Vinho para o verão, seus sabores e temperatura

Vinho para o verão, seus sabores e temperatura

Natal, Ano Novo, férias… muitos sabores agradáveis são experimentados neste período. Estamos no verão! É útil conhecer um bom guia para uma seleção de vinhos adequados para o período. Então, como encontrar as suas escolhas perfeitas?

“Um excelente vinho de verão, como qualquer outro, deve complementar a refeição, o ambiente e a temperatura”, diz Richard Kemp, gerente geral do The Gantry Bar and Restaurant, em Sydney. “Um cenário formal pode se adequar a um Chablis mais opulento ou a um chardonnay envelhecido, enquanto um piquenique – talvez um rosé atrevido”.

Expectativas da uva

Embora não exista uma definição única de um vinho de verão perfeito, algumas variedades se adaptam melhor à estação. Em vez de vinhos tintos, ricos e arrojados, procure tintos, brancos e rosados ​​com um perfil frutado e muita acidez com tendência a um sabor mais refrescante e fresco. Geralmente, climas frios e alta altitude tendem a produzir maior acidez.

Os longos dias de verão podem incentivar sessões prolongadas apreciando um bom vinho, por isso faz sentido uma bebida mais fácil com o álcool. Um ABV mais baixo (álcool em volume) – idealmente abaixo de 12% – é seu amigo para o vinho de verão.

O tempo no carvalho contribui para vinhos mais pesados, então opte por brancos sem carvalho para manter as coisas leves. A maioria dos Sauvignon Blancs e o Albarino varietal espanhol geralmente fogem do carvalho; Chardonnay sem carvalho é muito mais favorável ao verão do que sua grande encarnação caramelada e amanteigada, e um Hunter Valley Semillon magro e cítrico sem carvalho é verão puro em uma garrafa. Produzido em clima frio, o Verdehlo escolhido cedo é outro vinho seco e refrescante, com um delicioso e acessível caráter de frutas tropicais, feito para praia e piscina.

Enquanto a maioria dos vinhos tintos é envelhecida em carvalho, algumas variedades são decididamente mais leves; procure Pinot Noir, Gamay (a uva por trás do jovem e fácil de beber Beaujolais Nouveau), Grenache e Merlot. Entre esses tintos mais claros estão algumas variedades menos familiares que vale a pena explorar no verão, como Graciano, Barbera e Dolcetto.

O fator de resfriamento

A velha regra de servir tintos à temperatura ambiente foi deixada de lado, e os especialistas em vinhos lhe dirão que muitos tintos esfriam lindamente.

“Gosto de tomar refrigerantes com meu churrasco”, diz Richard Kemp. “Vinhos como Pinot Noir, Bonarda argentino ou tinto brilhante funcionam muito bem”.

Mas lembre-se de que nem todos os vermelhos gostam de frio. Os grandes vinhos arrojados com taninos pesados ​​- Cabernet Sauvignon ou Malbec – ficam amargos à medida que esfriam. E isso não é cerveja, então frio não deve significar gelado. A melhor temperatura para um vermelho resfriado é de 15 a 18 graus moderados, facilmente alcançável com apenas 20 minutos na geladeira.

“Lembre-se também de que brancos mais claros devem ser mantidos mais frios que os encorpados”, diz Richard Kemp.

Combinações perfeitas

Vinho para o verão, seus sabores e temperatura - ostras
Ostras recém descascadas – Fonte: Hotspots2c

Ostras recém-descascadas combinam lindamente com brancos nítidos e sem carvalhos; experimente um Sauvignon Blanc ou um Riesling.

As vieiras, o sashimi e os mariscos também adoram Riesling,  oferecendo secura, acidez e cítricos ideais. Os pratos de peixe grelhado combinam bem com Pinot Grigio, Marsanne ou Vermentino.

Frutos do mar também são ideais para rosés, para todos os tipos. O animado e vibrante Cabernet Sauvignon rosé encontra seu sabor nos pratos mais saborosos, e um Grenache rosé delicadamente seco se casa muito bem com mariscos simplesmente cozidos ou crus.

Combinar o vinho certo com frutos do mar – ou qualquer prato – diz Richard Kemp, é melhor fazer com o estilo de cozinhar em mente. “Eu combinaria um vinho dependendo do que você está servindo com os frutos do mar. Por exemplo, se você servisse uma maionese cremosa com camarão, eu combinaria um Chardonnay“.

Churrascos oferecem muitas oportunidades para quebrar esses vermelhos. Sangiovese combina com as notas de carvão, enquanto o Merlot macio e frutado ama carnes assadas e grelhadas, e um Syrah cintilante é um prato festivo por um motivo: é o companheiro perfeito para carnes brancas e assados, enquanto o frio e as bolhas atenuam suas notas mais pesadas .

Vinho para o verão, seus sabores e temperatura - Vinho Rosé com frutos do mar
Vinho Rosé com frutos do mar – Fonte: Freixenet

Abaixo, um guia completo na arte de emparelhar vinho e comida de verão

Antes de impressionar seus convidados com suas incríveis habilidades de emparelhamento de vinhos, existem alguns conceitos que você deve entender. Isso ajudará você a expandir seu conhecimento para outros vinhos e pratos. Primeiro, você precisa conhecer os seis gostos básicos do vinho. Ao decidir sobre pares, estes são os gostos que você deve procurar:

– Acidez

– Amargor

– Gordura

– Picante

– Sal

– Doce

Ácido, amargo e tempero se chocam. Por exemplo, evite emparelhar coisas altamente ácidas com algo amargo. Os outros três gostos – doce, gorduroso e sal – todos combinam bem um com o outro.

A maioria do vinho não tem os gostos de gordura, tempero e salinidade; no entanto, isso funciona a seu favor, pois ajudará você a encontrar essas anotações na comida. No que diz respeito aos outros três sabores, os vinhos tintos terão mais amargura, os brancos e os rosés serão mais ácidos, e os doces serão – você adivinhou – mais doces. Compreender esses gostos variados é um passo importante na compreensão do emparelhamento de vinhos e alimentos.

Em segundo lugar, o emparelhamento de vinho e comida depende da ideia de gostos congruentes (ou complementares) e contrastantes. Combinações complementares combinam bem os gostos opostos no vinho e na comida. Por exemplo, um vinho branco picante, como Pinot Grigio, complementa a gordura e o creme encontrados em um macarrão cozido. Emparelhamentos congruentes combinarão gosto com gosto; por exemplo, se você pegar o mesmo macarrão com queijo e o combinar com um Chardonnay cremoso.

Por fim, existem algumas outras dicas rápidas que ajudarão você a solidificar o guia para iniciantes de harmonização de vinhos.

– Seu vinho deve ser mais ácido e mais doce que a comida.

– Tente combinar a intensidade do sabor entre vinho e comida.

– É melhor combinar vinhos com o molho do prato do que com carne.

 

Guia de harmonização de vinhos e alimentos de verão

Combinações de vinhos brancos de verão

1. Albariño

A alta acidez deste vinho espanhol, os refrescantes sabores cítricos e uma nota de salmoura fazem dele um parceiro perfeito para pratos de frutos do mar. Albariño é um vinho incrível para o verão; tem corpo leve e baixa doçura, por isso combina bem com peixe salgado.

Emparelha perfeitamente com:

Peixe grelhado como robalo ou lula

Vieiras grelhadas

Ostras frescas e cruas

 

2. Pinot Grigio

Como os perfis de sabor do pinot gris podem variar significativamente, dependendo da região, você precisa investigar cada garrafa que compra. Se você está saboreando frutos do mar frescos e não sabe ao certo qual garrafa de vinho pedir, o pinot grigio é sempre uma opção estável e deliciosa.

Emparelha perfeitamente com:

Lagosta fresca e amanteigada, grelhada ou cozida

Camarão crioulo pesado com alho e limão

Frango e legumes grelhados

 

3. Sauvignon Blanc

Outra opção versátil, leve uma garrafa de sauvignon blanc para o próximo churrasco. É infinitamente favorável à comida – se você não sente frutos do mar, tudo bem. Este vinho é cremoso, picante, ácido e macio. Preste atenção aos perfis de sabor para obter um emparelhamento extra delicioso.

Emparelha perfeitamente com:

Sushi

Legumes grelhados e assados ​​(em massa ou por conta própria)

Vários pratos de comida tailandesa repletos de perfis de especiarias ou frutas cítricas

Vinho para o verão, seus sabores e temperatura - Vinho com comida japonesa
Branco com comida japonesa – Fonte: Wasabi Steakhouse

4. Chardonnay

Esse vinho branco pode ser um desafio para combinar com os alimentos de verão, por isso é preciso ter cuidado – os alimentos picantes podem facilmente sobrecarregar a natureza sutil do vinho. Os sabores redondos e harmoniosos de Chardonnay podem ser fortemente (e desastrosamente) afetados por sabores fortes. Emparelhe o vinho amanteigado com outros sabores ricos e leves.

Emparelha perfeitamente com:

Frango assado ou porco

Pratos cremosos de massa, como um farfalle alfredo

Uma tábua de charcutaria cheia de queijo

Combinações de vinho tinto de verão

5. Pinot Noir

Encontre o Pinot Noir de clima frio perfeito para uma bebida fresca e refrescante no jantar. O corpo leve e as notas frutadas do vinho o tornam um vermelho perfeito para o verão. É um dos vinhos tintos mais versáteis, combinando maravilhosamente com carne e peixe.

Emparelha perfeitamente com:

Brusqueta clássica e fresca

Costeletas de porco grelhadas

Macarrão com molho vermelho claro

Vinho para o verão, seus sabores e temperatura - Pinot Noir com Brusqueta
Pinot Noir com Brusqueta – Fonte: Disneyland Today

6. Lambrusco

Existem algumas opções que você pode usar ao emparelhar alimentos com Lambrusco. A maioria das pessoas gravita em direção ao doce e refrescante Lambrusco di Sorbara, perfeito para dias na praia. No entanto, quando você quiser emparelhar Lambrusco com o jantar, opte pelo Lambrusco secco mais refinado e autêntico – totalmente seco, perfeitamente ácido e bastante frutado.

Emparelha perfeitamente com:

Bratwurst e chucrute grelhados

Sanduíche de carne de porco para churrasco

Confit de pato

7. Frappato

Os tintos refrigerados são a melhor combinação para frango grelhado e somos obcecados pelo vinho siciliano Frappato. É rico em mineralidade e possui um perfil de sabor a morango e manjericão confuso. O vinho do verão é rico em ácido, sem taninos. Você deve esfriar esse vinho antes de emparelhar e servir.

Emparelha perfeitamente com:

Frango grelhado agradavelmente carbonizado

Espadarte e outras espécies de peixes grandes

Queijos e tomates frescos

8. Carménère

Originalmente confundido com o Merlot, o Carménère é um vinho tinto fácil de beber e um pouco mais encorpado. Um bom vinho de verão, quando servido levemente gelado, é o vermelho que você deseja emparelhar com o seu bife perfeitamente preparado. Rico em sabores de violetas e cerejas vermelhas, o vinho combina bem com pratos de carne e é fabuloso quando reduzido ao molho.

Emparelha perfeitamente com:

Um bife grosso e suculento

Costeleta de cordeiro com crosta de ervas

Salada mediterrânea cheia de pimentões e folhas escuras e folhosas

Vinho para o verão, seus sabores e temperatura - Tinto com costeleta de cordeiro
Tinto com costeleta de cordeiro – Fonte: Ferrari-Carano

Combinações de vinho rosé no verão

9. Grenache Rosé

Um vinho para ajudá-lo a lidar com aqueles dias de verão insuportavelmente quentes, o Grenache Rosé combina maravilhosamente taninos e acidez para deixá-lo com um sabor refrescante. Com um tinto mais profundo na escala do rosé, os vinhos Grenache estão cheios de sabores de frutas silvestres e cerejas que são adoráveis ​​para acompanhar suas saladas favoritas.

Emparelha perfeitamente com:

Salada de camarão e alcachofra com vinagrete de limão

Envoltório de salada Caesar

Pão sírio vegetariano

Vinho para o verão, seus sabores e temperatura - Rosé com salada de camarão
Rosé com salada de camarão – Fonte: Asian Test Kitchen

10. Sangiovese Rosé

Outra opção fabulosa de rosé, os Sangiovese Rosé estão cheios de notas de melão, pêssego e rosa. Na cor rosa salmão, é melhor servir este rosé refrigerado para mostrar as várias camadas do vinho. É um vinho ousado o suficiente para lidar com uma grande variedade de alimentos – não importa o que você decida fazer no jantar, o Sangiovese Rosé provavelmente pode lidar com isso.

Emparelha perfeitamente com:

Frango com laranja ou teriyaki

Salada Caprese e presunto

Caril tailandês

Vinhos certos para verão, compre abaixo:

 

O branco Sauvignon Blanc americano

Intrinsic Sauvignon Blanc 2021:

Equilibrado, fresco, e com ótima acidez; Produtor: Chateau Ste. Michelle; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Toranja madura, pêssego e lima, com um toque de lavanda, flores brancas e eucalipto; Harmonização: Ceviche, culinária japonesa e frutos do mar

Compre aqui

 


 

O branco Riesling alemão

Gustav Riesling Trocken Rheinhessen 2022:

Fresco, acidez equilibrada e mineralidade marcante; Produtor: Moselland; Teor alcoólico: 12%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Aromas intensos de frutas cítricas e maçã-verde, com nuances minerais; Harmonização: Carnes brancas, frutos do mar, queijos, risoto e massas de molho branco, saladas e aperitivos

Compre aqui

 


 

O rosé blend português

Portada Winemaker’s Selection Rosé 2022:

Saboroso, refrescante e macio; Produtor: DFJ; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Caladoc, Castelão, Shiraz, Tinta Roriz e uvas variadas (vinho blend); Nariz: Perfumado, com notas de maçã e frutos vermelhos maduros; Harmonização: Carnes brancas, frutos do mar, saladas e aperitivos

Compre aqui

 


 

O branco Pinot Grigio brasileiro

Alísios Pinot Grigio 2023:

Fresco, macio, com acidez equilibrada e boa intensidade de fruta; Produtor: Miolo Wine Group; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Pêssego, abacaxi e flores brancas; Harmonização: Carnes brancas, frutos do mar, saladas e aperitivos

Compre aqui

 


 

O rosé blend francês

Estandon Alpilles IGP 2021:

Harmonioso e refrescante, com notas frutadas e acidez delicada; Produtor: Estandon; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Cinsault, Grenache e Syrah (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas vermelhas frescas e cítricas; Harmonização: Canapés, legumes, saladas, frutos do mar, peixes

Compre aqui

 


 

O tinto Marselan uruguaio

Garzon Marselan Reserva:

Fresco, frutado e suave no paladar, porém com um final intenso e prolongado; Produtor: Bodega Garzón; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Marselan (vinho varietal); Nariz: Expressão marcada de frutos vermelhos maduros, com notas minerais; Harmonização: Carnes assadas com vegetais à provençal ou cozidos de porco com linguiça, feijões e batatas, queijos fortes e de aromas intensos

Compre aqui

 


 

O tinto Pinot Noir neozelandês

Cloudy Bay Pinot Noir 2020:

Vinho jovem, corpo leve para médio, expressivamente frutado, taninos sedosos, acidez média para alta, agradável frescor; Produtor: Cloudy Bay; Teor alcoólico: 14%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas pretas maduras como amoras e cerejas, toque floral e mineral; Harmonização: Magret de pato, sanduíche de pastrami, atum selado com gergelim, peru assado, nhoque de batata com molho de manteiga, sálvia e nozes

Compre aqui

 


 

O rosé Cabernet Sauvignon chileno

Santa Helena Reservado Rosé:

