Vinho com pizza, combinações perfeitas para cada sabor

Publicado em:

vinho com pizza

Vinho com pizza pode ser uma excelente alternativa para os mais variados tipos de reunião e encontros.

Seja com a família, com os amigos ou a dois, essa combinação é capaz de reunir a sofisticação do vinho com a simplicidade da pizza.

Analogamente, a história sobre o surgimento da pizza acumula muitas versões, e diferentes historiados acreditam que esse prato já existia até mesmo nos tempos de Cristo.

Dessa forma, muitos países apresentam pratos semelhantes a pizza, mas, de maneira geral, acredita-se que ela tenha tomado sua forma característica na Itália, por volta do século 18.

A ideia era assar uma massa feita a partir de farinha e água, enquanto os temperos e ingredientes foram acrescentados em cada país.

Por outro lado, enquanto as primeiras variações contavam com massas simples, queijo e molho de tomate, atualmente existem infinitas possibilidades de combinações de sabores.

Especialmente no Brasil, um dos países que mais consomem pizza, não é incomum encontrar sabores exóticos, que caem no gosto dos consumidores.

Por mais que seja um prato relativamente simples, é possível harmonizar vinho com pizzas de diferentes sabores, desde tradicionais até excêntricos. Basta encontrar as combinações certas.

Citação dos sabores e vinhos

Tradicionais

vinho com pizza

Muitas pessoas preferem os sabores tradicionais de pizza, sem muitas adições e mantendo o aspecto original do prato.

Portanto, se você deseja saborear um bom vinho com pizza clássica, pode optar por um acompanhamento mais leve.

Pizzas de mussarela, que contam com ingredientes mais convencionais, como massa de tomate e queijo, harmonizam perfeitamente com vinhos da uva Sangiovese.

As uvas da família Sangiovese estão presentes em vinhos como o conhecido Chianti.

Decerto, seus taninos discretos, mais leves, com boa acidez e toque afrutado acompanham muito bem pizzas com o sabor mais delicado, como as tradicionais.

Por outro lado, pequenas variações das pizzas clássicas, como a marguerita, que acrescenta manjericão à receita, também pode harmonizar com vinhos dessa uva.

O Identidade Terroir Marselan também combinam com o sabor característico do manjericão, sendo uma ótima escolha de vinho para tomar com pizza marguerita.

Finalmente, outras versões das pizzas tradicionais, como dois queijos, ou queijo e presunto, também podem seguir as mesmas indicações de vinhos para harmonizar.

Embutidos

alan hardman SU1LFoeEUkk unsplash scaled

Se você tem dúvidas sobre como escolher um vinho para acompanhar pizza feita a partir de ingredientes embutidos, procure sempre pelos sabores mais intensos.

Sabores como calabresa costumam deixar a pizza com um toque mais intenso, até mesmo picante, o vinho para tomar com pizza que apresenta essas características deve acompanhar seu sabor.

Sendo assim, uma boa sugestão é o Cabernet Sauvignon, que possui um pouco mais de taninos e notas aromáticas de ervas doces.

Ele é uma das escolhas que mais harmonizam com as tradicionais pizzas de calabresa, por possuir um sabor tão intenso quanto a fatia, e equilibrar com o toque gorduroso que o embutido pode apresentar.

É importante optar por toques mais firmes para o vinho com pizza calabresa, do contrário, os sabores irão sobressair um ao outro, proporcionando uma experiência ruim.

Simultaneamente, na categoria dos embutidos, uma das pizzas mais populares é a de pepperoni. Por seu sabor mais picante, um ótimo vinho para acompanhar pizza com esse embutido também são os Carbenet.

Alguns especialistas indicam, também, o Riesling, por conta de seu teor ácido e toque suavemente adocicado, perfeito para harmonizar com o sabor forte do pepperoni.

Ao mesmo tempo, um sabor que vem se popularizando é a pizza de presunto com figo. Trata-se de uma combinação exótica, mas que harmoniza bem o doce da fruta com o salgado do embutido.

Assim, aos que procuram um vinho para acompanhar pizza de presunto com toques adocicados, um Tannat pode combinar bem.

Seu aroma mesclado em notas de couro e baunilha, com requintes de frutas vermelhas ao estar plenamente maduro, é capaz de aprimorar o sabor agridoce da pizza sem deixar o sabor estranho.

Populares

food 3337656 640

Quando o assunto é vinho com pizza, muitos já possuem seus sabores preferidos. Alguns recheios se tornaram realmente populares em determinadas regiões, e, para cada um deles, também há um vinho para harmonizar.

Uma das favoritas é a pizza de quatro queijos, especialidade no país. A mistura de diferentes tipos de queijo, como gorgonzola, provolone, roquefort e catupiry leva a um sabor intenso e complexo.

