Peru de Natal – Receitas e como harmonizar com vinho

Publicado em:

Peru de Natal

Tradição adotada pelas família brasileiras, o peru se tornou símbolo da ceia natalina em todos os cantos do país.   

Na sua casa, o peru é o prato mais esperado das festas de fim de ano? É bem provável que sim. Atualmente, existem várias marcas que já oferecem a carne pronta para assar, o que facilita a vida de quem não nasceu para enfrentar forno e fogão. Mas, na maioria das casas brasileiras, preparar o peru de Natal é um evento que reúne a família e expõe os dotes culinários de alguns parentes.

Hoje, separamos algumas receitas imperdíveis para você fazer sucesso nas festas com sua família. No entanto, a grande questão aqui é: como harmonizar peru e vinhos. Aliás, alguns argumentam que por ser uma ave, o peru harmonizaria bem com vinhos brancos. Mas, a dúvida persistente é como encontrar um vinho que acompanhe o prato completo, com farofas, legumes e outros acompanhamentos. Aí o caldo entorna, certo? Bom, realmente não é tão simples assim e já vamos explicar o motivo. Continue lendo para entender.

Que vinho tomar com carne de peru

peru

Não existem regras rígidas na hora de harmonizar peru e vinhos. Então, siga nossas dicas preciosas, mas valorize o seu gosto pessoal. Não tem erro!

De fato, se você assa o peru da forma correta, a carne fica molhadinha e macia. Assim como outras aves, como o frango, é comum que ele pegue o tempero, mas sem exageros, ficando quase adocicado no final da garfada. Nesse caso, o vinho ideal para acompanhar seu prato de peru é um vinho tinto, de preferência que venha da Europa, pelas características das uvas do velho continente.

Por exemplo, vinhos de uvas Pinot Noir, produzidos na região da Borgonha, costumam ser vinhos com boa acidez, possuem boa estrutura, ou seja, os sabores ficam na sua boca por um tempo depois de tomado e trazem para o nariz e para a boca sabores e aromas que lembram frutas, ervas e até vegetais.

Agora, entenda como isso tudo interage com o peru do seu prato. Para começar, a acidez da bebida ajuda a limpar o paladar e “encara” a textura da carne. Em seguida, a estrutura e os taninos do vinho são fortes o suficiente para persistirem um pouco na boca, mas não tão forte que você não sinta o sabor delicado e levemente adocicado da carne. Aliás, os aromas que lembram frutas e ervas vão ajudar nisso. Afinal, elas realçam o dulçor natural da bebida e encaixam no sabor da carne bem preparada. Concluindo, o vinho Pinot Noir da Borgonha, outros tintos da região portuguesa do Douro ou um italiano Valpolicella, são excelentes rótulos para acompanhar seu peru de Natal.

Mas, o problema é que o peru nunca vem só. Então, para não errar na hora de harmonizar peru e vinhos, você precisa levar em conta os sabores, a intensidade e a textura dos acompanhamentos e molhos que serão servidos. Veja a seguir algumas ideias que vão te ajudar a fazer a melhor escolha.

Sugestões de vinho para o peru de Natal

2 7

Normalmente, os ingredientes mais usados para guarnecer um peru são frutas frescas e secas, vegetais glaceados, muita manteiga, farofas com castanhas e uvas passas e até fios de ovos. Nesse caso, os sabores tendem a ser mais doces que a simples ave assada. Por isso, os vinhos europeus já deixam de ser uma boa ideia. Acontece que esses rótulos tendem a ser mais duros no paladar e podem deixar até um gosto de metal na boca ao se misturarem com todos esses ingredientes com dulçor destacados.

Tintos

Por outro lado, se você experimentar o mesmo prato com vinhos produzidos na quente região da Califórnia, vai se surpreender. Afinal, as uvas de clima quente tendem a amadurecer mais e, consequentemente, concentram mais açúcar nas uvas. Por fim, os vinhos acabam trazendo notas compatíveis com os acompanhamentos citados para o peru. Aliás, o mesmo acontece com vinhos produzidos na Austrália, na Argentina e no Chile. Então, experimente um vinho tinto argentino Malbec ou um Pinot Noir. Você também pode apostar em vinhos feitos de uvas Zinfandel ou Syrah.

