De Martino Organic Reserve Carmenere Valle del Maipo D.O. 2019

De Martino Organic Reserve Carmenere Valle del Maipo D.O. 2019 - Oferta

Vinho tinto chileno

Volume: 750 mL
Região: Valle del Maipo
Safra: 2019
Boca: Macio, taninos redondos, boa intensidade de fruta
Produtor: De Martino
Uva: Carménère
Teor alcoólico: 14%
Serviço: 16°-18°C
Potencial de guarda: 2027
Nariz: Ameixa e amora preta, pimenta preta, especiarias
Visual: Rubi profundo
Amadurecimento: 8 meses em barricas de carvalho francês
Tipo de fechamento: Rolha de cortiça
Harmonização: Filé mignon, lentilhas, queijo Gruyère
Premiações/Pontuações: Selo orgânico

Gradação de 0 a 10

Doçura: 0
Tanino: 8
Acidez: 6
Frutado: 8

Breve descrição:

O clima e os solos profundos do Vale do Maipo, de fato, ofereceram as condições ideais para a Carménère, que originou este distinto De Martino Organic Reserve Carmenere.

Buscando então buscar o máximo potencial da casta neste terroir, a renomada De Martino amadureceu este exemplar por 8 meses em carvalho francês.

Como resultado, temos um vinho complexo, harmonizando sabores de fruta e pimenta negra da uva com os toques de tabaco e café vindos do carvalho.

Para uma experiência ainda mais completa, sirva-o junto com um prato de filé mignon, ou uma tábua de Gruyère com outros queijos semiduros.

 

Sobre a vinícola:

De Martino é uma produtora de vinhos fundada por colonos italianos em Maipo, Chile, em 1934, e assim faz vinhos de todo o país, azedando uvas de Maipo, Casablanca, Limarí, Cachapoal, Maule, Elqui e Choapa.

A propriedade é produz vinhos principalmente de uvas Bordeaux, incluindo Cabernet Sauvignon e Malbec, e em 1996 foi a primeira a exportar Carménère chilena.

O vinhedo Alto de Piedras, no Vale do Maipo, foi o vinhedo original de De Martino, e de acordo com a empresa foi o primeiro no país a ser plantado com Carménère.

Os dias quentes e as noites frescas, bem como com os solos aluviais, constituem um excelente terroir para as variedades Bordeaux, sendo que Cabernet e Malbec também são cultivados na vinha do Alto de Piedras.

Além disso, De Martino vinificou vinhos de cerca de 350 vinhedos de todo o país. Existem desse modo vários vinhedos com vinhas mais velhas nos Vales Cachapoal e Maule que contribuem para três das séries de Vinhedo Único.

O pequeno vinhedo Las Cruces em Pichidegua, Cachapoal, foi plantado primeiramente em 1956 e é plantado com as variedades de uvas Malbec e Carménère.

Já a vinha Limivida, no Vale do Maule,  começou a ser plantada anteriormente, em 1945 e agora cultiva predominantemente Malbec com pequenas quantidades de Carménère e Cabernet Sauvignon. Posteriormente a esta, a vinha La Aguada, que remonta a 1955, também cultiva uma mistura de variedades de uvas, incluindo Carignan, Malbec e Cinsault.

Ao mesmo tempo, a De Martino possui vinhedos nas regiões costeiras de Casablanca e Limarí que produzem Chardonnay, Sauvignon Blanc e Pinot Noir para a propriedade, 347 vinhedos e rótulos Legado. De Martino também faz um Syrah de alta altitude, Altos los Toros, de um vinhedo que atinge então 2.000 metros acima do nível do mar.

Por fim, um vinhedo no Vale de Choapa está situado a uma altitude ligeiramente inferior de 825 metros acima do nível do mar e cultiva Syrah para os 347 vinhedos e rótulos de propriedade.

Referência: https://www.wine-searcher.com

Veja a seguir mais 5 rótulos de De Martino: o De Martino Organic Reserve Cabernet Sauvignon Valle del Maipo DO 2019, o De Martino Carmenere Valle del Maipo DO 2019, o Nuevo Mundo Cabernet Sauvignon 2016, o De Martino Cabernet Sauvignon Valle del Maipo DO 2019 e o De Martino Malbec Rosé Valle del Maipo DO 2019

Para comprar no site parceiro, clique aqui

Avatar

centergourmet

Administrador do site Center Gourmet

Website:

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *