Flor da Coutada Branco – Vinho branco português

Flor da Coutada Branco - Oferta

*Para comprar no site parceiro, clique na imagem acima

Vinho branco português – Flor da Coutada Branco

Você já imaginou desvendar os segredos de um dos tesouros mais elegantes do Alentejo? O Flor da Coutada Branco não é apenas um vinho, é uma jornada sensorial que aguarda sua descoberta.

Produzido com maestria pelo renomado Monte da Ravasqueira, este vinho é um convite para explorar os sabores e aromas únicos de uma das regiões vinícolas mais prestigiadas de Portugal.

Vamos embarcar juntos nesta aventura enológica e descobrir o que torna o Flor da Coutada Branco uma escolha irresistível para os amantes de vinhos finos.

Para comprar este vinho no site parceiro, clique aqui

Volume: 750 mL
Região: Alentejo
Produtor: Monte da Ravasqueira

Boca: Uma frescura e acidez bem vincada
Nariz: Notas de fruta fresca, manga e citrinos
Uvas: Antão Vaz e Arinto
Teor alcoólico: 12,5%

Serviço: 5° – 12°C
Visual: Amarelo palha límpido e brilhante
Amadurecimento: Fermentação em cubas de aço inox em temperatura controlada

Classificação: Seco
Harmonização: ‎Aperitivos, saladas, carnes brancas e peixe

 

1. Introdução: Um Brinde à Elegância

Comecemos por celebrar as origens deste vinho excepcional. Produzido pelo respeitado Monte da Ravasqueira, na pitoresca região de Arraiolos, Alentejo, o Flor da Coutada Branco é uma joia da enologia portuguesa. Seu teor alcoólico de 12,5% é perfeitamente equilibrado para uma experiência de degustação deliciosa.

2. Sabor e Aroma: Uma Dança de Frescura

Flor da Coutada Branco - Degustando

No paladar, este vinho branco revela uma frescura e acidez bem equilibradas, que cativam desde o primeiro gole. As notas de frutas frescas, especialmente manga e citrinos, adicionam uma camada de complexidade ao seu perfil aromático.

3. Visual: Um Espetáculo para os Olhos

O Flor da Coutada Branco exibe um brilhante amarelo palha, que promete uma experiência sensorial completa. Seu visual límpido e cativante é um convite à degustação.

4. Processo de Produção: Arte e Ciência

A fermentação em cubas de aço inox com temperatura controlada é parte crucial do processo de produção, garantindo a manutenção da pureza e frescura dos sabores. Este cuidado resulta em um vinho de alta qualidade que reflete o terroir único do Alentejo.

5. Harmonização Perfeita

Flor da Coutada Branco - Harmonização

Este vinho é um acompanhante ideal para aperitivos, saladas, carnes brancas e peixe, tornando-o versátil para diversas ocasiões.

6. Uma Experiência Sensorial Imperdível

Imagine-se saboreando um gole do Flor da Coutada Branco, onde cada gota traz consigo uma explosão de sabores. A harmonia entre a frescura vibrante e as notas delicadas de frutas tropicais como manga e citrinos promete uma experiência inesquecível.

E o melhor? Uma edição especial está esperando por você. Não perca a oportunidade de trazer essa joia do Alentejo para sua coleção. [Clique neste link agora] e seja um dos poucos privilegiados a desfrutar desta edição limitada do Flor da Coutada Branco. Surpreenda seu paladar e eleve suas ocasiões especiais com este vinho excepcional.”

 

Sobre a vinícola Ravasqueira

Em 1943, a Quinta Ravasqueira foi adotada por D. Manuel de Mello como um refúgio familiar longe do bulício urbano.

Com o passar de 1966, após o falecimento de D. Manuel, o legado da Ravasqueira foi herdado por José Manuel de Mello. Sob sua tutela, a propriedade floresceu na agricultura, na preservação do Cavalo Lusitano e na iniciação da cultura vinícola.

A propriedade viu os 12 herdeiros de José crescerem, que atualmente comandam o renomado Grupo José de Mello. A Ravasqueira, com o tempo, evoluiu além de uma simples residência familiar, chegando a empregar mais de 300 habitantes da vizinhança de Arraiolos.

No entanto, foi em 1998 que José Manuel, movido por sua paixão enológica, semeou as primeiras vinhas na Ravasqueira. Quatro anos depois, a família celebrou a produção do seu vinho inaugural, batizado de MR. Este vinho, por sua vez, nunca foi comercializado, tornando-se um tesouro simbólico para a família e a equipe da Ravasqueira.

A safra de 2002 marcou a estreia do vinho Ravasqueira no mercado, um tinto que permaneceu disponível até 2017.

O sonho de José Manuel de Mello, que partiu em 16 de setembro de 2009, era consolidar a Ravasqueira como um ícone vinícola do Alentejo. Seus 12 filhos, inspirados por este desejo, continuaram a tradição vinícola, homenageando seu legado, particularmente através da linha Premium.

Em 2012, Pedro Pereira Gonçalves aceitou o desafio de revitalizar a enologia da Ravasqueira, moldando a identidade dos vinhos e visando estabelecer a marca como um marco indelével do Alentejo.

Veja a seguir mais rótulos da vinícola Ravasqueira

Para comprar no site parceiro, clique aqui

Deixe um comentário

Rolar para cima