Como identificar os aromas de frutas em cada vinho?

Como identificar os aromas de frutas em cada vinho?

Então você decidiu levar o seu amor pelo vinho ao próximo patamar. Está pesquisando e aprendendo mais sobre os diferentes tipos, combinações, meios de fabricação, como degustar. Neste caso, algo que você não pode deixar de aprender é como identificar os aromas de frutas em cada vinho.

Este é um conhecimento que vale muito mais do que só naquele momento de impressionar os amigos ou um pretendente. Saber identificar os aromas frutados em cada vinho lhe mune com instrumentos para escolher novos vinhos com mais chance de selecionar algo que agrade ao seu paladar, ou das suas visitas. Além disso, apreciar o vinho torna-se uma experiência muito mais intensa quando você conhece os aromas!

E saiba que esta não é uma tarefa apenas para os mais sofisticados enófilos. Basta praticar. Então, para facilitar ainda mais a sua vida, preparamos um artigo que vai ajudar a adquirir este conhecimento. Continue lendo para aprender como reconhecer os aromas de frutas nos vinhos!

Primeiro: entenda de onde vem o aroma e como senti-lo

Antes de mais nada, é muito importante entender que todo vinho é feito com apenas uma fruta: a uva. Então, mesmo que ele tenha aroma de frutas vermelhas, não há morangos ou framboesas em sua composição.

Os aromas frutados são oriundos das formas de produção de cada vinho. Assim, o clima onde a uva foi cultivada, bem como o seu estado de maturação e condições de armazenamento e manuseio são alguns dos aspectos que contribuem para o surgimento de diferentes aromas.

Para favorecer a percepção, principalmente nas primeiras tentativas, vale tomar alguns cuidados. Procure um ambiente livre de odores, tente não beber cafeína ou leite nas horas que antecipam a degustação e utilize a taça certa pra cada tipo de vinho.

Aromas frutados em vinhos tintos

Para começar na direção certa, uma boa dica é conhecer quais aromas podem surgir em um vinho tinto. Eles são divididos em famílias:

• Frutas vermelhas (groselha, morango, framboesa, etc.);

• Frutas negras (cassis, amora, ameixa, etc.);

• Frutas frescas.

Em vinhos tintos de característica leve, é comum notar aroma de frutas vermelhas. Já nos encorpados, nota-se a presença de frutas negras. Em vinhos mais ácidos e frescos, percebemos as frutas frescas.

Para pegar o jeito, a melhor forma é começar experimentando o cheiro dos vinhos que você já sabe qual é a característica aromática. Assim você cria uma base sólida para começar a identificar às cegas.

Identificando os aromas dos vinhos brancos

Nos vinhos brancos, também é possível dividir os aromas entre famílias. Neles, as mais comumente encontradas são:

• Frutas cítricas (limão, abacaxi, laranja e maçã verde);

• Frutas amarelas (como manga e damasco);

• Frutas brancas (melão, pera e maçã).

Vinhos como os Chardonnays costumam emitir aromas de frutas de amarelas. Já nos Sauvignon Blancs, você provavelmente vai notar frutas cítricas.

E agora, que tal colocar as mãos à obra? Escolha alguns vinhos, veja quais são suas condições de produção, conheça quais frutas constam em sua composição e comece a praticar.

Veja abaixo algumas opções selecionadas por nós para você começar agora mesmo!

 

Vinho tinto com aromas com grande complexidade aromática com frutas negras e vermelhas maduras e especiaria

O português Malhadinha Tinto 2020:

É cheio e redondo, de grande estrutura, com taninos sedosos e um grande frescor. Possui final muito longo; Produtor: Herdade da Malhadinha Nova; Teor alcoólico: 14,5%; Uvas: Alicante Bouschet, Aragonez, Cabernet Sauvignon, Syrah e Touriga Nacional (vinho blend); Nariz: Grande complexidade aromática com frutas negras e vermelhas maduras e especiaria; Harmonização: Carnes vermelhas, embutidos e queijos

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aromas intensos, frutado e picante com amoras maduras, morangos silvestres, especiarias e baunilha

O italiano Caparzo Sangiovese Toscana IGT 2020:

Cheio, frutado, persistente e suave; Produtor: Caparzo; Teor alcoólico: 13,16%; Uva: Sangiovese (vinho varietal); Nariz: Aroma intenso, frutado e picante com amoras maduras, morangos silvestres, especiarias e baunilha; Harmonização: Carnes vermelhas, carnes de caça, massas e queijos fortes

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aromas de frutas vermelhas, frutas negras e toques de especiarias típicos da variedade que se mesclam com aromas a baunilha, cravo-da-índia e tabaco provenientes da madeira

O chileno Santa Rita 120 Reserva Especial Cabernet Sauvignon:

