Fondue de chocolate - Receitas e harmonização com vinho

Publicado em:

Fondue de chocolate

Fondue de chocolate não é só uma sobremesa gostosa. Na verdade, é quase um evento, um show à parte! Afinal, independentemente se é só para um casal de apaixonados ou se é para um grupo de amigos queridos, existe todo um ritual de preparo. Aliás, quando chega a hora de degustar o prato, as conversas se tornam até mais animadas e engraçadas. Cada convidado com seu garfinho em punho, enquanto gesticula e conta casos, não é?! No entanto, o melhor de tudo é que o fondue nunca se apresenta sozinho. De fato, quando se fala em comidas que aquecem a alma, logo se pensa em… vinhos, é claro! Por isso, aqui no Center Gourmet você vai descobrir como  preparar um delicioso fondue. Além disso, você vai entender como harmonizar fondue de chocolate com vinhos. Por fim, vai saber um pouco mais sobre as origens do preparo que nós amamos.

Melhorando o que já era bom!

Fondue de chocolate

No passado, o preparo ganhou o nome francês, que é uma variação de um verbo que significa “derreter”. Originalmente, o prato só era feito na versão salgada, com queijos e pães, por moradores de locais isolados. Aliás, daqui a pouco vamos falar mais sobre sua origem. Com o tempo, a receita simples do fondue de queijo ganhou o mundo, literalmente. Dessa forma, o chef americano Konrad Egli teve a brilhante ideia de derreter chocolate e criar um fondue de sobremesa. É ou não é um gênio? Atualmente, sua receita já ganhou todo tipo de versão que se possa imaginar: com diferentes tipos de chocolate, com biscoitos, frutas, marshmallow etc. Agora, se você quiser saber mais sobre fondue de queijo e vinhos, clique aqui.

Normalmente, há quem pense que fondue é um prato exclusivamente para dias frios. Mas, ele pode ser apreciado em qualquer época do ano, faça frio ou calor. De fato, depende mesmo é do gosto de cada um e da criatividade ao pensar em como tornar a experiência agradável e deliciosa. Além disso, o fondue de chocolate pode ser a escolha ideal para uma celebração importante ou para um simples jantar em família ou com amigos. Ou seja, é um verdadeiro coringa. Mas, para fechar sua refeição com chave de ouro, é importante pensar em alguns detalhes. Para isso, vamos te dar algumas dicas essenciais, começando por receitas maravilhosas. Confira!

Receitas e preparo do fondue de chocolate

Fondue de chocolate

Geralmente, a forma de preparo do fondue é simples e rápida. De fato, nossas sugestões também são práticas e deliciosas. A seguir, veja algumas adaptações que podem ser feitas, levando em conta seu gosto pessoal.

Fondue de chocolate tradicional

Ingredientes

400g de chocolate ao leite

100g de chocolate meio amargo

01 lata de creme de leite integral

Licor de Amarula (opcional)

Modo de preparo

Antes de tudo, derreta os chocolates no micro-ondas ou em banho-maria. Em seguida, junte o creme de leite e o licor, caso queira, mexendo muito bem e sem parar. Dessa forma, você terá um creme super lisinho e brilhante para acompanhar suas frutas em cubinhos. Adicionalmente, você também pode servir waffers, biscoitos ou marsmallows para serem banhados no creme.

Fondue de chocolate ao vinho branco

Ingredientes

400g de chocolate meio amargo fracionado

01 lata de creme de leite integral

¼ xícara de chá de vinho branco (cerca de 50ml)

Modo de preparo

Para começar, derreta o chocolate meio amargo em banho-maria ou no micro-ondas, mexendo de 30 em 30 segundos. Dessa forma, você evita que o chocolate queime. Enquanto isso, aquece levemente o creme de leite. Feito isso, junte o chocolate e o creme de leite, misturando bem para que fique homogêneo. Por fim, acrescente o vinho branco e continue mexendo. Para conservar a temperatura, você pode utilizar a panela própria para o preparo. Como alternativa, você pode colocar um recipiente com água fervente sob a tigela com o creme. Para terminar, sirva frutas para serem mergulhadas nesse creme delicioso. Você pode cortar abacaxi, pêssego, morango, banana e kiwi, por exemplo. Mas, também pode investir em marshmallow e não vai se arrepender.