Vinho jovem e equilibrado, fortemente expressivo e com fruta fresca, agradável e fácil de beber; Produtor: Santa Helena; Teor alcoólico: 13%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas, como cereja e morango; Harmonização: Carnes brancas, entradas leves, queijos e frutos do mar

Compre aqui

 


 

O branco blend francês

Maison de Vigneron blanc IGP Côtes de Gascogne 2021:

Aromático, fresco, elegante, longa persistência; Produtor: Boutinot; Teor alcoólico: 11,5%; Uvas: Colombard e Ugni Blanc (vinho blend); Nariz: Aromas de lima, nectarina madura e toranja; Harmonização: Bacalhau gratinado, cuscuz marroquino, suflê de mandioquinha

Compre aqui

 


 

O tinto blend chileno

Concha Y Toro Reservado Sweet Red:

Equilibrado, fresco, doce, final persistente; Produtor: Concha Y Toro; Teor alcoólico: 9,5%; Uvas: Várias uvas (vinho varietal); Nariz: Frutas como amora, cereja e ameixa e notas florais; Harmonização: Carnes vermelhas, massas ao molho sugo e sobremesas, principalmente de frutas

Compre aqui

 


 

O espumante blend francês

Maison Castel Cuvée Blanche Brut Kaleidoscope:

Frutado, com frescor agradável e deliciosa harmonia; Produtor: Castel; Teor alcoólico: 11%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Notas de flores brancas e frutas cítricas, com nuances de pera; Harmonização: Arroz de mariscos, peixe assado com molho de camarão e Tarte Tatin com peras e tomilho

Compre aqui

 


 

O rosé blend português

Vinha do Lourenço Colheita Selecionada DOC Dão Rosé 2021:

Frutado, fresco, elegante, com saborosa persistência; Produtor: União Comercial da Beira; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Vinhão, Borraçal e Espadeiro (vinho blend); Nariz: Intenso em frutos vermelhos frescos, sendo predominante em morango e framboesa; Harmonização: Espetinho de camarão, escondidinho cremoso de salmão, salada caprese no palito

Compre aqui

 


 

O branco blend português

370 Léguas DOC Douro Branco 2020:

Corpo de leve para médio, acidez agradável, frutado; Produtor: Parras Wine; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Moscato Giallo, Malvasia Fina e Viosinho (vinho blend); Nariz: Frutas brancas e frutas cítricas; Harmonização: Filé de peixe grelhado, bruschetta tradicional, coxinha de frango, sardinhas à tanoeiro, empadão de palmito, penne Alfredo

Compre aqui

 


 

O tinto Pinot Noir chileno

Viña Carrasco DO Valle Central Pinot Noir 2022:

Vinho jovem, corpo leve, frutado, taninos sutis, acidez média para alta, refrescante; Produtor: Luis Felipe Edwards; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas como cereja e framboesa, toques florais; Harmonização: Sanduíche de rosbife, risoto caprese, escondidinho de linguiça, penne ao sugo

Compre aqui

 


 

O rosé Tempranillo espanhol

Etéreo DO Valencia Tempranillo Rosé 2021:

Fresco, frutado e final longo; Produtor: Bodegas Arráez; Teor alcoólico: 12%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Flores, morango e cereja; Harmonização: Risoto de camarão, iscas de peixe empanado, bolinho de arroz, saladas caprese, pizza marguerita, yakisoba de legumes

Compre aqui

 


 

O branco Macabeo espanhol

Etéreo Macabeo 2020:

Suave, refrescante e final agradável; Produtor: Bodegas Arráez; Teor alcoólico: 12%; Uva: Macabeo (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, maçã verde, nozes; Harmonização: Anéis de lula, peixe frito, casquinha de siri, acarajé, pizza de pesto, tapas, ceviche de peixe branco, salada de folhas verdes

Compre aqui

 


 

O rosé Cabernet Sauvignon chileno

U by Undurraga Valle Central Rosé 2021:

Um vinho jovem, leve, frutado, acidez média que lhe confere agradável frescor; Produtor: Undurraga; Teor alcoólico: 13%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Intensos aromas de frutas vermelhas, sutis notas herbáceas; Harmonização: Carpaccio de carne, quiche de tomate seco, filé de frango com legumes

Compre aqui

 


 

O branco blend português

Alfacinha Regional Lisboa Branco 2019:

Boa acidez, equilibrado, final agradável; Produtor: Parras Wines; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Fernão Pires e Arinto (vinho blend); Nariz: Flores brancas e frutas cítricas; Harmonização: Peixes, ceviche, saladas, quiche de palmito, salada caprese

Compre aqui

 


 

O rosé blend espanhol

Viña Oria DOP Cariñena Garnacha Tempranillo Rosé 2021:

Vinho jovem, leve, frutado, equilibrado, acidez média para alta, agradável frescor; Produtor: Covinca; Teor alcoólico: 13%; Uva: Garnacha e Tempranillo (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas frescas como morango, cereja e framboesa; Harmonização: Temaki de salmão, espetinho de camarão, nhoque ao molho branco

Compre aqui

 


 

O branco Riesling americano

Eroica Riesling 2019:

A acidez e a mineralidade são as principais características deste vinho; Produtor: Ste. Michelle; Teor alcoólico: 12%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Aromas de lima doce e tangerina com notas minerais sutis; Harmonização: Harmonize com sushi, pad-thai, frutos do mar e queijos frescos

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay francês

William Fevre Chablis 2018:

Boca fresca e macia, sustentada por uma agradável mineralidade; Produtor: William Fevre; Teor alcoólico: 12%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Abertura de buquê fresco e elegante, com notas cítricas, frutas brancas e flores; Harmonização: Peixe grelhado ou em molho leve, frutos do mar, ostras, sushi

Compre aqui

 


 

O branco blend português

Travessia Branco 2020:

Refrescante e harmonioso, com acidez agradável; Produtor: Adega Cooperativa de Pinhel, CRL; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Síria, Fonte Cal (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas cítricas; Harmonização: Frutos do mar, sushis, massas ao pesto, carnes brancas

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay francês

William Fevre Petit Chablis 2019:

Um vinho leve, fresco e de boa persistência; Produtor: William Fevre; Teor alcoólico: 12%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Bouquet marcado por grande frescura. Notas frutadas, florais e minerais; Harmonização: Ostras, frutos do mar ou peixes mais gordurosos

Compre aqui

 


 

O branco Sauvignon Blanc chileno

Pionners Sauvignon Blanc 2022:

Fresco, delicado, e com boa acidez; Produtor: Cremaschi Furlotti; Teor alcoólico: 12%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Elegante aroma de flores cítricas; Harmonização: Salmão grelhado, risoto de arpargos com Brie, camarões salteados na manteiga

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay francês

William Fevre Chablis Les Bougros Grand Cru 2016:

Boca amplo, redondo, firme e com acidez intensa ao mesmo tempo; Produtor: William Fevre; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Bouquet rico com notas minerais intensas; Harmonização: Peixes, crustáceos, frutos do mar grelhados ou em molho cremoso

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay francês

William Fevre Chablis 2019:

Paladar intenso, com ótima estrutura e suavidade, final longo; Produtor: William Fevre; Teor alcoólico: 12%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aromas de grande fineza evoluindo com notas cítricas, frutas brancas e flores; Harmonização: Peixe grelhado ou com molho, frutos do mar, ostras

Compre aqui

 


 

O rosé Negroamaro italiano

Stardust Edição Limitada Gemini Negroamaro Rosato Puglia IGT 2020:

Refrescante, frutado, agradável, saboroso, e fácil de beber; Produtor: Mondo del Vino; Teor alcoólico: 12%; Uva: Negroamaro (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas vermelhas e flor de laranjeira; Harmonização: Canapés, saladas com tomate cereja, camarão frito

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay chileno

Baron Philippe de Rothschild Mas Andes Reserva Chardonnay 2021:

Corpo leve para médio, frutado, acidez média que lhe confere agradável frescor, final persistente; Produtor: Baron Philippe de Rothschild; Teor alcoólico: 14%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas e tropicais, abacaxi, manga; Harmonização: Filé de peixe frito como molho tártaro, strogonoff de frango, espaguete ao pesto com tomate cereja

Compre aqui

 


 

O rosé Malbec argentino

Perlita Rosado 2019:

Frutado, fresco e bem arredondado em boca; Produtor: Bodega DiamAndes; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, morango, framboesa e cereja; Harmonização: Risoto de camarão, escalope de filé ao sugo, lombo suíno ao forno, linguine ao sugo, queijos semi moles

Compre aqui

 


 

O branco blend português

JP Azeitão Seleção do Enólogo Moscatel Graúdo Fernão Pires 2020:

Um vinho jovem, leve, com boa acidez e refrescante; Produtor: Bacalhôa Vinhos de Portugal; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Fernão Pires e Moscatel Graúdo (vinho blend); Nariz: Frutado com notas de frutas cítricas amarelas e floral; Harmonização: Peroá com fritas, frango à milanesa, bolinho de bacalhau, batatas recheadas com ricota e espinafre

Compre aqui

 


 

O branco Tempranillo Blanco espanhol

Navaldar DOCa Rioja Blanco 2021:

Vinho jovem, leve, frutado com predominância de frutas cítricas e de caroço, volumoso, acidez vibrante que proporciona agradável frescor, final longo e elegante; Produtor: Bodegas D. Mateos; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Tempranillo Blanco (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas de caroço como pêssego e nectarina, frutas cítricas como limão e toranja, toques herbáceos que lembram manjericão; Harmonização: Filé de peixe grelhado com legumes, risoto de damasco com amêndoas e queijo, camarão na moranga

Compre aqui

 


 

O branco blend português

Pêra Doce Regional Alentejano Branco 2020:

Leve, boa acidez, fácil de beber; Produtor: Parras Wine; Teor alcoólico: 12,5%; Uvas: Arinto e Antão Vaz (vinho blend); Nariz: Frutas brancas frescas, cítrico, mineral; Harmonização: Iscas de peixe frito, espetinho de camarão, bruschetta, tomates recheados, legumes grelhados, salada com frango grelhado

Compre aqui

 


 

O rosé blend português

Travessia Rosé:

Equilibrado, macio e refrescante; Produtor: Jaws; Teor alcoólico: 11,5%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Aroma fresco de frutas vermelhas, como morango, e notas florais; Harmonização: Carnes brancas, massas e pizzas leves, e comida asiática

Compre aqui

 


 

O branco Sauvignon Blanc chileno

Nattitude Gran Reserva Sauvignon Blanc 2020:

