Vinhos tempranillo - história, sabores e harmonização

Publicado em:

Vinhos tempranillo - história, sabores e harmonização

O Tempranillo é um vinho fácil de encontrar e harmoniza bem com diversos tipos de pratos. O trempanillo também possui um excelente perfil custo/benefício no que se refere a sabor e preço.

Se você nunca teve contato com o Tempranillo, ou apenas o experimentou em circunstâncias isoladas, este artigo revelará algumas dicas importantíssimas sobre esse varietal que ainda não costuma estar muito sob os holofotes.

Em primeiro lugar, o nome Tempranillo vem do diminutivo de “temprano”, cedo em espanhol. Essa palavra faz alusão ao fato de que essa variedade de uva amadurece mais cedo que as demais. A diferença do tempo de amadurecimento chega a ser de algumas semanas.

Vinhos tempranillo história sabores e harmonização Cacho de uvas

Cacho de uvas da variedade Tempranillo – Fonte: VinoVidi

Características do Tempranillo

FRUTA: cereja, ameixa, tomate e figo seco

OUTROS: cedro, couro, tabaco, baunilha, endro e cravo

CARVALHO: sim; geralmente com idades entre 6 e 18 meses em carvalho americano ou francês

TANINO: tanino médio a mais

ACIDEZ: acidez média menos

ABV: 13-14,5%

REGIÕES PRINCIPAIS: Espanha (mais de 80% das vinhas em todo o mundo), Portugal, Argentina, Austrália, EUA

TAMBÉM CONHECIDA POR: Tinto del Toro, Tinta Fina e Tinto del Pais (Espanha); Tinta Roriz e Aragonez (Portugal)

Uma Breve História de Tempranillo

Os espanhóis bebem apaixonadamente vinho desde há mais de 2000 anos atrás.

A prova de vinho na Espanha antiga foi descoberta em 1972, quando os arqueólogos descobriram um mosaico do deus do vinho Baco em Baños de Valdearados, no centro-norte da Espanha. Tempranillo pode muito bem ter sido o vinho mostrado no mosaico, porque está na Espanha desde 800 aC.

Segundos os arqueólogos, foram os fenícios que trouxeram o vinho para o sul da Espanha. O Tempranillo se originou nessa área, por isso é bem possível que essa variedade de uva esteja relacionada às antigas variedades que os fenícios cultivavam no Líbano. Hoje em dia, o Tempranillo  cresce mais comumente nas regiões de Navarra e Rioja, que são cerca de 480 quilômetros a oeste de Barcelona, na Espanha.

Vinhos tempranillo - história, sabores e harmonização - Região de Rioja

Região de Rioja – Fonte: Lonely Planet

Qual é o sabor do vinho Tempranillo?

Tempranillo espanhol oferece sabores contrastantes de couro e cerejas. Quanto melhor o vinho, maior o equilíbrio entre a terra e os frutos. O acabamento é tipicamente suave e permanece com o sabor do tanino nos dois lados da boca. Os vinhos Tempranillo das regiões do Novo Mundo, incluindo Argentina, México e Estados Unidos, geralmente oferecem mais sabores de frutas como molho de cereja e tomate, seguidos por taninos grossos e notas menos terrosas. Tempranillo pode ser caracterizado como um corpo médio a encorpado, com características de frutas vermelhas, mais ou menos um meio termo entre uvas encorpadas como Syrah e Cabernet Sauvignon e uvas leves como o Pinot Noir. Se você nunca experimentou o Tempranillo antes, pode achar que ele tem um perfil de sabor semelhante ao Sangiovese e ao Cabernet Sauvignon.

Vinhos tempranillo - história, sabores e harmonização - Comparativo corpo e cor

Fonte: Wine Folly

E deve se considerar que um vinho Tempranillo acaba ficando bem menos complexo do que um vinho vindo de variedades francesas como Cabernet Sauvignon e Pinot Noir.

Uma observação sobre o corpo do vinho: Com a adição do envelhecimento em carvalho novo o vinho Tempranillo adquire um sabor encorpado. No entanto, possui peles mais finas e uvas maiores que a Syrah; portanto, quando você a olha em um copo, ela parece mais translúcida. Devido ao estilo do envelhecimento tradicional do carvalho na Espanha, Tempranillo geralmente possui um tom laranja avermelhado. Embora o sabor seja forte, a textura geralmente não é oleosa ou grossa.