Fondue de chocolate vegano

Ingredientes

01 xícara de castanha de caju (pode ser crua)

02 xícaras de água

01 colher de sopa de cacau em pó 100%

03 a 04 colheres de sopa de açúcar de sua preferência (demerara, mascavo, cristal, de coco etc)

01 barra de chocolate vegano

Modo de preparo

Nesse caso, a sugestão é fazer o leite de castanha de caju, batendo a oleaginosa com água no liquidificador até que ela suma por completo. Porém, você pode utilizar o leite vegetal de sua preferência, inclusive algum já pronto. Assim, depois do leite bem batido, acrescente 01 colher de sopa de cacau bem cheia, junto com o açúcar e bata um pouco mais. Enquanto isso, derreta a barra de chocolate vegano no banho-maria ou no micro-ondas.

Em seguida, coloque o leite achocolatado para cozinhar e repare que após alguns minutos, ele começará a encorpar. Em pouco tempo, o creme vai chegar à textura de brigadeiro e é nesse momento que você deve desligar o fogo e acrescentar o chocolate derretido. Para finalizar, sirva com cubinhos de frutas de sua preferência.

Harmonizando fondue e vinhos

Fondue de chocolate

 

Originalmente, o fondue foi um prato criado salgado. Na verdade, é comum suíços e franceses ficarem admirados ao descobrir a versão doce do preparo. Mas, independentemente do sabor doce ou salgado do fondue, é certo que ele tem a capacidade de unir pessoas e aquecer o coração. Afinal, como toda comida bem feita, o fondue de chocolate é uma sobremesa alegre, que comemos sem pressa, aproveitando bem o momento e as boas companhias.

Aliás, por falar em boa companhia, é quase impossível falar de fondue sem pensar em um vinho para acompanhar essa delícia. Em geral, fondues tradicionais como o de queijo e de carne, pedem vinhos encorpados e com um pouco de acidez. Dessa forma, a bebida consegue acompanhar toda a gordura e peso da receita. Por outro lado, harmonizar fondue de chocolate com vinhos, é uma tarefa diferente. Nesse caso, os requisitos mais importantes a serem observados são:

  • Teor alcoólico, que pode ser elevado;
  • acidez, que também deve estar presente;
  • dulçor, nível de açúcar do vinho.

Na prática, isso quer dizer que o seu vinho deve ser mais doce que a sobremesa. Para ilustrar, talvez você já tenha experimentado tomar café acompanhando um bolo bem doce. Desse modo, essa combinação destacou o amargor do café na sua boca, correto? Da mesma forma, se o seu vinho não tiver uma boa quantidade de açúcar, quando harmonizado com o fondue de chocolate, ele ficará muito amargo e a experiência não será tão boa quanto poderia ser.

Fondue de chocolate e vinhos

Para começar, você pode pensar nas características principais do fondue. No caso, ele leva bastante cacau, gordura e açúcar. De modo que, para equilibrar os sabores na boca, você deve escolher um vinho que também tenha uma estrutura parecida. Normalmente, o Vinho do Porto cumpre bem esse papel. Afinal, é um vinho que apresenta o mesmo nível de untuosidade da sobremesa. Além disso, é um vinho que costuma apresentar sabores de frutas secas, que já têm bastante açúcar por natureza.

No entanto, é um vinho com bastante teor alcoólico e pode ser substituído facilmente por um espumante Moscatel ou por um Malbec tinto, que apresente aromas de chocolate ou de café também. Aliás, se você quer facilitar sua tarefa na hora de harmonizar fondue de chocolate e vinhos, prefira o chocolate meio amargo, frutas não tão ácidas, como banana e pêssego e cremes de leite com menor concentração de gordura.

Pequena história, dos Alpes à Guerra

Atualmente, são muitas as versões contadas sobre a criação do fondue. De fato, a facilidade com que o preparo ganhou os corações, e os estômagos, mundo afora, foi proporcional à rapidez com que a receita foi sendo adaptada à realidade, ao clima e aos ingredientes locais. Na verdade, duas versões mais difundidas, destacam a necessidade de ter um alimento nutritivo. Primeiramente, contam que ele nasceu nos Alpes Suíços, quando os pequenos produtores de leite e queijo ficaram isolados e aproveitaram bem todos os ingredientes disponíveis: queijo, pães e vinhos.

Mas, também existe a ideia de que o fondue serviu para diminuir a fome e aproveitando todos os queijos que restavam em casa durante a II Guerra Mundial. Independentemente de onde exatamente ele nasceu, a certeza que temos é que a receita viajou pelos mares e alcançou as mãos habilidosas e mente criativa do chef americano que criou a versão doce do preparo.

