve Point; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras; Harmonização: Risoto de funghi e batata recheada

Compre aqui

 


 

Tinto Malbec argentino, ideal para pizza de bacon…

o El Molino Malbec 2021:

Macio, taninos redondos, final longo; Produtor: Grupo Peñaflor; Teor alcoólico: 13%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Frutas maduras como ameixa e cereja; Harmonização: Churrasco, lasanha à bolonhesa

Compre aqui

 


 

Tinto Carménère chileno, ideal para pizza de cogumelos…

o Forbes Lackey Carménère Valle Central D.O. 2020:

Corpo médio, taninos maduros e macios com final longo e agradável; Produtor: Kinast Family Wines; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Carménère (vinho varietal); Nariz: Aroma de frutas vermelhas, especiarias e pimenta vermelha; Harmonização: Penne ao sugo, parrilla, arroz de forno

Compre aqui

 


 

Tinto Malbec argentino, ideal para pizza de bacon…

o Altos del Plata Malbec 2019:

Frutado, equilibrado, fresco, com taninos maduros; Produtor: Terrazas de los Andes; Teor alcoólico: 14%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Framboesa, cereja, ameixa madura e nuances de tosta; Harmonização: Risoto de bacon, iscas de mignon com molho de mostarda, picadinho, suflê de legumes, abobrinha recheada com carne moída

Compre aqui

 


 

Tinto Merlot chileno, ideal para pizza portuguesa…

o Foresta Winemaker Selection Merlot Central Valley D.O. 2020:

Sabor de mirtilo e amora com notas de café torrado e canela, taninos sedosos, textura macia e final longo; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12.5%; Uva: Merlot (vinho varietal); Nariz: Aroma de frutas pretas, como cassis e cereja; Harmonização: Carnes vermelhas, massas, queijos maduros

Compre aqui

 


 

Tinto Cabernet Sauvignon francês, ideal para pizza de calabresa…

o Comte Bivin Grande Cuvée Cabernet Sauvignon 2019:

Redondo e versátil, com corpo médio e toques frutados; Produtor: Domaine du Père Guillot; Teor alcoólico: 13%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas maduras; Harmonização: Carnes vermelhas, pizza de calabresa, tábua de queijos e aperitivos

Compre aqui

 


 

Branco Riesling chileno, com baixo teor alcoólico, ideal para pizza de pepperoni…

o Cartagena D.O. San Antonio Valley Riesling 2020:

Vinho sedoso e com frescor na medida certa para equilibrar o açúcar residual; Produtor: Casa Marin; Teor alcoólico: 12%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Aromas de flor, camomila, pêssego e mel; Harmonização: Como aperitivo, ceviche, ostras, sopa de camarões picantes e leite de coco, carne com curry

Compre aqui

 


 

Tinto Malbec argentino, ideal para pizza de bacon…

o Chateau Garbin Malbec Reserva 2018:

Estruturado, redondo, com taninos macios e agradáveis; Produtor: Garbin Estate; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Aroma de ameixa, baunilha e tostado; Harmonização: Carnes vermelhas, massas com molho vermelho, queijo amarelos

Compre aqui

 


 

⇒ Tinto Pinot Noir francês, ideal para pizza de frango com catupiry…

o The Original Pinot Noir 2018:

Paladar frutado, de corpo médio e elegante; Produtor: Couleurs d’Aquitaine; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas vermelhas e couro; Harmonização: Risoto de cogumelos, queijo Camembert, tilápia assada com legumes

Compre aqui

 


 

Tinto Cabernet Sauvignon francês, ideal para pizza de calabresa…

o Vinchante Vin 266 Cabernet Sauvignon Central Valley 2020:

Intenso, encorpado e persistente, com taninos suaves e toques de cassis; Produtor: Viña Ravanal; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas pretas; Harmonização: Lasanha à bolonhesa, polpetone recheado, queijo Grana Padano

Compre aqui

 


 

 Tinto Carménère chileno, ideal para pizza de cogumelos…

o Las Mercedes Singular Carménère 2018:

Frutado, leve amadeirado, notas de café; Produtor: Bouchon Family Wines; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Carménère (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras, herbáceo, pimenta, chocolate; Harmonização: Risoto de mignon, paleta de cordeiro, churrasco, ravióli com ragu de carne, batatas recheadas com queijo e bacon, queijos maduros

Compre aqui

 


 

Tinto Sangiovese italiano, ideal para pizza de quatro queijos e pizza de lombo defumado e cheddar…

o Campo al Moro D.O.C. Maremma Toscana Sangiovese 2019:

Corpo entre leve e médio, com boa acidez e taninos presentes; Produtor: Cecchi; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Frutas como framboesas e amoras, com traço de alcaçuz; Harmonização: Berinjela à parmigiana, churrasco, polenta mole com ragu de linguiça toscana, pizza de lombo defumado e cheddar, penne com cogumelos, e queijos semiduros