Brancos

Por outro lado, não é nenhum pecado servir um vinho branco que tenha entre seus aromas algo que lembra a gordura do prato. Parece estranho falar assim, mas faz todo sentido. Pense em algum vinho que você provou e te deixou com uma deliciosa sensação de oleosidade na boca. Não estamos falando de gosto de óleo, mas de textura macia, quase cremosa, mesmo sendo um vinho. Então, esse é o mais indicado para acompanhar as frutas usadas nos acompanhamentos do seu prato com peru. Como sugestão, experimente um Chardonnay, que vai bem com quase tudo, um Gewurztraminer ou um Pinot Gris, sem medo de ser feliz.

Peru – A estrela dos banquetes imperiais

6 4

Que o peru faz sucesso na ceia da sua e de muitas outras famílias a gente já sabe. Mas, você sabia que a ave era presença frequente nos grandes e fartos banquetes da época do imperador no Brasil? Pois, o livro “Os banquetes do Imperador”, de Francisco Lellis e André Boccato (Editora Senac, 2013), descreve com riqueza de detalhes receitas usadas para satisfazer os ricos e nobres do Brasil imperial. A seguir, você vai descobrir algumas ideias para te inspirar na hora de preparar o peru para sua noite especial.

Peru recheado à brasileira (inspirado na receita original)

Ingredientes

01 peru inteiro

200g de carne de porco em cubos (lombo, pernil, filé…)

200g de presunto em cubos

150g de bacon em cubos

Miúdos de peru ferventados e picados

03 ovos cozidos

03 colheres generosas de manteiga

Miolo de pão para dar liga

Vinho

Farinha de amendoim torrado

Sal a gosto

Cebola desidratada

Cheiro verde

Pimenta Comari

Modo de preparo

Para começar, misture a carne de porco, o presunto, o bacon e os miúdos já ferventados e picados. Em seguida, acrescente os ovos cozidos e picados, o cheiro verde, a cebola desidratada e a pimenta, tudo muito bem picadinho. Nesse momento, você junta o miolo de pão embebido no vinho de sua preferência, o suficiente para unir todos os ingredientes. Cuidado com vinhos suaves, que podem deixar seu recheio puxado para o doce. Acrescente a manteiga, a farinha de amendoim e tempere com sal a gosto. Recheie o peru, envolva em papel alumínio e asse no espeto ou no forno baixo.

Para harmonizar, você pode servir o mesmo vinho usado na receita. De preferência, escolha um vinho jovem, com acidez suficiente para equilibrar toda a untuosidade dos ingredientes do recheio, como bacon e manteiga.

Aliás, a próxima receita parte do mesmo princípio de harmonização, confira!

Peru de Natal Temperado com Champagne

7 2

À primeira vista, esta receita pode parecer muito complexa. Mas, não se intimide, o resultado vale muito a pena. Além disso, ela não é tão complicada. Mãos à obra e aproveite esta delícia!

Ingredientes

01 peru inteiro

02 L de leite

04 dentes de alho

01 garrafa de champagne

01 cebola grande em rodelas

02 folhas de louro

1/2 xícara (chá) de azeite

1/2 xícara (chá) de óleo

01 colher (sopa) de molho inglês

01 colher (sopa) de mostarda

10 copo de água

Suco de 01 limão grande

Pimenta-do-reino a gosto

Para assar, você vai precisar de:

Manteiga

Fatias de bacon

Farofa

01 xícara (chá) de nozes picadas

1/2 xícara (chá) de uvas passas escuras

1/2 xícara (chá) de uvas passas brancas

100 g de manteiga

02 xícaras (chá) de farinha de mandioca

Sal a gosto

Modo de preparo

Inicialmente, você deve lavar a ave e deixar de molho no leite pode cerca de duas horas. Em seguida, lave o peru e prossiga com o preparo. Para isso, você deve temperar a ave com alho, cebola, pimenta, azeite, mostarda, molho inglês, suco de limão, água e todo o Champagne ou espumante e deixar marinando por mais duas horas. Depois, passe manteiga em todo o peru e cubra a ave com as tiras de bacon. Para prender, use palitos de madeira. Após essa etapa, cubra com papel alumínio e leve ao forno em 190ºC por cerca de 90 minutos. Logo após esse período, retire o papel alumínio, deixando somente as pontas das asas e das coxas cobertas, para evitar que queimem, e leve para dourar por mais cerca de uma, conferindo sempre. Nesse meio tempo, use o caldo da marinada para ir regando e mantendo a humidade da carne. Para fechar com chave de ouro, prepare uma farofa com as nozes, uvas passas, manteiga, farinha de mandioca e sal.

Para harmonizar, sirva o mesmo espumante ou Champagne usado no preparo. De preferência, escolha um espumante rosé, que também entregue toda a acidez que essa gordura do prato precisa para não ficar enjoativo. Bom apetite!

A melhor companhia para o seu jantar

peru

Como a ocasião é sempre compartilhada com convidados, prefira rótulos coringas como os Chardonnay. Dessa forma, ele combina com quase tudo e agrada quase todos os gostos.

Na verdade, o que realmente importa é a satisfação de estar com a família e amigos queridos. Então, prepare seu jantar com dedicação e carinho, escolha um vinho que te deixa feliz e isso vai contagiar seus convidados.

Aproveite nossas ofertas abaixo e escolha o seu preferido.

 

O tinto Pinot Noir de Borgonha, para harmonizar com um peru com poucos ingredientes…

Prosper Maufoux Mâcon Rouge AOC 2018:

Equilibrado, fresco e elegante; Produtor: Veuve Ambal; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Aroma de geleia de frutas vermelhas e notas de amora; Harmonização: Queijos macios, risotos e pratos a base de cogumelos

Compre aqui

 


 

O tinto Malbec argentino, para harmonizar com um peru clássico de Natal, com muitos ingredientes…

Belhara Estate Epic Wines Malbec Old Vine Selection 2020:

Aveludado, elegante, intenso, taninos macios, final persistente; Produtor: Belhara Estate; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas maduras, notas suaves de pimenta e baunilha; Harmonização: Carnes vermelhas e legumes grelhados

Compre aqui

 


 

O tinto Malbec francês, para harmonizar com um peru com poucos ingredientes…

Marie Louise Parisot I.G.P. Pays dOc Malbec 2019:

Robusto, frutado e bom final; Produtor: Marie Louise Parisot; Teor alcoólico: 13%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Aromas intensos de ameixa, violeta e especiarias doces (pimenta); Harmonização: Cordeiro, peru, porco assado, pratos com molhos apimentados, de sálvia, molhos cremosos de cogumelos, queijo derretido e, principalmente, queijo azul

Compre aqui

 


 

O tinto Pinot Noir de Borgonha, para harmonizar com um peru com poucos ingredientes…

Bouchard Père & Fils Gevrey-Chambertin AOC 2017:

Estruturado, carnudo, frutado e aveludado; Produtor: Bouchard Père & Fils; Teor alcoólico: 13%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Notas intensas de frutas maduras com toques de couro; Harmonização: Pernil suíno com cebola roxa e pimentão grelhados, filé mignon ao molho madeira, Quiche Lorraine

Compre aqui

 


 

O tinto Pinot Noir de Borgonha, para harmonizar com um peru com poucos ingredientes…

Ropiteau Frères A.O.C. Pommard Rouge 2017:

Complexo, médio corpo, taninos macios, boa acidez, frutas vermelhas, especiarias, final persistente; Produtor: Ropiteau Frères; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, frutas negras, especiarias, terroso, ervas finas; Harmonização: Boeuf bourguignon, cordeiro grelhado com batatas assadas, galinha d’angola com arroz negro, tagliatelle com lascas de salmão, cogumelos recheados com presunto, queijos semimoles

Compre aqui

 


 

O tinto Pinot Noir de Borgonha, para harmonizar com um peru com poucos ingredientes…

