Características do vinho do Porto

X características do vinho do porto

Saborear uma taça de vinho ao final do dia não é só relaxante, é também muito saudável. Se apreciado de forma moderada, o vinho melhora a saúde do coração e até o aspecto da pele. Dentre os diversos tipos existentes no mercado o vinho do Porto é um dos mais benéficos.

Não deixe de clicar aqui e conferir as nossas principais ofertas de vinho desse tipo dentro do nosso site.

Em primeiro lugar, a bebida leva esse nome porque provém da região do Douro, ao norte de Portugal.

As teorias sobre a origem do vinho são diversas. Uma delas, no entanto, relata que a Inglaterra, durante o século XVII, costumava comprar vinhos de Portugal. Como a questão do transporte, na época, era bastante defasada, os ingleses tiveram a ideia de adicionar aguardente sobre a bebida para que esta não se deteriorasse.

Com o tempo, a ideia de colocar aguardente enquanto o vinho estava sendo fermentado ocorreu. Nascia, assim, o vinho do porto, com seu tradicional sabor adocicado, forte e frutado. Essa forma de preparo ainda é utilizada até os dias de hoje.

Um toque especial no vinho do porto

O vinho do porto destaca-se dos outros por causa de suas características exclusivas, como o elevado teor alcoólico – fica em torno de 22%. A doçura, o aroma e a cor também se modificam de acordo com o tipo. Apesar de ser associado ao gosto adocicado, ele também pode sofrer variações e ser, até mesmo, extra seco. Essas modificações acontecem conforme o processo de fermentação.

Como é a produção do vinho do porto?

Para a produção do vinho do porto, o processo de fermentação é interrompido no começo. Na sequência, é adicionada aguardente, uma espécie de destilado produzido através das uvas. O resultado gera um vinho bem doce e com teor alcoólico alto, pois o ato de parar a fermentação faz gerar sobra residual de açúcar.

Depois que a aguardente passa a integrar o processo, o vinho precisa ser envelhecido. Por isso, ele será mantido em pipas de madeira e, na sequência, engarrafado. Alguns tipos de vinho permanecem envelhecendo na própria garrafa e só após muito tempo estará propício para o consumo.

Quais os tipos mais comuns de vinho do porto?

Há uma gama de vinho do porto. Os mais comuns são:

• Ruby: esse tipo de vinho costuma passar por um período de dois a três anos em barris de madeira e o nome que recebe está relacionado com a cor da bebida, que é produzida com uvas tintas. Tem sabor característico de frutas silvestres e ameixas e é frutado e encorpado.

• Vintage: um dos tipos mais apreciados e que é feito através de uma única colheita. Encorpado, esse tipo de vinho tem coloração forte e combina muito bem com queijos.

• Branco: essa bebida, também conhecida como White, é feita com uvas brancas. Esse vinho permanece nos barris de madeira pelo período de dois a três anos. Também são frutados e podem ser secos ou doces. Mesmo quando secos, apresentam um tom adocicado. Precisam ser servidos mais gelados, com temperatura máxima de 7°C.

• Tawny: para esse vinho é utilizado o mesmo tipo de uva do vinho Ruby, ou seja, as tintas. Eles também ficam de dois a três anos em pipas de madeira e depois seguem novamente para barris de carvalho. Por isso, o tempo de contato com a madeira é maior, o que acelera a oxidação do vinho. Com o passar do tempo, a bebida começa a apresentar aroma de nozes, café e amêndoas. Existem ainda o Tawny colheita, feitos especificamente de uma só colheita; e o Tawny. Envelhecido, que chega a passar até 40 anos no processo de envelhecimento. É o tipo de vinho do porto mais caro.

Os vinhos do porto, no geral, são servidos como sobremesa. Por isso, fazem parte dos encontros sociais, românticos e profissionais. Gostou das dicas e quer apreciar a bebida?