Para esse sabor, um vinho branco cai muito bem. Seu aroma frutado e teor refrescante contrastam perfeitamente com a intensidade dos queijos. Recomenda-se um Chardonnay.

Igualmente, outro recheio bastante popular que combina com o Chardonnay é a pizza de atum, a preferida de muitos. Seu sabor leve e saudável harmoniza com os toques suaves do vinho.

Clássicos que fazem sucesso

Por outro lado, se estamos falando de sabores populares de vinho com pizza, não podemos deixar de mencionar a pizza de frango com catupiry.

Esse recheio tipicamente brasileiro faz sucesso nas pizzarias, e se engana quem pensa que não há vinho para acompanhar pizza com essa combinação.

O toque suave do frango mescla perfeitamente com a cremosidade do catupiry, e se popularizou como um dos sabores preferidos dos consumidores, até mesmo em outros pratos além da pizza.

Por conta do sabor suave, é necessário um vinho que não prejudique a leveza do recheio. O Pinot Noir é uma das melhores alternativas para essa pizza.

Seu corpo leve e acidez discreta o tornam uma escolha perfeita para a pizza de frango com catupiry. Alguns podem recomendar o Espumante Brut, refrescante e leve, para acompanhar também.

Simultaneamente, o Pinot Noir também pode harmonizar com pizzas de cogumelos, um sabor exótico, porém popular.

Champignons e shittakes são os mais famosos, e a riqueza aromática do vinho casa bem com o sabor macio dos fungos.

Por outro lado, se o recheio de cogumelos te agrada, então também pode experimentar um Carménère chileno. Os ingredientes terrosos da pizza combinam perfeitamente com o terroir dessa uva.

Excêntricos

pizza 1442946 1280

Se seu desejo é aproveitar um bom vinho com pizza de sabores mais intensos, diferentes do tradicional, então pode conferir algumas das harmonizações com recheios mais pronunciados.

A pizza de rúcula com tomate seco é tida, por muitos, como sofisticada e excêntrica, contudo, é um dos recheios mais apreciados pelos amantes de pizza.

Ainda que seu sabor possa ser amargo para alguns, ela possui toques mais herbáceos, e o vinho para tomar com pizza desses ingredientes precisa ser suave.

Uma das melhores opções é o vinho Sauvignon Blanc, com acidez discreta e aroma marcante, que não destoa do paladar intenso proporcionado pela pizza.

Posteriormente, outro recheio que se tornou bastante popular, ao menos no Brasil, é a pizza portuguesa. Ela leva ingredientes muito diferentes em composição, que, de alguma forma, harmonizar entre si.

Composta de mussarela, presunto, cebola, ovos cozidos e ervilhas, um bom vinho para tomar com pizza portuguesa deve ser um com corpo médio e taninos equilibrados.

Dessa forma, uma das opções mais indicada são os vinhos produzidos a partir da uva Merlot. Seu sabor é bastante equilibrado e encorpado, valorizando os ingredientes da pizza.

Surpreendentemente, outro sabor que se tornou muito popular no Brasil foi a pizza de bacon.

A princípio, possui um caráter mais gorduroso, intenso e marcante, de modo que a combinação de vinho com pizza de bacon precisa ser um de teor concentrado.

Uma boa recomendação é o vinho Malbec, de paladar profundo e aroma frutado.

Doces

pizza doce 0

Surpreendentemente, muitas pessoas acreditam que não é possível harmonizar vinho com pizza doce, mas existem combinações que dão muito certo.

As duas principais indicações de vinhos para saborear com uma boa pizza doce são o espumante Moscatel, e o conhecido vinho do Porto.

Pizzas com recheios mais doces pedem por vinhos com aromas mais doces também.

Frequentemente, um dos sabores mais pedidos são chocolate, ou chocolate com morango. O vinho do Porto possui características mais leves, com paladar adocicado e aromas complexos.

Pizzas de banana com mel também harmonizar bem com essa escolha.

O espumante Moscatel traz boa acidez e toques de amêndoas, acentuado ambos os sabores, sendo um bom vinho para tomar com pizza doce.

Outros lugares do país podem apresentar diferentes variações de pizzas doces. Se desejar um vinho para acompanhar pizza com essas características, basta levar em conta o quão doce são seus ingredientes.

Usualmente, as duas recomendações acima harmonizam bem com a maioria dos sabores adocicados, e podem ser uma escolha coringa.

Conclusão

Em suma, é possível realizar diversas combinações de vinho e pizza.

Sejam sabores tradicionais, como as primeiras versões criadas, ou extravagantes, com diferentes ingredientes combinados, haverá um vinho ideal para harmonizar o sabor.

De certa forma, vinhos mais encorpados, com sabor intenso, combinam com sabores de pizza mais picantes ou pronunciados, para equilibrar.

Do mesmo modo, sabores mais suaves, que combinam a agradabilidade dos ingredientes, podem pedir por um vinho com toques leves, que não sobressaíam o gosto da pizza.

Em um país conhecido por um dos que mais consomem pizza no mundo, a diversidade de sabores permite uma grande variedade de combinações com vinhos.

Inegavelmente, vinhos combinam com refeições elegantes e sofisticadas, mas também podem harmonizar perfeitamente com pizzas, desde simples até as mais elaboradas.

Por fim, se você pretende realizar uma boa noite da pizza com seus familiares ou amigos, considere comprar um bom vinho de acompanhamento.

Além do mais, saiba em detalhes uma excelente receita e harmonia com suas uvas prediletas clicando aqui.

Confira algumas opções abaixo:

 

Tinto Cabernet Sauvignon chileno, para harmonizar com pizza de calabresa

o Expedicion Single Vineyard Selection Cabernet Sauvignon Central Valley D.O. 2021:

Textura elegante, com taninos firmes, acidez agradável e notas de frutas doces; Produtor: Finca Patagonia; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de creme de cassis, frutas vermelhas, café e baunilha; Harmonização: Fondue de carne, pizza de calabresa, espaguete com almôndegas, tábua de queijos

Compre aqui

 


 

Tinto Sangiovese italiano, para harmonizar com pizza marguerita

o Monte Sasso D.O.C. Romagna Sangiovese 2015:

Médio corpo, boa acidez, taninos macios, frutado, bom final; Produtor: Braschi; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sangiovese (vinho blend); Nariz: Cereja, groselha, pimenta, floral; Harmonização: Iscas de filé mignon, lasanha à bolonhesa, maminha grelhada com batatas, penne ao pomodoro, pizza marguerita, e queijos semiduros

Compre aqui

 


 

O tinto Refosco dal Peduncolo Rosso italiano, para harmonizar com pizza de linguiça artesanal

o Fantinel IGT Trevenezie Refosco dal Peduncolo Rosso 2016:

Encorpado, saboroso, persistente e decididamente tânico; Produtor: Fantinel; Teor alcoólico: 13%; Uva: Refosco dal Peduncolo Rosso (vinho varietal); Nariz: Flores vermelhas e negras; Harmonização: Aves nobres, carne assada, macarrão carbonara, pizza de linguiça artesanal, queijos duros

Compre aqui

 


 

Branco Chardonnay argentino, para harmonizar com pizza quatro queijos

o Altivo Vineyard Selection Chardonnay 2019:

Corpo de leve para médio, boa acidez, frutado; Produtor: Finca Eugenio Bustos; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas amarelas frescas, nuances da madeira; Harmonização: Risoto caprese, galinhada, estrogonofe de bacalhau, espetinho de camarão, ravióli a camaresca, pizza quatro queijos

Compre aqui

 


 

Tinto Pinot Noir francês, para harmonizar com pizzas variadas

o Terre des Anges Pinot Noir 2020:

Delicado, vibrante, com taninos macios e bom equilíbrio; Produtor: Domaines Montariol Degroote; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas como cereja e framboesa; Harmonização: Queijos leves, pizzas de sabores variados, receitas com cogumelos

Compre aqui

 


 

O tinto Malbec argentino, para harmonizar com pizza de quatro queijos

o Cavas Don Carlos Roble Malbec 2021:

Taninos marcados e redondos; Produtor: Bodegas Garbin Estate; Teor alcoólico: 13%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras; Harmonização: Churrasco, pizza de quatro queijos

Compre aqui

 


 

Tinto Cabernet Sauvignon chileno, para harmonizar com pizza de calabresa

o Paine Cabernet Sauvignon 2020 375 mL:

Leve, boa acidez, taninos macios; Produtor: VyF Wines; Teor alcoólico: 13%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, frutas negras, pimenta-do-reino, herbáceo; Harmonização: Iscas de contra-filé aceboladas, pizza de calabresa, hambúrguer com bacon, torresmo de pancetta, espaguete ao sugo, queijos semiduros

Compre aqui

 


 

Tinto blend argentino, para harmonizar com pizzas variadas

o Nieto Senetiner Fran Blend 2021:

Macio, sedoso, final agradável; Produtor: Nieto Senetiner; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Cabernet Sauvignon, Syrah e Bonarda (vinho blend); Nariz: Chocolate, pimenta preta, louro, ameixa; Harmonização: Massas ao sugo, pizzas de sabores variados, queijos duros

Compre aqui

 


 

⇒ Tinto Grenache francês, para harmonizar com pizzas variadas

o Château Revelette Vin de France PUR Grenache 2020:

Macio, frutado e final suculento; Produtor: Château Revelette; Teor alcoólico: 13,46%; Uva: Grenache (vinho varietal); Nariz: Morangos maduros, ervas frescas, algo mentolado, terroso e de raspas de limão siciliano; Harmonização: Quiches, pizzas, burgers e entrecot et frites