Ropiteau Frères A.O.C. Gevrey-Chambertin Rouge 2018:

Bom corpo, taninos macios, elegante, boa acidez, final longo; Produtor: Ropiteau Frères; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Terroso, cereja, framboesa, especiarias, toque da madeira, ervas frescas; Harmonização: Salmão na brasa, mignon em redução balsâmica com purê e risoto de cogumelos, faisão ao perfume de rosas, arroz de pato, costeleta suína com couscous marroquino

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay francês, para harmonizar com um peru clássico de Natal, com muitos ingredientes…

Bouchard Père & Fils Grand Vin de Bourgogne Meursault Les Clous AOC 2017:

Rico, agradável, com acidez marcante e toques amanteigados; Produtor: Bouchard Père & Fils; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Aromas intensos de frutas brancas e flores, com toques minerais e de brioche; Harmonização: Paella, salada Caesar, peixes assados com legumes

Compre aqui

 


 

O tinto Pinot Noir francês, para harmonizar com um peru com poucos ingredientes…

Maison Foucher Le Mont A.O.C. Sancerre Rouge 2019:

Corpo de leve para médio, boa acidez, taninos presentes; Produtor: Maison Foucher; Teor alcoólico: 12%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas, alcaçuz, especiarias; Harmonização: Risoto de tomate seco e champignon, pizza de pastrami, tender à brasileira, samosa de carne picada, frango assado ao molho de tomate, queijos semiduros

Compre aqui

 


 

O tinto blend americano, para harmonizar com um peru clássico de Natal, com muitos ingredientes…

Hook & Ladder Station Ten Red Blend 2016:

Intenso, taninos firmes e final persistente; Produtor: Hook & Ladder Winery; Teor alcoólico: 14,8%; Uvas: Zinfandel, Cabernet Sauvignon, Petite Sirah, Carignan e Alicante Bouschet (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas maduras, ameixa, especiarias e chocolate amargo; Harmonização: Tiras de filé mignon com molho barbecue, risoto de cogumelos, lasanha à bolonhesa, pizza margherita, ragu de linguiça

Compre aqui

 


 

O branco Chardonnay francês, para harmonizar com um peru clássico de Natal, com muitos ingredientes…

Baron Philippe de Rothschild I.G.P Pays dOc Chardonnay 2019:

Untuoso, fresco e com final saboroso; Produtor: Baron Philippe de Rothschild; Teor alcoólico: 13%; Uva: Chardonnay (vinho varietal); Nariz: Notas florais, de pêssego, baunilha; Harmonização: Peixe grelhado, frutos do mar, espaguete ao molho Alfredo, lasanha de abobrinha, e queijos como brie

Compre aqui

 


 

O tinto do Douro, para harmonizar com um peru com poucos ingredientes…

Sagrado Vinhas Velhas Tinto 2015:

Frutado, mineral, bem estruturado com toques de chocolate e pimenta. Taninos presentes; Produtor: Quinta do Sagrado; Teor alcoólico: 14%; Uvas: Vinhas Velhas (vinho blend); Nariz: Frutado, notas concentradas de cassis, morango e toques de chocolate; Harmonização: Acompanha pratos de caça, carnes vermelhas, embutidos e queijos

Compre aqui

 


 

O tinto Pinot Noir chileno, para harmonizar com um peru clássico de Natal, com muitos ingredientes…

Santa Alícia Reserva Pinot Noir Valle del Bío Bío 2020:

Elegante, saboroso e taninos delicados; Produtor: Viña Santa Alicia; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Pinot Noir (vinho varietal); Nariz: Aroma de frutas vermelhas frescas; Harmonização: Carnes vermelhas e brancas grelhadas, queijos moles, cogumelos

Compre aqui

 


 

O Champagne francês, para servir como ingrediente assim como para harmonizar com um peru clássico de Natal…

Champagne Nicolas Feuillatte Brut Réserve Exclusive:

Vibrante, com fruta intensa e expressiva, final longo e complexo; Produtor: Nicolas Feuillatte; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Pinot Noir e Chardonnay (vinho blend); Nariz: Aromas de pêra, damasco e frutas maduras como maracujá; Harmonização: Aperitivos, como canapés, e pratos leves