Redondo com taninos doces e elegantes que se aprofundam no paladar deixando um final suculento e fresco; Produtor: Santa Rita; Teor alcoólico: 12,8%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Predominam notas de frutas vermelhas, frutas negras e toques de especiarias típicos da variedade que se mesclam com aromas a baunilha, cravo-da-índia e tabaco provenientes da madeira; Harmonização: Carnes vermelhas, porco, molhos condimentados e suflês de queijo

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com intensos aromas de frutos vermelhos maduros

O português Portada Lote DFJ Reserva 2019:

Suave, saboroso e fácil de beber, com uma degustação elegante, intensa, longa e agradável; Produtor: DFJ; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Alicante Bouschet, Caladoc, Tinta Roriz e Touriga Franca (vinho blend); Nariz: Cheio de aromas de frutos vermelhos maduros; Harmonização: Ideal para churrascos de pratos de carne vermelha, bacalhau e salmão, assados, gastronomias vegetariana e mediterrânica, queijos

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aromas de frutas negras maduras, notas florais, como violeta, e toques de especiarias

O argentino Alma Negra Misterio:

Equilibrado, taninos refinados, além de um final longo e persistente; Produtor: Tikal; Teor alcoólico: 13,7%; Uvas: Blend de uvas secretas (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas negras maduras, notas florais, como violeta, e toques de especiarias; Harmonização: Carnes vermelhas, ragu de cordeiro, filé mignon, confit de pato e bife ancho

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aromas de frutos silvestres frescos, compota de framboesa e notas mentoladas

O brasileiro Salton Campanha Marselan:

Taninos macios, acidez equilibrada e um final de boca marcado por aromas frutados; Produtor: Vinícola Salton; Teor alcoólico: 13%; Uva: Marselan (vinho varietal); Nariz: Notas de frutos silvestres frescos, compota de framboesa e notas mentoladas; Harmonização: Carnes vermelhas grelhadas, risotos leve e queijos de maturação média

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aromas intensos e frescos de frutas vermelhas e pretas, e notas herbáceas

O argentino Fuzion Alta Blend 2021:

Fácil de beber, paladar refrescante e taninos aveludados; Produtor: Santa Julia; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Malbec e Bonarda (vinho blend); Nariz: Aromas intensos e frescos de frutas vermelhas e pretas, e notas herbáceas; Harmonização: Carnes vermelhas, carne de cordeiro, carnes de caça, aves

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aromas intensos de frutas pretas, como mirtilos e amoras, e notas de especiarias

O espanhol Murviedro Pasión Monastrell – Garnacha Valencia DOP 2020:

Paladar complexo e harmonioso; Produtor: Bodegas Murviedro; Teor alcoólico: 14,5%; Uvas: Monastrell e Garnacha (vinho blend); Nariz: Aromas intensos de frutas pretas, como mirtilos e amoras, e notas de especiarias; Harmonização: Carnes vermelhas, massas, queijos

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aroma complexo, com notas de frutos silvestres, flores e tosta de carvalho

O português Terras de Viriato Reserva Dão DOC 2014:

Aveludado, elegante e persistente; Produtor: Caves Campelo; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Alfrocheiro, Jaén, Tinta Roriz e Touriga Nacional (vinho blend); Nariz: Complexo, com notas de frutos silvestres, flores e tosta de carvalho; Harmonização: Carnes vermelhas, pizzas e massas de molho vermelho, queijos

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aromas intensos de geleia de frutas vermelhas, baunilha e nuances tostadas

O chileno Rawen Reserva Cabernet Sauvignon Estate Bottled 2021:

Taninos redondos, corpo médio e final persistente; Produtor: Viña Ravanal; Teor alcoólico: 13%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Aromas intensos de geleia de frutas vermelhas, baunilha e nuances tostadas; Harmonização: Carnes de caça, carnes vermelhas, pizzas e massas de molho vermelho, queijos

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aroma de frutas vermelhas e toques de baunilha e especiarias

O italiano Nero Reale Primitivo di Manduria DOC 2021:

Concentrado, marcante e com taninos redondos; Produtor: Angelo Rocca e Figli Srl; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Frutas vermelhas e toques de baunilha e especiarias; Harmonização: Pratos condimentados, carnes bovinas e assadas

Compre aqui

 


 

O tinto Carménère do Vale do Colchagua

O chileno Rawen Reserva Carménère Estate Bottled 2021:

Taninos integrados com ótima concentração; Produtor: Viña Ravanal; Teor alcoólico: 13%; Uva: Carménère (vinho varietal); Nariz: Mirtilo, cassis e notas de chocolate; Harmonização: Arroz Thai, massas com ragu apimentado, queijos maduros

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aromas de frutas silvestres e pimenta do reino

O sul africano 1659 South Africa Classic Red Special Edition Western Cape WO:

Paladar macio e elegante; Produtor: Leopard’s Leap; Teor alcoólico: 13,5%; Uvas: Merlot, Pinotage e Shiraz (vinho blend); Nariz: Aromas de frutas silvestres e pimenta do reino; Harmonização: Carnes vermelhas, cordeiro, carnes de caça, cogumelos

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aroma de frutas vermelhas, como cerejas e ameixas

O francês Depuis 1935 Petit Verdot Bordeaux AOC:

Poderoso e bem estruturado; Produtor: Terre de Vignerons; Teor alcoólico: 13%; Uva: Petit Verdot (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas vermelhas, como cerejas e ameixas; Harmonização: Carnes vermelhas, vitela, carnes de caça, queijos

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aroma de frutas pretas, como amoras, violetas e especiarias

O francês M. Chapoutier Mure de Larnage Hermitage AOP 2017:

Redondo e elegante, com taninos agradáveis e final frutado; Produtor: M. Chapoutier; Teor alcoólico: 14,5%; Uva: Syrah (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas pretas, como amoras, violetas e especiarias; Harmonização: Carnes vermelhas e de caça, massas recheadas com molhos encorpados, queijos maduros

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com intensos aromas com notas de framboesa, cereja, pimentão vermelho e pimenta preta

O chileno Echeverria Reserva Carménère 2022:

Macio e aveludado, é bem equilibrado, com toques de especiarias e frutos silvestres; Produtor: Viña Echeverría; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Carménère (vinho varietal); Nariz: Intenso, com notas de framboesa, cereja, pimentão vermelho e pimenta preta; Harmonização: Filé mignon ao molho madeira, polenta gratinada com gorgonzola, massas ao molho bolonhesa

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aroma de ameixa, amora e toques de especiarias

O italiano Primo Reale Primitivo di Salento IGT 2021:

Frutas em geleia, taninos macios, acidez média; Produtor: Angelo Rocca e Figli Srl; Teor alcoólico: 13,5%; Uva: Primitivo (vinho varietal); Nariz: Ameixa, amora e toques de especiarias; Harmonização: Pizzas variadas, queijos amarelos

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aroma de frutas vermelhas e toques de especiarias, amadeirado e couro

O italiano Monti Garbi Superiore DOC Valpolicella Ripasso 2019:

Corpo médio, intenso, frutado com nuances da barrica, bem estruturado, taninos presentes, boa acidez; Produtor: Tenuta Sant’Antonio; Teor alcoólico: 14%; Uvas: Oseleta, Corvinone, Rondinella e Croatina (vinho blend); Nariz: Frutas vermelhas maduras como cereja, frutas secas, especiarias, amadeirado, toque de couro; Harmonização: Costelinha suína ao molho barbecue, filé ao molho madeira, espaguete à putanesca, nhoque de abóbora com cogumelos na manteiga de sálvia

Compre aqui

 


 

Vinho rosé com aroma de frutas vermelhas e florais:

O francês Les Calandières Rosé Terres du Midi IGP 2021:

Refrescante e leve, com notas de frutas vermelhas frescas; Produtor: Maison Castel; Teor alcoólico: 12%; Uva: Cabernet Sauvignon (vinho varietal); Nariz: Aroma de frutas vermelhas, com notas florais e cítricas; Harmonização: Comida japonesa, saladas, vegetais grelhados

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aromas de frutas vermelhas, toque floral e de figo, sutis especiarias como noz-moscada e cacau

O uruguaio Pueblo del Sol Ultra Tannat 2021:

Vinho jovem, corpo médio, bem estruturado, equilibrado, frutado, taninos presentes e macios, boa acidez; Produtor: Pueblo del Sol; Teor alcoólico: 13%; Uva: Tannat (vinho varietal); Nariz: Aromas de frutas vermelhas, toque floral e de figo, sutis especiarias como noz-moscada e cacau; Harmonização: Iscas de filé acebolado, nhoque ao sugo, filé mignon suíno ao molho de frutas vermelhas

Compre aqui

 


 

Vinho branco com intensos aromas cítricos

O francês M. Chapoutier Côtes du Roussillon AOP 2021:

Redondo, acidez marcante, fresco, com notas de mineralidade; Produtor: M. Chapoutier; Teor alcoólico: 13%; Uvas: Grenache Blanc, Grenache Gris e Macabeo (vinho blend); Nariz: Aromas cítricos de limão e toranja, com ataque fresco e bastante aromático; Harmonização: Aves e peixes, carnes brancas e queijos

Compre aqui

 


 

Vinho tinto com aroma de frutas vermelhas:

O argentino Buenos Aires Red Blend 2022:

Potente, equilibrado e saboroso; Produtor: Fecovita; Teor alcoólico: 12%; Uvas: Várias uvas (vinho blend); Nariz: Notas de frutas vermelhas maduras; Harmonização: Carnes vermelhas, arroz e risotos

Compre aqui

 

Deixe um comentário

Rolar para cima