Compre aqui

 


 

Branco Riesling alemão, com baixo teor alcoólico, ideal para pizza de pepperoni…

o Rebgarten Riesling Qualitätswein Nahe 2020:

Redondo e refrescante, com toques adocicados, acidez agradável, mineralidade persistente e muita cremosidade; Produtor: Moselland; Teor alcoólico: 11%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Notas de mel, pêssego, maçã-verde e frutas brancas, com traços minerais; Harmonização: Salada de frutas, pratos da culinária indiana e asiática, peito de frango assado com ervas finas e batatas

Compre aqui

 


 

⇒ Tinto Pinot Noir alemão, ideal para pizza de frango com catupiry…

o Ernst Loosen Pfalz Edition Winemakers Select Pinot Noir 2018:

Leve, acidez presente, taninos sedosos; Produtor: Ernst Loosen; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Framboesa, cereja, amora, terroso, leve amadeirado; Harmonização: Risoto de tomate seco com brie, lombo suíno, quiche de Gruyère e Parma, torta de cogumelos, tomate recheado, lentilha com cebola caramelizada

Compre aqui

 


 

Tinto Merlot francês, ideal para pizza portuguesa…

o Domaine de La Motte Merlot 2019:

Corpo médio, taninos equilibrados e toque aveludado; Produtor: Vignobles Bonfils; Teor alcoólico: 13%; Uva: Merlot (vinho varietal); Nariz: Groselha-preta e especiarias como noz-moscada e pimenta branca; Harmonização: Filé Mignon ao molho madeira, caponata de berinjela, queijo Brie

Compre aqui

 


 

Branco Riesling brasileiro, com baixo teor alcoólico, ideal para pizza de pepperoni…

o Ballade Riesling 2020:

Vinho jovem e agradável, bom frescor devido à sua acidez equilibrada; Produtor: Miolo Wine Group; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Aromas cítricos como lima, limão e pomelo; Harmonização: Peixe ao forno com legumes, camarão empanado, salada de folhas com salmão, galeto recheado, arroz de frutos do mar, bolinho de bacalhau

Compre aqui

 


 

Branco Chardonnay americano barricado, ideal para pizza de atum…

o Frei Brothers Reserve Chardonnay 2017:

Bom corpo, boa acidez, final agradável; Produtor: Frei Brothers; Teor alcoólico: 13,9%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Lima, maçã-verde, baunilha; Harmonização: Risoto de bacalhau, ceviche de linguado, camarão cremoso na moranga, bruschetta de atum defumado, palmito gratinado com parmesão e queijos frescos

Compre aqui

 


 

 Branco Sauvignon Blanc francês, ideal para pizza de rúcula com tomate seco…

o Roche Mazet Sauvignon Blanc 2019:

Equilibrado, macio e refrescante; Produtor: Grupo Castel; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de flores brancas e frutas cítricas; Harmonização: Salada de abobrinha, queijos suaves, peixes e frutos do mar

Compre aqui

 


 

Branco Riesling alemão, ideal para pizza de pepperoni…

o Gustav Riesling Trocken Rheinhessen 2020:

Fresco, acidez equilibrada e mineralidade marcante; Produtor: Moselland; Teor alcoólico: 12%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Aromas intensos de frutas cítricas e maçã-verde, com nuances minerais; Harmonização: Paella, sashimi de atum, queijo Brie com geleia de damasco

Compre aqui

 


 

Tinto Merlot espanhol, ideal para pizza portuguesa…

o Heredad Ducel Merlot:

Concentrado, fresco, saboroso, amplo e sedoso; Produtor: Reserva De La Tierra; Teor alcoólico: 12%; Uva: Merlot (vinho varietal); Nariz: Frutado com fundo levemente tostado; Harmonização: Carnes vermelhas, massas, pizzas

Compre aqui

 


 

Tinto blend italiano, também ideal para pizza de pepperoni…

o Grande Alberone La Forza Rosso:

Corpo médio, maciez persistente, notas de ameixa; Produtor: Provinco; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Primitivo, Cabernet Sauvignon e Merlot (vinho blend); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas maduras, com toques de chocolate e baunilha; Harmonização: Pizza de pepperoni, Bistecca alla Fiorentina, bife de alcatra salteado na manteiga de ervas

Compre aqui

 


 

Tinto Malbec argentino, ideal para pizza de bacon…

o El Molino Malbec 2020:

Macio, taninos redondos, final longo; Produtor: Grupo Peñaflor; Teor alcoólico: 13%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Frutas maduras como ameixa e cereja; Harmonização: Churrasco, lasanha à bolonhesa

Compre aqui

 


 

Branco Sauvignon Blanc chileno, ideal para pizza de rúcula com tomate seco…

o Albaclara Sauvignon Blanc 2018:

Persistente, refrescante, saboroso e crocante, com toques de menta e frutas cítricas; Produtor: Haras de Pirque; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de frutas cítricas e toques herbáceos; Harmonização: Caldeirada de mariscos, risoto de camarão, peixe assado com legumes, saladas

Compre aqui

 


 

Tinto Carménère chileno, ideal para pizza de cogumelos…

o De Martino Organic Reserve Carmenere Valle del Maipo D.O. 2020:

Macio, taninos redondos, boa intensidade de fruta; Produtor: De Martino; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Carménère (vinho varietal); Nariz: Ameixa e amora preta, pimenta preta, especiarias; Harmonização: Filé mignon, lentilhas, queijo Gruyère

Compre aqui

 


 

Branco Riesling alemão, ideal para pizza de pepperoni…

o J. Meyer Riesling Pfalz 2020:

Paladar leve, vívido, refrescante e frutado; Produtor: Moselland; Teor alcoólico: 12%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Perfume fresco e frutado, com notas cítricas e de maçã-verde; Harmonização: Samosa de vegetais, cogumelo recheado, couve-flor gratinada

Compre aqui

 


 

Tinto blend italiano, também ideal para pizza de pepperoni…

o Cesari Jùsto Leggermente Appassite Veneto IGT 2018:

Estruturado, macio e aveludado; Produtor: Cesari; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Corvina e Merlot (vinho blend); Nariz: Aroma intenso de frutas vermelhas maduras como a cereja; Harmonização: Pizza de pepperoni, queijo Camembert, terrine suína

Compre aqui

 


 

Tinto Malbec argentino, ideal para pizza de bacon…

Puente Sur Malbec 2021:

Sedoso, com goles frutados e persistentes; Produtor: Fecovita; Teor alcoólico: 13,3%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Ameixa, cereja escura e um leve toque de baunilha; Harmonização: Churrasco, queijo Provolone, lasanha

Compre aqui

 


 

Branco Sauvignon Blanc chileno, ideal para pizza de rúcula com tomate seco…

o Alpha Austral Single Vineyard Selection Sauvignon Blanc Central Valley D.O. 2021:

Fresco, leve, com uma acidez deliciosa e final longo; Produtor: Bodegas Y Viñedos de Aguirre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Abacaxi, maracujá e pêssego, e toques florais; Harmonização: Ceviche, queijo de Cabra, salada Caesar

Compre aqui

 


 

Branco Riesling alemão, ideal para pizza de pepperoni…

o Ernst Loosen Private Reserve Riesling 2020:

Um vinho leve, com acidez presente, agradável e equilibrada. Notas cítricas e mineral; Produtor: Ernst Loosen; Teor alcoólico: 12%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Um vinho bem aromático com notas de frutas cítricas amarelas e presença mineral; Harmonização: Peixe ao forno com legumes, camarão empanado, salada de folhas com salmão, arroz de frutos do mar, bolinho de bacalhau, galeto recheado

Compre aqui

 


 

Tinto Primitivo italiano, também ideal para pizza de pepperoni…

o Via Cassia Primitivo Puglia IGT 2020:

Encorpado, taninos marcados, final frutado; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 13%; Uva: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, tabaco, especiarias; Harmonização: Bife à Rolê, queijo Tulha, pizza de pepperoni

Compre aqui

 


 

⇒ Tinto Syrah sul-africano, também ideal para pizza de calabresa…

o Laborie Shiraz 2019:

Estruturado, cheio, suculento e de bom comprimento, com notas de carvalho e taninos intensos; Produtor: KWV; Teor alcoólico: 14%; Uva: Syrah (vinho varietal); Nariz: Aromas predominantemente de ameixa madura, groselha preta e especiarias secas, com toques de anis e cravo; Harmonização: Filet au Poivre, pizza de calabresa, espaguete de pupunha à bolonhesa

Compre aqui

 

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados:

Angus – Como harmonizar a carne com espumante?
Uma carne tão especial pede uma bebida à altura para acompanhar. Angus é uma raça de gado europeia...
arroz à piamontese
O arroz à piamontese é diferente mas tem todos os traços de seu ancestral, o risoto. O arroz...
Espumante Moscatel
O espumante Moscatel é uma daquelas bebidas famosas, com reputação. De fato, ele é conhecido e elogiado mundo...
Alzheimer
O mal de Alzheimer ganhou notoriedade nos últimos anos. Afinal, os diagnósticos ficaram mais precisos e os médicos...
Receitas saudáveis
Atualmente, receitas saudáveis tomaram conta da rotina de milhões de pessoas e você também começou a ver o...
Strogonoff de camarão
Querido de norte a sul do Brasil, o strogonoff ganhou o brasileiro pela simplicidade e versatilidade do prato....

Cadastre Para receber