Aproveite ofertas com desconto dos vinhos mencionados abaixo:

 

Vinho do Porto Tawny

Vinho do Porto Coroa de Rei Poças Tawny:

Macio, com final longo e persistente; Produtor: Poças Junior; Teor alcoólico: 20,22%; Uvas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinto Cão (vinho blend); Nariz: Aromas de frutos secos, fumo e baunilha; Harmonização: Frutos secos, amêndoas, nozes, queijos curados e doces à sobremesa

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Ruby

Vinho do Porto Coroa de Rei Poças Ruby:

Vigoroso e encorpado, com final longo e persistente; Produtor: Poças Junior; Teor alcoólico: 19,17%; Uvas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinto Cão (vinho blend); Nariz: Frutos jovens e maduros; Harmonização: Frutos silvestres, frutos secos, doces e queijos suaves

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Tawny

Vinho do Porto Valdouro Tawny:

Encorpado e com bom equilíbrio entre acidez e doçura. Final de boca longo e harmonioso com notas de fruta seca e de madeira no retrogosto; Produtor: Wiese & Krohn; Teor alcoólico: 19%; Uvas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinto Cão (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas secas, especiarias, tabaco, café, mel e madeira; Harmonização: Sobremesas e queijos azuis

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Ruby

Vinho Do Porto Valdouro Ruby:

Encorpado e bom equilíbrio entre acidez e doçura; Produtor: Wiese & Krohn; Teor alcoólico: 19%; Uvas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca, Tinto Cão, Bastardo e outras castas nativas (vinho blend); Nariz: Notas de frutas secas, especiarias, tabaco, café, mel e madeira; Harmonização: Sobremesas e queijos azuis

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Tawny

Vinho do Porto Taylor’s Fine Tawny:

Macio, com taninos redondos e longo final; Produtor: Taylor’s; Teor alcoólico: 20%; Uvas: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinto Cão e Touriga Franca (vinho blend); Nariz: Bouquet aromático opulento, com destaque de notas de frutas maduras, como figo e ameixa, e especiarias, além de um toque de caramelo; Harmonização: Chocolate, sobremesa à base de frutas e queijos azuis

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Vintage

Vieira de Sousa Porto LBV 2017:

Concentrado, com grande estrutura de taninos sedosos, frescor e intensidade; Produtor: Vieira de Sousa; Teor alcoólico: 19,3%; Uvas: Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional e outras uvas típicas (vinho blend); Nariz: Aroma de frutas vermelhas e negras, violeta, especiarias; Harmonização: Sobremesas à base de chocolate e queijos azuis de sabor intenso

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Tawny

Vieira de Sousa Porto Tawny 10 Anos:

Soberbo equilíbrio em boca, com textura aveludada e grande persistência; Produtor: Vieira de Sousa; Teor alcoólico: 19,7%; Uvas: Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional e outras uvas típicas (vinho blend); Nariz: Intrigante complexidade de nozes, amêndoas, damasco seco, caramelo, tostado; Harmonização: Torta de damascos, travesseiros de Sintra (massa folhada recheada com creme de ovos e amêndoas) e pudim de leite

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Ruby

Adega de Favaios Muros Porto Ruby:

Encorpado, equilibrado, intenso, frutado e persistente; Produtor: Adega de Favaios; Teor alcoólico: 19,5%; Uvas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Nacional e Tinto Cão (vinho blend); Nariz: Aromático, com notas intensas de frutas vermelhas e pretas; Harmonização: Tiramisù, queijo Gorgonzola, trufas de chocolate

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Tawny

Adega de Favaios Muros Porto Tawny:

Elegante, rico, aveludado e encorpado, com bom equilíbrio entre estrutura e doçura; Produtor: Adega Favaios; Teor alcoólico: 19,5%; Uvas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Nacional e Tinto Cão (vinho blend); Nariz: Intenso, com notas de frutas maduras e secas, especiarias e caramelo; Harmonização: Crème Brûlée, queijo Roquefort, torta de amêndoas

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Vintage

Burmester LBV Porto 2016:

Na boca é um vinho frutado, aveludado, macio mas cheio de corpo, com taninos macios e boa acidez mantendo a impetuosidade da fruta silvestre e terminando com um longo e harmonioso final; Produtor: Burmester; Teor alcoólico: 20%; Uvas: Tinta Roriz, Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Amarela e outras castas tradicionais do Douro (vinho blend); Nariz: Frutas pretas maduras como amora e cassis, frutas secas, alcaçuz, notas balsâmicas, chocolate, tosta, toques herbáceos e florais; Harmonização: Torta de nozes, petit gateau, crepe de creme de avelã, rocambole doce, crème brûlée, queijos azuis