Fechando com chave de ouro

Fondue de chocolate

Agora, você já sabe detalhes importantes para conseguir harmonizar fondue de chocolate com vinhos. Aliás, você aprendeu até uma receita vegana, que não perde em nada para o sabor das receitas tradicionais. Além disso, também teve uma breve visão sobre o surgimento desse prato tão amado e que já é conhecido ao redor do mundo. Se você quiser saber mais sobre como harmonizar vinhos e fondues de queijo e carne, além de encontrar receitas maravilhosas do preparo, clique aqui.

E veja abaixo excelentes opções em vinhos para harmonizar com o seu fondue de chocolate:

 

Um vinho do Porto

o Dalva Ruby Porto:

Denso, encorpado, adocicado e harmonioso; Produtor: C da Silva; Teor alcoólico: 19%; Uvas: Tinta Amarela, Tinta Cão, Touriga Nacional, Touriga Francesa, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Souzão (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas vermelhas; Harmonização: Queijo Gorgonzola, tiramisù, cheesecake de frutas vermelhas

Compre aqui

 


 

Um espumante Moscatel brasileiro

o Solear Moscatel Branco:

Leve, fresco, frutado e com delicioso dulçor; Produtor: Nova Aliança; Teor alcoólico: 7,5%; Uva: Moscatel (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas cítricas, pêssego, flores do campo e mel; Harmonização: Torta de pêssego, queijo Brie com geleia de damasco e espaguete com frutos do mar

Compre aqui

 


 

Um Malbec argentino barricado, com aromas com notas de chocolate

o Partridge Gran Reserva Malbec 2018:

Estruturado, amadeirado, taninos presentes, fresco; Produtor: Viña Las Perdices; Teor alcoólico: 14%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Frutas maduras, tosta, especiarias, chocolate; Harmonização: Risoto de funghi, bife de chorizo, filé à Wellington, nhoque com ragu de cordeiro, estrogonofe de mignon, queijos semiduros

Compre aqui

 


 

Um espumante Moscatel brasileiro

o Casa Perini Moscatel:

Leve, doce, boa acidez; Produtor: Casa Perini; Teor alcoólico: 7,5%; Uva: Moscatel (vinho varietal); Nariz: Lichia, pêssego, floral; Harmonização: Panetone, frutas secas, mousse de maracujá, mousse de limão, lombo suíno com geleia de laranja, vegetais caramelados

Compre aqui

 


 

Um vinho do Porto

o Porto Burmester Ruby:

Jovem, robusto, de grande vivacidade e persistência; Produtor: Burmester; Teor alcoólico: 19,5%; Uvas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz (vinho blend); Nariz: Frutas negras maduras como mirtilo, ameixa seca e nuance de amêndoas; Harmonização: Mousse de morango e iogurte, brownie de chocolate com nozes, clafouti de frutas vermelhas, folhado de camembert com framboesas, frutas secas, queijos de média cura

Compre aqui

 


 

Um espumante Moscatel brasileiro

o Solear Moscatel Rosé NV:

Bolhas macias, com boa intensidade de fruta e saboroso dulçor; Produtor: Nova Aliança; Teor alcoólico: 7,6%; Uva: Moscatel (vinho varietal); Nariz: Morango, cereja e framboesa; Harmonização: Torta de morango, Pad Thai e dadinho de tapioca com geleia de pimenta

Compre aqui

 


 

Um Malbec argentino com taninos mais suaves

Sayanca Malbec 2020:

Entrada amigável, com taninos macios e acidez bem equilibrada; Produtor: Finca Agostino Hnos; Teor alcoólico: 13,9%; Uva: Malbec (vinho varietal); Nariz: Boa intensidade aromática, com notas de ameixa fresca e flores de violeta; Harmonização: Kafta de carne, espaguete com almôndegas, costela de porco assada com batatas, chocolates suaves

Compre aqui

 

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados:

Angus – Como harmonizar a carne com espumante?
Uma carne tão especial pede uma bebida à altura para acompanhar. Angus é uma raça de gado europeia...
arroz à piamontese
O arroz à piamontese é diferente mas tem todos os traços de seu ancestral, o risoto. O arroz...
Espumante Moscatel
O espumante Moscatel é uma daquelas bebidas famosas, com reputação. De fato, ele é conhecido e elogiado mundo...
Alzheimer
O mal de Alzheimer ganhou notoriedade nos últimos anos. Afinal, os diagnósticos ficaram mais precisos e os médicos...
Receitas saudáveis
Atualmente, receitas saudáveis tomaram conta da rotina de milhões de pessoas e você também começou a ver o...
Strogonoff de camarão
Querido de norte a sul do Brasil, o strogonoff ganhou o brasileiro pela simplicidade e versatilidade do prato....

Cadastre Para receber