Compre aqui

 


 

O tinto Syrah australiano, para harmonizar com um peru clássico de Natal, com muitos ingredientes…

McGuigan The Plan Shiraz 2017:

Corpo médio, frutas vermelhas e pretas, taninos macios e notas de especiarias; Produtor: McGuigan; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Syrah (vinho varietal); Nariz: Aromas de ameixa e cereja preta, nuances de baunilha e pimenta branca; Harmonização: Carnes vermelhas grelhadas, legumes assados, risotos, queijos amarelos

Compre aqui

 


 

O tinto Malbec argentino, para harmonizar com um peru clássico de Natal, com muitos ingredientes…

Tinto Negro Malbec Limestone Block 2018:

Estruturado, frutado, intenso sabor, taninos presentes; Produtor: Tinto Negro; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Florais; Harmonização: Carne vermelha grelhada, massas ao molho de especiarias, tortei ao molho de carne

Compre aqui

 


 

O tinto Syrah australiano, para harmonizar com um peru clássico de Natal, com muitos ingredientes…

The Drover Shiraz 2020:

Corpo médio, macio, com final agradável; Produtor: Dee Vine Estate; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Syrah (vinho varietal); Nariz: Aromas de ameixa, groselha preta e especiarias; Harmonização: Picanha ao ponto ou mal passada, costelinha suína com molho barbecue, queijo de ovelha

Compre aqui

 


 

O Espumante rosé brasileiro, para servir como ingrediente assim como para harmonizar com um peru clássico de Natal…

Chandon Rosé Brut:

Equilibrado, corpo de leve para médio, fresco, cremoso, aveludado; Produtor: Chandon Brasil; Teor alcoólico: 11,9%; Uvas: Riesling Itálico, Pinot Noir e Chardonnay (vinho blend); Nariz: Morango, amora, cereja, acerola, especiarias doces; Harmonização: Atum grelhado, carpaccio, penne ao molho de camarão, carnes churrasqueadas, salada caprese, queijos frescos ou semimoles

Compre aqui

 


 

O rosé Syrah francês, para harmonizar com um peru clássico de Natal, com muitos ingredientes…

Un Été En France Rosé 2020:

Frutado, acidez equilibrada e final saboroso; Produtor: Gabriel Meffre; Teor alcoólico: 12,5%; Uva: Syrah (vinho varietal); Nariz: Aromas expressivos de frutas vermelhas como framboesa; Harmonização: Salmão grelhado com alecrim, peru recheado com farofa, legumes ao forno

Compre aqui

 


 

O tinto Malbec argentino, para harmonizar com um peru clássico de Natal, com muitos ingredientes…

Chateau Garbin Malbec Reserva 2018:

Estruturado, redondo, com taninos macios e agradáveis; Produtor: Garbin Estate; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Aroma de ameixa, baunilha e tostado; Harmonização: Carnes vermelhas, massas com molho vermelho, queijo amarelos

Compre aqui

 

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados:

Os 8 principais produtores da Cabernet Sauvignon
Hoje vamos falar sobre a rainha das uvas tintas: a Cabernet Sauvignon. Essa uva incrível, como mostra o...
Temperos e especiarias - Como combiná-los com vinhos?
Combinar temperos e vinhos não é tão difícil e podemos provar! Confira as características mais marcantes e os...
Azeites - Harmonização com vinhos e benefícios à saúde 5
Saber usar bons azeites faz toda a diferença na hora de cozinhar. Mas, tão importante quanto entender a...
Como fazer vinho quente? 8 Receitas incríveis!
O friozinho de junho pede por vinho quente, seja de vinho tinto ou branco Inverno, frio, festa junina,...
Tournedo Rossini - Receitas e harmonização com vinhos
Mais espesso que o medalhão, o Tournedo Rossini é um clássico francês que ganhou o mundo Como um...
Cupom de descontos em vinhos especiais para pessoas especiais
Cupom de desconto em vinhos – Como usar? QUERODENOVO – 5% OFF Válido somente para compras e acima...