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Tawny

Porto Burmester Tordiz 40 Years Old Tawny:

Encorpado, untuoso, aveludado, complexo, saboroso, final longo; Produtor: Burmester; Teor alcoólico: 20%; Uvas: Castas tradicionais no Douro (vinho blend); Nariz: Intenso, frutas secas, especiarias, mel; Harmonização: Queijos azuis como o roquefort, o stilton e o gorgonzola, sobremesas à base de frutas secas, castanhas diversas ou com especiarias

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Tawny

Monge Porto Fine Tawny:

Elegante, encorpado, aveludado, adocicado e bem estruturado; Produtor: Adega Cooperativa de Favaios; Teor alcoólico: 19,5%; Uvas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca, Tinta Amarela, Touriga Nacional, Tinto Cão (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas maduras e secas, como figo, e notas de especiarias e caramelo; Harmonização: Cremes, sobremesas de frutas e chocolates, queijos

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Tawny

Sanders Vinho do Porto Tawny Reserva:

Encorpado, com intensidade de fruta e doce na medida certa; Produtor: Campelo; Teor alcoólico: 19,5%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Damasco, marmelo, frutas secas e casca de laranja; Harmonização: Frango com cebolas caramelizadas, torta de amêndoas, banoffee e bolo de churros

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Ruby

Sanders Vinho do Porto Ruby Reserva:

Encorpado, macio e frutado; Produtor: Campelo; Teor alcoólico: 19,5%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Cereja madura, geleia de amora e ameixa cozida; Harmonização: Queijos azuis, torta de ameixa, trufas de chocolate, bolo de frutas vermelhas

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Ruby

Dalva Ruby Porto:

Denso, encorpado, adocicado e harmonioso; Produtor: C da Silva; Teor alcoólico: 19%; Uvas: Tinta Amarela, Tinta Cão, Touriga Nacional, Touriga Francesa, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Souzão (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas vermelhas; Harmonização: Queijo Gorgonzola, tiramisù, cheesecake de frutas vermelhas

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Tawny

Porto Burmester 20 years Old Tawny:

Opulento, concentrado, rico, maduro e com final longo e aveludado; Produtor: Burmester; Teor alcoólico: 20%; Uvas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Francesa (vinho blend); Nariz: Complexos aromas de carvalho, frutos secos, uvas passas e mel; Harmonização: Pratos com chocolate meio amargo ou amargo, torta com nozes e amêndoas, frutas secas e cristalizadas. Vinho de meditação, vai bem como aperitivo ou para fechar a refeição

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto branco

Dalva White Porto:

Encorpado, licoroso, adocicado; Produtor: C da Silva; Teor alcoólico: 19%; Uvas: Codega Rabigato, Malvasia Rei, Malvasia Fina, Viozinho e Donzelinho (vinho blend); Nariz: Aroma de frutas em calda; Harmonização: Melão com presunto parma, amêndoas assadas com azeite e sal, sorvete de baunilha

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Ruby

Porto Burmester Ruby:

Jovem, robusto, de grande vivacidade e persistência; Produtor: Burmester; Teor alcoólico: 19,5%; Uvas: Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz (vinho blend); Nariz: Frutas negras maduras como mirtilo, ameixa seca e nuance de amêndoas; Harmonização: Mousse de morango e iogurte, brownie de chocolate com nozes, clafouti de frutas vermelhas, folhado de camembert com framboesas, frutas secas, queijos de média cura

Compre aqui

 


 

Vinho do Porto Vintage

Vallado Porto LBV 2016:

Saboroso, com notas intensas de cereja, taninos macios, final intenso e longo; Produtor: Quinta do Vallado; Teor alcoólico: 19,5%; Uvas: Tinta Roriz, Tinta Amarela, Touriga Franca e Touriga Nacional (vinho blend); Nariz: Elegante, com notas de frutas pretas frescas e especiarias; Harmonização: Nozes, queijos, sobremesas

Compre aqui

 

Deixe um comentário

Rolar para cima