Compre aqui

 


 

Rosé blend uruguaio, para harmonizar com pizza marguerita

o BO Pinot Noir Rosé 2021:

Um vinho jovem, leve, frutado, acidez média para alta que lhe confere excelente frescor; Produtor: Familia Traversa; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Pinot Noir e Cabernet Franc (vinho blend); Nariz: Intensos aromas de frutas vermelhas silvestres; Harmonização: Iscas de frango empanado, temaki de salmão, pizza marguerita

Compre aqui

 


 

Tinto Primitivo italiano, para harmonizar com pizzas variadas

o Rosso Reale Negroamaro Salento IGT 2019:

Taninos macios, equilibrados e com final longo; Produtor: Angelo Rocca & Figli SRL; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Negroamaro (vinho varietal); Nariz: Aromas de fruta madura como amora e ameixa; Harmonização: Espaguete com almôndegas, pizzas e massas

Compre aqui

 


 

Tinto Pinot Noir argentino, para harmonizar com pizza marguerita

o Manos Negras Pinot Noir 2019:

Frutado, boa acidez, taninos macios; Produtor: Manos Negras; Teor alcoólico: 12,56%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas, floral; Harmonização: Galeto recheado com farofa de bacon, lombo suíno ao forno, filé à parmegiana, pizza marguerita, penne à carbonara, gratinado de batatas com atum

Compre aqui

 


 

Tinto blend português, para harmonizar com pizzas variadas

o Rocinha:

Médio corpo, acidez agradável, taninos presentes; Produtor: Parras Wines; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Uvas nativas (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas, amora, morango, cereja; Harmonização: Risoto de mignon, spaghetti com almôndegas, gnocchi de batatas com molho de tomate, berinjela à parmegiana, pizza

Compre aqui

 


 

O tinto Merlot chileno, mas também para harmonizar com pizza de calabresa

Baron Philippe de Rothschild Mas Andes Reserva Merlot 2018:

Bom corpo, acidez equilibrada, final frutado; Produtor: Baron Philippe de Rothschild; Teor alcoólico: 13%; Uva: Merlot (vinho varietal); Nariz: Frutas negras e um leve tostado; Harmonização: Frango assado com batatas, isca de filé, pizza de calabresa, bisteca de porco acebolada, mix de queijos

Compre aqui

 


 

Tinto Barbera italiano, para harmonizar com pizzas variadas

o Beni di Batasiolo Sabri D.O.C.G. Barbera dAsti 2018:

Amadeirado, frutado, com presença de especiarias, bom corpo e taninos presentes; Produtor: Beni di Batasiolo; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Barbera (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras, com notas de folhas secas, tosta e nuance de especiarias; Harmonização: Risoto de tomate seco e bacon, lombo suíno assado, filé-mignon com molho de frutas vermelhas, pizzas variadas, tagliatelle ao pomodoro, carpaccio de carne, bruschettas de queijo e tomate

Compre aqui

 


 

Tinto blend português, para harmonizar com uma pizza portuguesa

o Esporão Monte Velho Regional Alentejano Tinto 2019:

Intenso e rico, com estrutura sólida e final persistente; Produtor: Esporão; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Trincadeira, Touriga Nacional, Syrah, Aragonez e outras uvas (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas e especiarias; Harmonização: Maminha grelhada com molho de ervas finas, espaguete com almôndegas ao sugo, pizza portuguesa, filé de frango a parmegiana, queijos semimoles

Compre aqui

 


 

Tinto Sangiovese italiano, para harmonizar com uma pizza de calabresa

o San Cetteo Sangiovese 2020:

Harmônico, boa acidez, final persistente; Produtor: Ettore Galasso; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, morango, cereja; Harmonização: Espaguete à bolonhesa, ratatouille, entrecôte com batatas fritas, ravióli de carne com parmesão, stake tartare, pizza calabresa

Compre aqui

 


 

Tinto espanhol blend, para harmonizar com uma pizza de pepperoni

o La Llave Roja Vino de la Tierra de Extremadura IGP 2019:

Fresco, frutado, macio e fácil de beber; Produtor: Bodegas Carlos Plaza; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Tempranillo e Syrah (vinho blend); Nariz: Notas de frescas, menta, frutas pretas, morangos, nuances de geleia; Harmonização: Lasanha de shimeji, pizza de pepperoni, caponata de berinjela

Compre aqui

 


 

Tinto blend italiano, para harmonizar com uma pizza quatro queijos

o Villa D’Ancona Piocaia Rosso di Toscana 2019:

Delicado, persistente, com longo final; Produtor: Fattoria Villa D’Ancona; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Sangiovese e Merlot (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas com toques balsâmicos; Harmonização: Carnes grelhadas, pizzas quatro queijos