Acidez viva, frutado e final agradável; Produtor: Casas del Toqui; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas tropicais, toranja e um toque herbáceo; Harmonização: Tilápia na brasa com alcaparras, crepe com queijo, tomate e manjericão, pizza de palmito e aspargos, salada de grão de bico e frango com molho de maracujá

Compre aqui

 


 

O branco Sauvignon Blanc chileno

Totihue Classic Sauvignon Blanc 2019:

Paladar vivo, fresco e final agradável; Produtor: Casas del Toqui; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Vinho muito fresco com aromas intensos de frutas tropicais e notas minerais; Harmonização: Espetinho de camarão, risoto de queijo, pizza de palmito, calzone de brócolis, ceviche

Compre aqui

 


 

O branco Vermentino italiano

Canceddi Vermentino Terre Siciliane IGT 2019:

Refrescante e aromático; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 13%; Uva: Vermentino (vinho varietal); Nariz: Notas herbáceas e de jasmim; Harmonização: Arancini, carpaccio de tilápia, polvo grelhado

Compre aqui

 


 

O tinto Gamay francês

Château de Pierreux La Réserve du Château AOC Brouilly 2019:

Corpo leve, frutado com nuances minerais, equilibrado, elegante, taninos sedosos, acidez vibrante, agradável frescor; Produtor: Château de Pierreux; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Gamay (vinho varietal); Nariz: Frutas pretas como amoras e mirtilos, notas florais, toques de especiarias e mineral; Harmonização: carpaccio de carne, nhoque ao sugo, risoto de linguiça com cebola crispy, queijos mais cremosos

Compre aqui

 


 

O branco Pinot Grigio italiano

Conte Fosco D.O.C. Delle Venezie Pinot Grigio 2020:

Suave, delicado e fresco; Produtor: Terre Cevico; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Grigio (vinho varietal); Nariz: Notas de maçã, pera e cítricos; Harmonização: Entradas, frutos do mar e aves

Compre aqui

 


 

O branco Moscato brasileiro

Monte Paschoal Virtus Moscato 2020:

Leve, fresco com final ligeiro e agradável; Produtor: Monte Paschoal; Teor alcoólico: 11%; Uva: Moscato (vinho varietal); Nariz: Pêssego, lichia, limão e notas de acácia; Harmonização: Frutos do mar, risoto de camarão, taco de frango desfiado com pimenta jalapenho, atum selado com gergelim, coxinha, dadinho de tapioca, acarajé

Compre aqui

 


 

O tinto Pinot Noir uruguaio

Pueblo del Sol Pinot Noir 2021:

Jovem, frutado, corpo leve para médio e bem estruturado, taninos redondos, boa acidez, refrescante e com final agradável; Produtor: Pueblo del Sol; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Intensos aromas de frutas vermelhas frescas, notas de frutas negras como cassis e amora; Harmonização: Carpaccio de carne, pizza de funghi, yakisoba de cogumelos, atum selado com crosta de gergelim, legumes salteados na manteiga

Compre aqui

 


 

O rosé blend português

Pomar Rosé Vinho Regional Lisboa 2020:

Frutado, muito saboroso, macio, elegante; Produtor: DFJ; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Shiraz, Caladoc e Castelão (vinho blend); Nariz: Notas de maçã e frutas vermelhas maduras; Harmonização: Saladas, sopas, sushi, gastronomia indiana

Compre aqui

 


 

O branco blend português

Flor de Sal III Silver Antão Vaz Chardonnay Vinho Regional Alentejano 2020:

Delicado, frutado, macio, elegante; Produtor: Ervideira; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Antão Vaz e Chardonnay (vinho blend); Nariz: Aromas frutados, com destaque para notas tropicais; Harmonização: Queijo Coalho à milanesa, camarão na moranga, vinagrete de polvo

Compre aqui

 


 

O rosé blend português

Flor de Sal IV Bronze Aragonez Touriga Nacional Vinho Regional Alentejano 2020:

Boa acidez e corpo, com final de boca elegante e equilibrado; Produtor: Ervideira; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Aragonez e Touriga Nacional (vinho blend); Nariz: Aromaticamente intenso, com notas de frutas vermelhas e damasco; Harmonização: Salmão grelhado, lula à dorê, salpicão de frango

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay italiano

Canceddi Chardonnay Sicilia DOC 2019:

Agradável e fresco; Produtor: Cantine Settesoli; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Notas de frutas maduras e ervas frescas; Harmonização: Calamarata com lulas, peixe branco grelhado com cuscuz marroquino, camarão à Provençal

Compre aqui

 


 

O rosé blend brasileiro

Lidio Carraro Faces do Brasil Rose Pinot Noir 2020 187,5mL:

Ótimo volume, boa acidez, fresco e profundo, com retrogosto frutado e notas minerais; Produtor: Lidio Carraro; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Pinot Noir, Merlot e Touriga Nacional (vinho blend); Nariz: Notas de rosas, pêssego, framboesa, morango e cereja, e um toque de especiarias; Harmonização: Carnes brancas, frutos do mar, pizzas e sushis

Compre aqui

 


 

O branco Riesling brasileiro

Arbo Reservado Riesling:

Leve, refrescante e harmonioso; Produtor: Casa Perini; Teor alcoólico: 11%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Frutado cítrico com elegantes notas de flores brancas; Harmonização: Canapés, frutos do mar, peixes, carnes brancas e risotos leves

