Bodega Garzón, lista dos 6 melhores para conhecer

Vamos falar da Bodega Garzón. Quando falamos em enoturismo, temos destaques entre as 50 melhores vinícolas. Destaques na América Latina. Falamos de Catena Zapata, Argentina, que figura como o primeiro lugar em enoturismo. Também mencionamos a Vik, no Chile, que figura como a terceira melhor bodega do mundo em enoturismo. A quinta melhor, também é nossa vizinha: a Bodega Garzón, que fica no Uruguai.

O Sr. Bulgheroni, um magnata do petróleo, se dedicou a vinícolas. Primeiro, ele funda a Vistalba, em Mendoza, Argentina. Depois, se dedicou a Garzón. Bom, não tenha dúvida, o trabalho se tornou um sucesso e, atualmente, é a vinícola é um destino mundialmente reconhecido. Então, vamos elaborar nossa lista para você se deliciar.

Lista dos melhores

1. Vinho tinto uruguaio – Garzón Reserva Tannat. A harmonização ideal aqui são carnes vermelhas, massas e queijos duros.

Compre aqui

2. Vinho tinto uruguaio – Garzón Single Vineyard Tannat. Aqui, em harmonização, pense em carnes vermelhas grelhadas e assadas, churrasco, embutidos, carnes suínas e queijos duros.

Compre aqui

3. Vinho tinto uruguaio – Garzon Estate Tannat de Corte. Em harmonização, temos churrasco, massas com molho de tomate, carnes suínas e queijos duros.

Compre aqui

4. Vinho rosé uruguaio – Garzón Estate Pinot Rosé de Corte 2021. Em harmonização, pense em carnes brancas grelhadas, frutos do mar e queijos leves.

Compre aqui

5. Vinho branco uruguaio – Garzon Estate Pinot Grigio de Corte. Aqui, em harmonização a sugestão passa por peixes e carnes brancas grelhadas, frutos do mar e massas com molhos brancos.

Compre aqui

6. Vinho tinto uruguaio – Garzon Marselan Reserva. Em harmonização, sugerimos carnes assadas com vegetais à provençal ou cozidos de porco com linguiça, feijões e batatas, queijos fortes e de aromas intensos.

Compre aqui

Leia mais sobre estes vinhos abaixo

1. Garzón Reserva Tannat

Garzón Reserva Tannat – Vinho tinto uruguaio

Produzido na região de Maldonado, safrado em 2018, pela Bodega Garzón. Este saboroso vinho é, na boca, encorpado, boa acidez e taninos firmes e arenosos. De boa tipicidade, tem final carnudo e persistente, com toques terrosos e de alcaçuz. Ao nariz, traz ameixas e amoras maduras seguidas de notas florais, de ervas e de especiarias doces, além de toques de baunilha e café. Produzido a partir da Tannat e com uma bela cor púrpura intensa, este vinho passa de 6 a 12 meses em barris de 5000 litros de carvalho em contato com as borras (sur lie).

2. Garzón Single Vineyard Tannat

Garzón Single Vineyard Tannat – Vinho tinto uruguaio

Produzido na região de Maldonado, safrado em 2020, pela Bodega Garzón. Este vinho, na boca, é complexo e sedoso, boa acidez, encorpado, grande elegância e persistente. Ao nariz, traz aromas de cerejas maduras, chocolate e toques de especiarias, que se mesclam a cacau e notas minerais. Um belo Tannat vermelho-rubi intenso com reflexos púrpura com passagem de 12 a 18 meses em barris e barricas de carvalho francês.

3. Garzon Estate Tannat de Corte

Garzon Estate Tannat de Corte – Vinho tinto uruguaio

Produzido na região de Maldonado pela Bodega Garzón. Este é um vinho, na boca, de corpo leve para médio, elegante, frutado e fácil de gostar. Ao nariz, temos frutas vermelhas e pretas se mesclam a notas florais e especiarias. Produzido a partir das uvas Tannat, Marselan, Cabernet Franc e Petit Verdot, tem uma coloração vermelho-rubi violáceo brilhante.

4. Garzón Estate Pinot Rosé de Corte 2021

Garzón Estate Pinot Rosé de Corte 2021 – Vinho rosé uruguaio

Produzido na região de Maldonado, safrado em 2021, pela Bodega Garzón. Na boca, é um vinho elegante, delicado, com marcada acidez e um final mineral. Ao nariz, traz notas florais, como rosas, e toques de frutas vermelhas frescas. Produzido a partir das uvas Pinot Noir, Cabernet Franc e Merlot, este vinho é cereja claro e envelhece em cubas de aço inox, em contato com as borras, durante um período de três a seis meses. Pontuações: 92 pontos James Suckling, 92 pontos Descorchados.

5. Garzon Estate Pinot Grigio de Corte

Garzon Estate Pinot Grigio de Corte – Vinho branco uruguaio

Produzido na região de Maldonado pela Bodega Garzón. Este vinho, na boca, é delicado, frutado e fresco, com ótima acidez e corpo médio. Ao nariz, traz aromas de frutas cítricas e de frutas brancas, com pera e maçã. Produzido a partir das uvas Pinot Grigio e Sauvignon Blanc, tem uma cor citrina e passa de 3 a 6 meses sobre suas borras em tanques de aço inoxidável.

6. Garzon Marselan Reserva

Garzon Marselan Reserva – Vinho tinto uruguaio

Produzido na Região de Maldonado, safrado em 2018, pela Bodega Garzón. Na boca, este vinho é fresco, frutado e suave no paladar, porém com um final intenso e prolongado. Ao nariz, temos uma expressão marcada de frutos vermelhos maduros, com notas minerais. Produzido a partir da uva Marselan, é vermelho profundo e passa de 6 a 12 meses sobre suas borras (sur lie) em barricas e tonéis de carvalho de 50 HL.

Conclusão

O Uruguai. Sempre tenho saudades deste país. Lá, se come muito bem e tem vinhos maravilhosos. Além do mais, tem vinícolas fantásticas para visitar. Este é o ponto hoje: o enoturismo. Temos mais uma adega para comemorar: a Bodega Garzón. Bem perto de nós, esta vinícola está entre os 5 melhores destinos do mundo em enoturismo. Bom, é um bom convite: a visita! Mas, antes de ir, venha experimentar seus famosos vinhos. Vem com a gente!

Deixe um comentário

Rolar para cima