Compre aqui

 


 

Tinto Pinot Noir uruguaio, para harmonizar com pizza de cogumelos

o Pueblo del Sol Pinot Noir 2021:

Jovem, frutado, corpo leve para médio e bem estruturado, taninos redondos, boa acidez, refrescante e com final agradável; Produtor: Pueblo del Sol; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Intensos aromas de frutas vermelhas frescas, notas de frutas negras como cassis e amora; Harmonização: Carpaccio de carne, pizza de funghi, yakisoba de cogumelos, atum selado com crosta de gergelim, legumes salteados na manteiga

Compre aqui

 


 

Tinto blend argentino, para harmonizar com uma pizza de calabresa

o Bodega Privada Blend Red Wine 2021:

Macio, equilibrado, taninos harmoniosos; Produtor: RPB; Teor alcoólico: 13,2%; Uvas: Tempranillo, Malbec, Bonarda e Bonámico (vinho blend); Nariz: Notas de frutas vermelhas maduras; Harmonização: Pizza de calabresa, lasanha à bolonhesa, polenta com molho de tomate

Compre aqui

 


 

Tinto Tempranillo espanhol, para harmonizar com uma pizza de calabresa

o Brecking Valley Tempranillo:

Suculento e frutado com taninos redondos e final longo; Produtor: Marqués del Atrio; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Morango e framboesa com toques de especiarias; Harmonização: Pizza de calabresa, massas recheadas e carnes vermelhas

Compre aqui

 


 

Branco Sauvignon Blanc chileno, para harmonizar com uma pizza de rúcula

o De Martino Reserva 347 Vineyards D.O. Casablanca Sauvignon Blanc 2018:

Muita acidez, refletindo muito frescor e leveza, persistência é longa e agradável; Produtor: De Martino; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas cítricas, vegetais e minerais intensas; Harmonização: Risoto de brócolis, aspargos grelhado, pizza de rúcula, batata frita com alecrim, macarrão com abobrinha e bacon frito, hambúrguer de peixe com maionese de ervas

Compre aqui

 


 

Tinto blend argentino, para harmonizar com uma pizza de calabresa

o La Poderosa Cabernet Franc Merlot 2021:

Rica acidez, taninos sedosos, toques frutados e final equilibrado; Produtor: Bodega Del Fin Del Mundo; Teor alcoólico: 14,1%; Uvas: Cabernet Franc e Merlot (vinho blend); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas com toques de especiarias; Harmonização: Bife de alcatra salteado na manteiga de ervas, tábua de queijos e embutidos, pizza de calabresa

Compre aqui

 


 

Tinto Cabernet Sauvignon uruguaio, para harmonizar com uma pizza de pepperoni

o El Taller Cabernet Sauvignon 2020:

Encorpado, taninos presentes e aveludados, acidez média e final longo; Produtor: Aurora Uruguai; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Frutas maduras como morango, cereja e ameixa, com toques de alcaçuz ao final; Harmonização: Kafta de carne, pizza de pepperoni, carré de cordeiro com molho de ervas

Compre aqui

 


 

Tinto blend italiano, para harmonizar com pizzas de quatro queijos

o Marchesi del Salento Vino Rosso:

Fresco, frutado, flexível e com taninos sutis; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas e negras; Harmonização: Pizza de quatro queijos, frango a parmegiana

Compre aqui

 


 

Tinto blend argentino, para harmonizar com pizzas variadas

o Goulart B Black Legion Special Blend Old Vines 2019:

Frutado, elegante, de corpo médio e final redondo; Produtor: Bodega Goulart; Teor alcoólico: 14,2%; Uvas: Malbec e Cabernet Franc (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas com toques de cassis, geléia de cereja, canela e chocolate; Harmonização: Carnes vermelhas grelhadas ou assadas, pizzas e queijos

Compre aqui

 


 

Tinto Cabernet Sauvignon chileno, para harmonizar com pizzas variadas

o Peñalolen Cabernet Sauvignon 2018:

Encorpado, fresco, acidez equilibrada e taninos aveludados; Produtor: Jean-Pascal Lacaze; Teor alcoólico: 14%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Cereja, ameixa, cassis, menta e especiarias picantes; Harmonização: Carnes vermelhas, queijos amarelos, pizzas variadas

Compre aqui

 


 

Tinto blend europeu, para harmonizar com pizza de calabresa

o Subtil Rouge 2020:

Corpo leve, muita fruta, taninos macios; Produtor: Domaine du Père Guillot; Teor alcoólico: 11%; Uvas: Tempranillo, Grenache e Syrah (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas como morango e cereja fresca; Harmonização: Pizza de calabresa, espaguete ao sugo

Compre aqui

 


 

Tinto Cabernet Sauvignon espanhol, para harmonizar com uma pizza de pepperoni

o Ego de Bacco Cabernet Sauvignon 2020:

Rico, vivaz, fresco e estruturado; Produtor: Ipsa Trading; Teor alcoólico: 12%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de frutas silvestres; Harmonização: Queijo Manchego, kebab de cordeiro, pizza de pepperoni

Compre aqui

 


 

Rosé Pinot Noir alemão, para harmonizar com uma pizza caprese

o Ernst Loosen Pfalz Edition Pinot Noir Rosé 2020:

Frutado, leve, boa acidez, final agradável; Produtor: Ernst Loosen; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas; Harmonização: Salada com lascas de salmão grelhado, filé de peixe ao molho mediterrâneo, pizza caprese, anéis de lula na manteiga, moqueca capixaba, torta folhada de frango

Compre aqui

 


 

Tinto Merlot espanhol, para harmonizar com uma pizza portuguesa

o Heredad Ducel Merlot:

Concentrado, fresco, saboroso, amplo e sedoso; Produtor: Reserva De La Tierra; Teor alcoólico: 12%; Uva: Merlot (vinho varietal); Nariz: Frutado com fundo levemente tostado; Harmonização: Carnes vermelhas, massas, pizzas

Compre aqui

 


 

Tinto blend americano, para harmonizar com uma pizza margherita

o Hook & Ladder Station Ten Red Blend 2016:

Intenso, taninos firmes e final persistente; Produtor: Hook & Ladder Winery; Teor alcoólico: 14,8%; Uvas: Zinfandel, Cabernet Sauvignon, Petite Sirah, Carignan e Alicante Bouschet (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas maduras, ameixa, especiarias e chocolate amargo; Harmonização: Tiras de filé mignon com molho barbecue, risoto de cogumelos, lasanha à bolonhesa, pizza margherita, ragu de linguiça

Compre aqui

 


 

Tinto Dolcetto italiano, para harmonizar com pizzas variadas

o Elvio Cogno Mandorlo Dolcetto d’Alba DOC 2020:

Frutado, macio e refrescante; Produtor: Elvio Cogno; Teor alcoólico: 13%; Uva: Dolcetto (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas; Harmonização: Pizzas variadas, queijos, aperitivos

Compre aqui

 


 

O tinto Syrah sul-africano, para harmonizar com uma pizza de calabresa

o Laborie Shiraz 2019:

Estruturado, cheio, suculento e de bom comprimento, com notas de carvalho e taninos intensos; Produtor: KWV; Teor alcoólico: 14%; Uva: Syrah (vinho varietal); Nariz: Aromas predominantemente de ameixa madura, groselha preta e especiarias secas, com toques de anis e cravo; Harmonização: Filet au Poivre, pizza de calabresa, espaguete de pupunha à bolonhesa

Compre aqui

 


 

Tinto Primitivo italiano, para harmonizar com uma pizza de pepperoni

o Via Cassia Primitivo Puglia IGT 2020:

Encorpado, taninos marcados, final frutado; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 13%; Uva: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, tabaco, especiarias; Harmonização: Bife à Rolê, queijo Tulha, pizza de pepperoni

Compre aqui

 


 

Tinto Pinot Noir francês, para harmonizar com uma pizza de marguerita

o Croix d’Or Pinot Noir Pays d’Oc IGP 2019:

Goles frutados, delicados e macios; Produtor: Domaines Montariol Degroote; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Aromas de morangos e cerejas frescas; Harmonização: Cogumelos recheados, pizza de marguerita, penne com molho pesto

Compre aqui

 


 

Tinto blend francês, para harmonizar com uma pizza de calabresa

o Baron Guillot Classique Esprit de Vigneron 2020:

Corpo leve, bom equilíbrio, taninos macios; Produtor: Domaine du Père Guillot; Teor alcoólico: 11%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Morango fresco, amoras e cereja fresca; Harmonização: Pizzas de calabresa, ravioli de queijo ao sugo, quiche lorraine

Compre aqui

 


 

Tinto blend italiano, para harmonizar com uma pizza de quatro queijos

o Miliasso 8 Vites Piemonte DOC 2019:

Encorpado com taninos presentes e macios, sabor frutado com toque especiado e acidez equilibrada; Produtor: Dezzani; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Barbera, Dolcetto, Freisa, Bonarda, Albarossa, Merlot, Syrah e Cabernet Sauvignon (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas com notas de especiarias picantes; Harmonização: Lasanha à bolonhesa, pizza de quatro queijos

Compre aqui

 


 

Tinto blend italiano, para harmonizar com uma pizza de pepperoni

o Grande Alberone La Forza Rosso:

Corpo médio, maciez persistente, notas de ameixa; Produtor: Provinco; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Primitivo, Cabernet Sauvignon e Merlot (vinho blend); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas maduras, com toques de chocolate e baunilha; Harmonização: Pizza de pepperoni, Bistecca alla Fiorentina, bife de alcatra salteado na manteiga de ervas