Compre aqui

 


 

O rosé blend italiano

Carpineto Dogajolo I.G.T. Toscano Rosato 2020:

Fácil de beber, boa acidez, frutado e gastronômico; Produtor: Carpineto; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Canaiolo e Sangiovese (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas frescas, como morango e groselha, associadas aos toques florais; Harmonização: Ceviche de camarão, bobó de frango, pernil grelhado, peixe com fritas, penne ao alho e óleo, legumes na manteiga

Compre aqui

 


 

O tinto Malbec francês, com boa acidez

Purple Malbec 2016:

Médio corpo, taninos moderados e acidez na medida; Produtor: Château Lagrézette; Teor alcoólico: 13%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Aroma dominado pelas ameixas e amoras maduras, toques de grafite e ervas frescas; Harmonização: Entrecôte mal passado ao molho de cogumelos, ossobuco com polenta cremosa, perfeito com churrasco brasileiro

Compre aqui

 


 

O rosé blend português

Torre de Pias Vinho Rosé:

Refrescante, frutado, de corpo leve e doçura cativante; Produtor: Jaws; Teor alcoólico: 10,3%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Suave e frutado, com notas de frutas vermelhas; Harmonização: Canapés, filé de frango grelhado, espaguete com legumes salteados

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay argentino

Amplitud 21 Chardonnay 2020:

Leve, suave e fresco; Produtor: Viña Las Perdices; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Frutas cítricas, ervas e menta; Harmonização: Rondelli de queijo com molho branco, espetinho de camarão, peixe grelhado, frango recheado com gorgonzola, quiche de legumes, saladas variadas

Compre aqui

 


 

O rosé blend europeu

Baron Guillot Classique Rosé 2020:

Refrescante, frutado, versátil e fácil de beber, com final longo; Produtor: Domaine du Père Guillot; Teor alcoólico: 11%; Uvas: Grenache, Syrah e Tempranillo(vinho blend); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas maduras; Harmonização: Pratos à base de peixes e frutos do mar, queijos leves, risotos, saladas

Compre aqui

 


 

O rosé Pinot Noir francês

Maison Jaffelin Pinot Noir 2019:

Bem equilibrado, extremamente frutado e muito agradável de beber; Produtor: Maison Jaffelin; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Aromas florais e de cítricos e um leve aroma de balas e nuances de frutas pretas; Harmonização: Carnes brancas grelhadas, churrasco, frango, peixe ou saladas

Compre aqui

 


 

O rosé Syrah francês

Arrogant Frog I.G.P. Pays dOc Rosé 2020:

Leve, fresco em acidez, final limpo com frutas e flores; Produtor: The Humble Winemaker; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Syrah (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras e flores; Harmonização: Paella com frutos do mar, ravioli com lagostins, filé de peixe, camarão, abobrinha recheada com tomate seco e ricota

Compre aqui

 


 

O rosé blend francês

Domaine de Saint Ser Cuvée Prestige 2018:

Um agradável frescor com um final intenso e frutado; Produtor: Domaine de Saint Ser; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Cinsault, Grenache e Syrah (vinho blend); Nariz: Intensas notas de pêssego-nectarina, seguidas de toques de frutas vermelhas; Harmonização: Aperitivo, grelhados, peixe dourado ao estragão ou ao funcho, Bouillabaisse

Compre aqui

 


 

O branco blend francês

Baron Guillot Classique Esprit de Vigneron Blanc 2020:

Corpo leve e frutado, com acidez marcante e acabamento refrescante; Produtor: Domaine du Père Guillot; Teor alcoólico: 11%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Notas de frutas cítricas e tropicais, com sutil toque floral; Harmonização: Peixes grelhados, ceviches, vegetais e guisados

Compre aqui

 


 

O rosé blend chileno

Vik A Rosé 2021:

Leve, fresco e jovem; Produtor: Vik; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Syrah (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas maduras, grafite, lavanda, violeta, damasco, maracujá; Harmonização: Salmão grelhado com legumes, sashimi, sushi, ceviche, canapés, bolinho de bacalhau, bolinho de arroz, salada de rúcula com morangos

Compre aqui

 


 

O branco Riesling alemão

Rebgarten Riesling Qualitätswein Nahe 2020:

Redondo e refrescante, com toques adocicados, acidez agradável, mineralidade persistente e muita cremosidade; Produtor: Moselland; Teor alcoólico: 11%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Notas de mel, pêssego, maçã-verde e frutas brancas, com traços minerais; Harmonização: Salada de frutas, pratos da culinária indiana e asiática, peito de frango assado com ervas finas e batatas

Compre aqui

 


 

O espumante blend espanhol

Mirablau Branco:

Jovem, frutado, leve, acidez agradável e refrescante, delicada cremosidade; Produtor: Bodegas Lozano; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Airén, Verdejo e Chardonnay (vinho blend); Nariz: Frutas tropicais, frutas cítricas e sutis notas florais; Harmonização: Jovem e refrescante, é um vinho perfeito para pratos mais leves, devido à acidez combina também com pratos mais gordurosos. Dicas: bolinho de arroz com legumes, empadão de frango com catupiry, macarrão ao molho branco

Compre aqui

 


 

O espumante rosé blend brasileiro

Salton Reserva Ouro Rosé:

BRefrescante, cremoso e de agradável persistência; Produtor: Vinícola Salton; Teor alcoólico: 11,5%; Uvas: Chardonnay e Pinot Noir (vinho blend); Nariz: Frutas confitadas, cítricos, frutos secos, leveduras e brioche; Harmonização: Salmão defumado, risoto de lula, moqueca, robalo grelhado com purê de cenoura, pupunha assada, presunto cru, pastel de queijo

Compre aqui

 


 

O rosé Merlot espanhol

Roureda D.O. Tarragona Merlot Rosé 2018:

Jovem, fresco e acidez sutil; Produtor: Cellers Unió; Teor alcoólico: 12%; Uva: Merlot (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas vermelhas, morango; Harmonização: Como aperitivo, risotos, sushi, sashimi, culinária mediterrânea, paella

Compre aqui

 


 

O branco blend francês

Comte Bivin Grande Cuvée 2020:

Generoso, delicado e refrescante; Produtor: Le Cailar; Teor alcoólico: 11%; Uva: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Aromático, com notas de frutas cítricas e flores brancas; Harmonização: Legumes grelhados, pratos à base de peixes, espaguete ao molho pesto, salada de camarão, canapés

Compre aqui

 


 

O branco blend argentino

Mal Arreado White Blend 2020:

Fresco, frutado e saboroso; Produtor: RPB; Teor alcoólico: 12,9%; Uvas: Ugni Blanc, Chenin Blanc e Pedro Ximénez (vinho blend); Nariz: Aromas que lembram frutas brancas; Harmonização: Salada de folhas verdes com queijo, peixe à belle meunière, casquinha de siri

Compre aqui

 


 

O branco Riesling alemão

J. Meyer Riesling Pfalz 2020:

Paladar leve, vívido, refrescante e frutado; Produtor: Moselland; Teor alcoólico: 12%; Uva: Riesling (vinho varietal); Nariz: Perfume fresco e frutado, com notas cítricas e de maçã-verde; Harmonização: Samosa de vegetais, cogumelo recheado, couve-flor gratinada

Compre aqui

 


 

O branco Torrontés argentino

Condor Peak Torrontés 2020:

Acidez agradável e refrescante; Produtor: Andean Vineyards; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Torrontés (vinho varietal); Nariz: Aroma floral e frutado; Harmonização: Peixes e frutos do mar

Compre aqui

 


 

O branco Sauvignon Blanc chileno

GO UP Sauvignon Blanc Reserva 2019:

Expressivo e bastante refrescante; Produtor: TDP Wines; Teor alcoólico: 13%; Uva: Sauvignon Blanc (vinho varietal); Nariz: Aroma fresco, com destaque para as notas cítricas e de frutas brancas, especialmente pêssego e maracujá; Harmonização: Peixes brancos grelhados, frango com molho branco

Compre aqui

 


 

O branco blend francês

Domaine des Sénéchaux A.O.C. Châteauneuf-du-Pape Blanc 2019:

Frutado, acidez agradável, médio corpo, mineral; Produtor: Domaine des Sénéchaux; Teor alcoólico: 14%; Uvas: Roussanne, Clairette, Grenache Blanc e Bourboulenc (vinho blend); Nariz: Pêssego, pera, maçã, flores brancas e baunilha; Harmonização: Lagosta gratinada, risoto de pêra com queijo brie, robalo ao forno com batatas, bruschetta de salmão defumado, arroz de mariscos, lombo de bacalhau com crosta de amêndoas

Compre aqui

 


 

O branco blend argentino

Que Guapo Branco 2020:

Frutado, leve, acidez agradável; Produtor: Viña Las Perdices; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Torrontés, Viognier e Chardonnay (vinho blend); Nariz: Abacaxi, pêssego, pera, floral; Harmonização: Peixe assado com legumes, frango recheado, espetinho de camarão, canelone de ricota com espinafre, lasanha de peito de peru, legumes gratinados

Compre aqui

 


 

O rosé blend americano

Dark Horse Rosé 2019:

Frutado, bela acidez e final agradável; Produtor: Dark Horse; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Grenache, Pinot Gris, Tempranillo, Barbera (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas, morango e um toque mineral; Harmonização: Salmão grelhado, bolinho de bacalhau, quiche de palmito, wrap vegetariano, salada de folhas verdes com morangos

Compre aqui

 


 

O rosé blend português

C de Cabriz Rosé:

Frutado, fresco e levemente macio; Produtor: Cabriz; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Alfrocheiro, Aragonez e Touriga Nacional (vinho blend); Nariz: Aroma intenso de frutos vermelhos frescos; Harmonização: Aperitivos, comidas de origem asiática, cozinha mediterrânea

Compre aqui

 


 

O tinto Pinot Noir francês

Pierre Armand Mâcon Rouge AOC 2018:

Elegante e equilibrado, com agradável frescor; Produtor: Veuve Ambal; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras; Harmonização: Carnes brancas e vermelhas grelhadas

Compre aqui

 


 

O tinto Pinot Noir brasileiro

Don Giovanni Pinot Noir 2018:

Fresco, frutado, macio e fácil de beber; Produtor: Moselland; Teor alcoólico: 12,4%; Uva: Don Giovanni (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras, como morango e framboesa; Harmonização: Aves, queijos leves

Compre aqui

 

Deixe um comentário

Rolar para cima