Adaptabilidade climática da variedade

O Tempranillo não é tão adaptável e resistente às intempéries climáticas e às pragas quanto a variedades mais bem difundidas pelo mundo, principalmente em relação a Cabernet Sauvignon. Mesmo assim o seu cultivo é razoavelmente difundido pelo mundo.

Vinhos tempranillo - história, sabores e harmonização - Vinha de Tempranillo em Umpqua Valley

Vinícola de Tempranillo em Umpqua Valley, nos EUA – Fonte: Brehm Vineyards

Com uma adaptabilidade moderada ao calor, os melhores vinhos Tempranillo, no entanto, provém de regiões frias e de maior altitude. Porém, se verifica que quanto mais quente for o clima (até a uma certa temperatura) durante o amadurecimento dos cachos, o que vale para todas as uvas, maior é o teor de açúcar e mais grossa e mais escura fica a casca. Portanto, a conclusão que se chega é que o clima continental é o mais ideal para o cultivo dessa variedade.

Existem várias regiões da Espanha, como Rioja, Valdepeñas e Castilla La Mancha, que reúne bem essas características de alta amplitude térmica mesmo dentro de um dia, podendo fazer 40°C durante o dia e apenas 15°C no meio da noite num dia típico de verão. Junto com a alta altitude da maioria dessas regiões, é esse tipo de variação térmica a condição ideal para o cultivo de uvas que vão resultar em excelentes vinhos Tempranillo

Harmonização

Tempranillo combina bem com todos os tipos de alimentos por causa de suas qualidades salgadas. A culinária regional espanhola, que inclui legumes assados e carnes curadas, como o vigoroso Jamón Iberico de Bellota, cria um emparelhamento excepcional. No entanto, o vinho é diverso e não apenas combina com comida espanhola local, mas também funciona bem com alimentos de todo o mundo.

Vinhos tempranillo - história, sabores e harmonização - Carne grelhada

Fonte: Magazine SAQ

Alguns dos pratos que formam um bom par com um Tempranillo:

  • – Lasanha, pizza e pratos com molhos à base de tomate
  • – Carnes grelhadas, pratos defumados
  • – Grãos, polenta e pratos com milho como ingrediente principal
  • – Comida mexicana, como tacos, nachos, burritos e chile rellenos

O que procurar ao comprar Tempranillo

Se você está comprando Tempranillo espanhol, é útil entender os requisitos de rotulagem e como eles afetam o sabor. Existem 4 termos legais de envelhecimento listados na maioria das garrafas de vinho espanhol.

Vin Joven: Raramente envelhecido em carvalho, o Vin Jovens é lançado jovem e deve ser consumido imediatamente. Isso é incomum fora da Espanha.

Crianza: Estes tintos requerem 2 anos de envelhecimento, com 6 meses em carvalho. Tradicionalmente, os produtores usam carvalho americano, que é muito mais forte do que outros tipos de carvalho (como o carvalho francês).

Reserva: São tintos que são envelhecidos com 3 anos, sendo 1 ano em carvalho. Estes vinhos são um grande passo em qualidade e têm sabores ricos e redondos devido ao requisito mínimo de carvalho.

Gran Reserva: Reservada para vinhos de safras fenomenais e com idade mínima de 5 anos antes do lançamento, com 18 meses de envelhecimento em carvalho, a maioria dos produtores faz de 20 a 30 meses em barril para criar um sabor marcante.

Vinhos tempranillo, experimente esse sabor. Melhores ofertas abaixo:

 

O espanhol

Gran Anciano Oak Matured Tempranillo Valdepeñas DOP 2019:

Macio, taninos suaves, boa estrutura, longo final; Produtor: Guy Anderson Wines; Teor alcoólico: 13%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Cereja, frutos silvestres, baunilha, notas picantes; Harmonização: Paella, cozido à portuguesa, sanduíche de pernil

Compre aqui

 


 

O espanhol

Protos Roble D.O. Ribera del Duero 2019:

Médio corpo, taninos macios, acidez agradável, frutado; Produtor: Protos; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, vegetal, tosta; Harmonização: Churrasco, maminha grelhada com molho chimichurri, joelho de porco à pururuca, paella caipira, quibe de carne de soja assado, queijos semiduros

Compre aqui

 


 

⇒ O espanhol

Finca Constancia Parcela 23 Single Vineyard Tempranillo 2019:

Médio corpo, frutado, taninos macios, acidez agradável, bom final; Produtor: Finca Constancia; Teor alcoólico: 14%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, chocolate, tosta, herbal; Harmonização: Risoto de embutidos, rosbife de filé-mignon, batata hasselback com queijo e bacon, puchero, tortellini ao ragu de carne, tagliatelle à carbonara

Compre aqui

 


 

O espanhol

Las Pisadas D.O.C Rioja 2016:

Saboroso, envolvente, taninos macios; Produtor: Miguel Torres; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Geléia de framboesas, com finas notas de frutos secos e um fundo de especiarias; Harmonização: Risoto de presunto Parma, lombo recheado com figos e manjericão, caldinho de mandioca com pernil

Compre aqui

 


 

O espanhol

Sentero Tinta de Toro Toro D.O. 2020:

Paladar frutado, com taninos macios e agradáveis; Produtor: Pagos del Rey; Teor alcoólico: 14%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas vermelhas, como morango, e alcaçuz; Harmonização: Cozido Madrileño, Morcilla, queijo ​​​​​​​Torta del Casar

Compre aqui

 


 

O espanhol

Jolaseta D.O. Navarra Tempranillo 2020:

Taninos redondos e final persistente; Produtor: Bodegas Príncipe de Viana; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas e negras; Harmonização: Hambúrguer, polenta com ragu de linguiça, empadão goiano, panqueca de carne, pimentão recheado, legumes na churrasqueira

Compre aqui

 


 

O espanhol

Sentero Roble Tinta de Toro Toro D.O. 2020:

Poderoso e expressivo, com taninos maduros; Produtor: Pagos del Rey; Teor alcoólico: 14%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas vermelhas maduras, com notas defumadas e baunilha; Harmonização: Pernil de carneiro, linguiça de Chorizo, queijo Zamorano

Compre aqui

 


 

O espanhol

Anciano Crianza 3 Years Tempranillo Valencia DOP 2018:

Encorpado, taninos redondos e presentes, final longo; Produtor: Bodegas Navalón; Teor alcoólico: 13,6%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Toques tostados e de baunilha, frutas em geleia; Harmonização: Churrasco, massas ao molho bolonhesa

Compre aqui

 


 

O espanhol

Viñapeña Tempranillo:

Frutado, equilibrado e fácil de beber; Produtor: J. García Carrión; Teor alcoólico: 12%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Frutas negras como ameixa e amora; Harmonização: Pizzas variadas, tábua de embutidos

Compre aqui

 


 

O espanhol

El Madero Tempranillo:

Frutado e equilibrado, com corpo médio e taninos macios; Produtor: J. García Carrión; Teor alcoólico: 12%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas vermelhas e pretas, com toques de alcaçuz; Harmonização: Costela assada, lasanha à bolonhesa, pizza de calabresa

Compre aqui

 


 

O espanhol

Don Simón Selección Tempranillo:

Corpo médio, taninos macios, ótimo equilíbrio e fruta; Produtor: J. García Carrión; Teor alcoólico: 12%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas como cereja e morango com toques de alcaçuz; Harmonização: Embutidos, espaguete à bolonhesa

Compre aqui

 


 

O espanhol

La Couleur Tempranillo:

Concentrado, com taninos bem integrados e notas de frutas pretas; Produtor: IPSA Wines; Teor alcoólico: 12%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Aromas expressivos de frutas vermelhas e pretas, com nuances de violetas; Harmonização: Queijo Gruyère, espaguete à bolonhesa, pimentão recheado com carne moída

Compre aqui

 


 

O espanhol

8th Street Tempranillo Red Dry Wine:

Fresco e longo em boca, com taninos macios; Produtor: Vinos & Bodegas; Teor alcoólico: 12%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Expressivo e frutado, com notas de framboesa, cassis e alcaçuz preto; Harmonização: Charcutaria, espaguete à bolonhesa, filé mignon assado com legumes

Compre aqui

 


 

O espanhol

Don Simon Nature Tempranillo:

Suculento, taninos suaves, acidez harmoniosa, sabor de groselha e frutos vermelhos maduros, final intenso e picante; Produtor: J. García Carrión; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Rico, com notas intensas de frutas maduras, especiarias e toques picantes; Harmonização: Pizza de calabresa ou pepperoni, carnes de porco com molho barbecue, tábua de queijos maduros e embutidos

Compre aqui

 


 

O espanhol

Ego de Bacco Tempranillo 2020:

Concentrado e rico, com taninos bem integrados e notas de frutas pretas; Produtor: Ipsa Trading; Teor alcoólico: 12%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Aromas intensos de frutas vermelhas e pretas, com nuances de violetas; Harmonização: Queijo Gruyère, espaguete à bolonhesa, pimentão recheado com carne moída

Compre aqui

 


 

O espanhol

Brecking Valley Tempranillo:

Suculento e frutado com taninos redondos e final longo; Produtor: Marqués del Atrio; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Morango e framboesa com toques de especiarias; Harmonização: Pizza de calabresa, massas recheadas e carnes vermelhas

Compre aqui

 


 

O espanhol

Carodorum Vino de Autor Crianza Toro D.O. 2016:

Encorpado, vivaz, frutado e estruturado, com taninos marcados, acidez equilibrada e final longo; Produtor: Bodegas Carmen Rodriguez Mendez; Teor alcoólico: 15%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Perfumado, com notas intensas de frutas maduras e tabaco, e toques delicados de chocolate e café; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça, tortilla de setas e pan tumaca, pizza de pepperoni, queijos maduros

Compre aqui

 


 

O espanhol

Protos Crianza D.O. Ribera del Duero 2016:

Corpo de médio para encorpado, acidez agradável, taninos presentes, amadeirado, especiarias; Produtor: Protos; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Frutas negras maduras, amadeirado, cacau, especiarias, chocolate amargo; Harmonização: Picanha na brasa, costeleta de cordeiro com lentilhas, risoto de paio, massa à matriciana, paella valenciana, queijos maduros

Compre aqui

 


 

⇒ O blend europeu

Vigne & Tradition Force de France Rouge 2020:

Frutado, equilibrado e delicado; Produtor: Domaine du Père Guillot; Teor alcoólico: 11%; Uvas: Tempranillo, Grenache e Syrah (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas maduras como cereja e morango; Harmonização: Pizzas e queijos suaves

Compre aqui

 


 

O espanhol

Anciano Gran Reserva 10 years Valdepeñas DOP 2009:

Revela taninos macios, ótima acidez e longo final; Produtor: Guy Anderson Wines; Teor alcoólico: 13%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Notas de café, pimenta, chocolate e ervas; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça, queijos curados e pratos à base de carne de porco

Compre aqui

 


 

O espanhol

Petit Verum Tempranillo 2020:

Estruturado e encorpado, frutado, toque picante; Produtor: Bodegas y Viñedos Verum; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, com toque picante e sutis aromas florais; Harmonização: Embutidos, massas com molho escuro e carnes vermelhas

Compre aqui

 


 

O espanhol

Valduero Tierra Alta de 2 Cotas Reserva Ribera del Duero DO 2014:

Intenso, carnudo e com taninos potentes; Produtor: Valduero; Teor alcoólico: 14%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Notas de café, tabaco e carvalho; Harmonização: Carnes fortes, como cordeiro, e queijos bem curados

Compre aqui

 


 

O espanhol

Valduero Tierra Alta En 2 Maderas Ribera del Duero DO 2017:

Bem estruturado e aveludado, deixando um final longo; Produtor: Valduero; Teor alcoólico: 14%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Frutas negras, ameixa e amora com toque de cravo e noz moscada; Harmonização: Carnes bovinas, jamón serrano, chorizo e queijos semi curados

Compre aqui

 


 

O rosé espanhol

Señorio de los Llanos Tempranillo Rosado Valdepeñas D.O.:

Equilibrado, leve e refrescante; Produtor: J. García Carrión; Teor alcoólico: 11,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Notas de cereja e morango; Harmonização: Canapés, saladas

Compre aqui

 


 

O rosé espanhol

Bianai D.O.Ca. Rioja Rosado 2020:

Estruturado, sedoso e equilibrado; Produtor: Bodegas Príncipe de Viana; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Complexo, composto de aromas intensos de frutas vermelhas e caramelo; Harmonização: Um rosé estruturado, com boa acidez, então pede pratos com boa intensidade. Moqueca de camarão, fettuccine aos quatro queijos, bruschetta de jamon serrano

Compre aqui

 


 

O rosé espanhol

Protos Clarete D.O. Ribera del Duero 2019:

Frutado, corpo de leve para médio, acidez agradável; Produtor: Protos; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas frescas, floral; Harmonização: Escalope de filé ao sugo, paella, posta de atum grelhada com crosta de gergelim, pizzas com embutidos, fusilli ao molho de camarão, queijos semimoles

Compre aqui

 


 

O blend francês

Baron Guillot Classique Esprit de Vigneron Édition Spéciale:

Frutado, agradável e fácil de beber; Produtor: Domaine du Père Guillot; Teor alcoólico: 11%; Uvas: Tempranillo, Grenache e Syrah (vinho blend); Nariz: Notas de frutas vermelhas, como morango e cereja, e um toque de pimenta-do-reino; Harmonização: Tábua de queijos, picadinho de carne e cassoulet

Compre aqui

 


 

O blend espanhol

Agarena Cabernet Sauvignon-Tempranillo Utiel-Requena DOP 2019:

Encorpado, intenso e redondo; Produtor: Murviedro; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Cabernet Sauvignon e Tempranillo (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas vermelhas maduras; Harmonização: Carnes, queijos maturados, massas com molho ao sugo

Compre aqui

 


 

O blend espanhol

Valtier Reserva Utiel-Requena DOP 2015:

Encorpado, equilibrado, taninos macios e redondos; Produtor: Marqués del Atrio; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Tempranillo e Bobal (vinho blend); Nariz: Ameixa madura, pimenta, tostado e especiarias; Harmonização: Filé mignon em crosta de pimenta, churrasco

Compre aqui

 


 

O espumante rosé espanhol

Comte de Chamberi Mousseux Rosé Sec:

Bolhas finas e constantes, textura macia, acidez moderada; Produtor: Félix Solís; Teor alcoólico: 10,5%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Aromas de morangos e frutas cítricas; Harmonização: Tortilla espanhola, carpaccio de salmão defumado, arroz de mariscos

Compre aqui

 


 

O espumante rosé espanhol

Comte de Chamberi Mousseux Rosé Demi Sec:

Fresco, saboroso e persistente; Produtor: Félix Solís; Teor alcoólico: 10%; Uva: Tempranillo (vinho varietal); Nariz: Notas de groselha madura; Harmonização: Merengue de morango, tapas espanholas, queijo Brie com geleia de frutas vermelhas

Compre aqui

 

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados:

17 uvas tintas que você precisa conhecer 2
Difícil escolher algumas poucas uvas tintas viníferas. De fato, faltaria tempo de vida para descobrir todas! Você decidiu...
Os 8 principais produtores da Cabernet Sauvignon
Hoje vamos falar sobre a rainha das uvas tintas: a Cabernet Sauvignon. Essa uva incrível, como mostra o...
Temperos e especiarias - Como combiná-los com vinhos?
Combinar temperos e vinhos não é tão difícil e podemos provar! Confira as características mais marcantes e os...
Azeites - Harmonização com vinhos e benefícios à saúde 5
Saber usar bons azeites faz toda a diferença na hora de cozinhar. Mas, tão importante quanto entender a...
Como fazer vinho quente? 8 Receitas incríveis!
O friozinho de junho pede por vinho quente, seja de vinho tinto ou branco Inverno, frio, festa junina,...
Tournedo Rossini - Receitas e harmonização com vinhos
Mais espesso que o medalhão, o Tournedo Rossini é um clássico francês que ganhou o mundo Como um...