Compre aqui

 


 

Tinto blend italiano, para harmonizar com uma pizza de pepperoni

o Cesari Jùsto Leggermente Appassite Veneto IGT 2018:

Estruturado, macio e aveludado; Produtor: Cesari; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Corvina e Merlot (vinho blend); Nariz: Aroma intenso de frutas vermelhas maduras como a cereja; Harmonização: Pizza de pepperoni, queijo Camembert, terrine suína

Compre aqui

 


 

Tinto Tempranillo espanhol, para harmonizar com pizzas variadas

o Viñapeña Tempranillo:

Frutado, equilibrado e fácil de beber; Produtor: J. García Carrión; Teor alcoólico: 12%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Frutas negras como ameixa e amora; Harmonização: Pizzas variadas, tábua de embutidos

Compre aqui

 


 

Tinto blend português, para harmonizar com uma pizza de calabresa

o Tratado Douro DOC 2019:

Corpo médio, taninos macios, bastante fruta no final de prova; Produtor: Wine Douro Valley; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Touriga Nacional (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas frescas como morango e cereja; Harmonização: Queijos, pizza de calabresa

Compre aqui

 


 

Tinto Cabernet Sauvignon chileno, para harmonizar com uma pizza de calabresa

o Paisajes de Los Andes Cabernet Sauvignon 2017:

Redondo, equilibrado e saboroso, com acidez agradável e taninos macios; Produtor: Paisajes de Los Andes; Teor alcoólico: 13%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas pretas maduras, especiarias e chocolate; Harmonização: Carnes vermelhas ou de caça, queijos variados, pizza de calabresa

Compre aqui

 


 

Tinto Pinot Noir francês, para harmonizar com pizza de frango com catupiry

o Grand Boury Pays d’Oc Pinot Noir 2019:

Corpo leve, delicado e frutado; Produtor: Domaine du Père Guillot; Teor alcoólico: 13%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas como morango e cereja; Harmonização: Aperitivos, pizzas e massas

Compre aqui

 


 

Tinto País chileno, para harmonizar com pizzas com embutidos

o Viña Bouchon País Salvaje 2019:

Leve, acidez agradável, taninos presentes, rústico; Produtor: Bouchon Family Wines; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: País (vinho varietal); Nariz: Morango, floral; Harmonização: Risoto de queijo e bacon, chouriço frito, empanada de carne, pizzas com embutidos, arroz carreteiro, churrasco

Compre aqui

 


 

Tinto blend italiano, para harmonizar com uma pizza marguerita

o Molin Novo I.G.T. Toscana Rosso 2017:

Corpo de leve para médio, taninos macios, acidez agradável, jovem, frutado, floral; Produtor: Torre Matilde; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Sangiovese e Merlot (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas, frutas negras, floral, especiarias; Harmonização: Risoto de calabresa com tomate, iscas de filé acebolado, escondidinho de carne seca, espaguete ao sugo, pizza marguerita, lasanha de berinjela com queijo

Compre aqui

 


 

Tinto Cabernet Sauvignon brasileiro, só que especificamente bom para harmonizar com uma pizza de quatro queijos

o Cainelli Cabernet Sauvignon 2018:

Corpo médio, sabor frutado e final persistente; Produtor: Cainelli; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas com toque sutil de pimenta do reino; Harmonização: Hambúrguer, pizza de 4 queijos

Compre aqui

 


 

Tinto blend francês, para harmonizar com pizza de lombo defumado

o Joseph Pellerin Reserve A.O.C. Côtes-du-Rhône 2020:

Corpo médio para encorpado, estruturado, frutado com nuances de especiarias, taninos macios, acidez média para alta que lhe confere bom frescor; Produtor: Joseph Pellerin; Teor alcoólico: 14%; Uvas: Grenache, Syrah e Mourvèdre (vinho blend); Nariz: Ameixa, amora, cereja, defumado, especiarias; Harmonização: Carne de panela com batatas, pizza de lombo defumado, penne com ragu de linguiça, lasanha de berinjela, queijos duros

Compre aqui

 


 

Tinto blend italiano, para harmonizar com pizzas variadas

o Villa Puccini Maremma Toscana Rosso DOC 2019:

Um vinho com ótima acidez, fresco e com boa intensidade de fruta; Produtor: Castellani; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Sangiovese, Merlot e Cabernet Sauvignon (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas e negras, como cereja, ameixa e cassis, além de toques de cacau e cedro; Harmonização: Massa ao sugo, carnes vermelhas e pizzas variadas

Compre aqui

 


 

Tinto Tempranillo espanhol, para harmonizar com pizzas variadas

o Dale Alegría Sangria Red:

Fresco, com sabor doce de frutas cítricas e especiarias; Produtor: Bodegas Navarro Lopez; Teor alcoólico: 8%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Aromas cheios de frutas e especiarias; Harmonização: Pizzas variadas, aperitivos

Compre aqui

 


 

Tinto Cabernet Sauvignon francês, para harmonizar com pizzas variadas

o Subtil Cabernet Sauvignon 2019:

Macio, frutado e equilibrado; Produtor: Domaine du Père Guillot; Teor alcoólico: 12%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas; Harmonização: Pizzas e queijos

Compre aqui

 


 

Tinto blend francês, majoritariamente de Merlot, para harmonizar com uma pizza de calabresa

o Château Bentejac A.O.C. Bordeaux 2018:

Elegante, com taninos macios e final com notas de violeta e amêndoa; Produtor: Tutiac; Teor alcoólico: 14%; Uvas: Merlot e Cabernet Sauvignon (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas, cereja preta e especiarias; Harmonização: Filé ao molho de pimentas verdes, tender com molho de frutas vermelhas, lombo com molho agridoce, pizza de calabresa, lasanha de berinjela

Compre aqui

 


 

Tinto Tinta Roriz português, para harmonizar com pizzas variadas

o Malva Vinho Regional Terras do Dão 2018:

Taninos macios, equilibrado e redondo, com acidez marcante; Produtor: Caminhos Cruzados; Teor alcoólico: 13%; Uva: Tinta Roriz (vinho varietal); Nariz: Frutas maduras como morango, cereja e ameixa; Harmonização: Carnes vermelhas, pizzas variadas, pratos da culinária portuguesa

Compre aqui

 


 

Rosé Garnacha espanhol, também para harmonizar com pizza marguerita

o The Wine System Rosenium D.O. Navarra 2020:

Frutado, fresco e final agradável; Produtor: Bodegas Príncipe de Viana; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Garnacha (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, morango e flores; Harmonização: Pizza marguerita, camarão alho e óleo, coxinha de frango, moqueca baiana, mix de cogumelos, quiche de espinafre e presunto, tomates recheados

Compre aqui

 


 

Tinto blend português, para harmonizar com pizzas com ingredientes leves

o Travessia Tinto 2019:

Corpo leve, taninos sutis, acidez moderada e muita fruta; Produtor: Casa Agrícola Paciência; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Touriga Nacional, Trincadeira e Syrah (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas maduras como morango e cereja; Harmonização: Pizzas variadas, queijos amarelos

Compre aqui

 


 

Tinto Negroamaro italiano, para harmonizar com pizzas variadas

o Rosso Reale Negroamaro 2018:

Taninos macios, equilibrados e com final longo; Produtor: Angelo Rocca E Figli Srl; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Negroamaro (vinho varietal); Nariz: Aromas de fruta madura como amora e ameixa; Harmonização: Espaguete com almôndegas, pizzas e massas

Compre aqui

 


 

Rosé Syrah português, também para harmonizar com pizza marguerita

o JP Azeitão Seleção do Enólogo Syrah Rosé 2020:

Um vinho leve, com acidez presente, refrescante e notas frutadas; Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal; Teor alcoólico: 12,6%; Uva: Syrah (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas, morango, framboesa, amora e notas florais; Harmonização: Risoto de camarão, iscas de peixe empanado, pizza marguerita, saladas caprese, bolinho de arroz, yakisoba de legumes

Compre aqui

 


 

Tinto blend português, para harmonizar com pizzas variadas

o Monte do Pardal:

Harmonioso, frutado; Produtor: Caves da Montanha; Teor alcoólico: 14%; Uvas: Touriga Nacional, Aragonez e Alicante Bouschet (vinho blend); Nariz: Frutas maduras e especiarias; Harmonização: Queijos amarelos, pizzas

Compre aqui

 

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados:

Os 8 principais produtores da Cabernet Sauvignon
Hoje vamos falar sobre a rainha das uvas tintas: a Cabernet Sauvignon. Essa uva incrível, como mostra o...
Temperos e especiarias - Como combiná-los com vinhos?
Combinar temperos e vinhos não é tão difícil e podemos provar! Confira as características mais marcantes e os...
Azeites - Harmonização com vinhos e benefícios à saúde 5
Saber usar bons azeites faz toda a diferença na hora de cozinhar. Mas, tão importante quanto entender a...
Como fazer vinho quente? 8 Receitas incríveis!
O friozinho de junho pede por vinho quente, seja de vinho tinto ou branco Inverno, frio, festa junina,...
Tournedo Rossini - Receitas e harmonização com vinhos
Mais espesso que o medalhão, o Tournedo Rossini é um clássico francês que ganhou o mundo Como um...
Cupom de descontos em vinhos especiais para pessoas especiais
Cupom de desconto em vinhos – Como usar? QUERODENOVO – 5% OFF Válido somente para compras e acima...